Centro de Referência em Políticas Inclusivas ganha biblioteca

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Políticas Inclusivas, inaugurou a Biblioteca do Centro de Referência em Políticas Inclusivas (CRPI), em Araçatiba. O espaço conta com mais 300 livros catalogados para todas as idades, preferências e necessidades. Mais do que uma biblioteca, o local também conta com acesso à internet gratuitamente, com funcionamento de segunda a sexta, das 8h às 17h.

“A Biblioteca CRPI proporciona possibilidades de leituras tanto às pessoas com deficiência, quanto aos seus acompanhantes, em um ambiente de entretenimento e troca de saberes, possibilitando acesso ao universo literário”, comentou o responsável pela biblioteca Benilson Pedrosa, ressaltando que o leitor pode retirar dois exemplares por vez e ficar por até dez dias com os livros.

Para quem deseja pegar um livro emprestado, é só fazer a ficha de inscrição com identidade (RG), comprovante de pessoa física (CPF), comprovante de endereço, e-mail e telefone. A Biblioteca do CRPI fica na Rua Boaz Velasco s/n, quadra 27, lote 1, em Araçatiba.

Algumas das obras disponíveis

Entre os títulos disponíveis estão os romances “A Cabana”, de William P. Young; “A Mão e a Luva”, de Machado de Assis; “A moreninha”, de Joaquim Manuel de Macedo; “A Droga do Amor” e “A Droga da obediência”, de Pedro Bandeira; a coleção “Fala sério, mãe”, “Fala Sério, professor” e ” Fala sério, amiga”, de Thalita Rebouças.

Os livros mais procurados são “Diário de Anne Frank”, de Anne Frank; “A Cabana”, de William P; e “A História de Maricá”, de Cezar Brum. O local também aceita doações de títulos novos e usados, o que incentiva o hábito de ler, o compartilhamento de boas histórias e faz com que uma obra seja desfrutada por muito tempo.

Itaipuaçu ganha Biblioteca Popular Carlos Marighella

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Cultura, inaugurou nesta quinta-feira (24/03), a Biblioteca Popular Carlos Marighella na sede do Maricá das Artes, em Itaipuaçu. Cerca de 40 pessoas foram prestigiar o evento, que teve como atração espetáculo de mágica com Santiago Galassi e contação de história com Lili Dias. O local funcionará de segunda a sexta, das 9h às 17h, e aos sábados, das 9h às 14h.

“A Biblioteca Carlos Marighella é uma verdadeira estação da leitura, sendo a única do gênero em Itaipuaçu. Com essa inauguração, deixamos a referência do pensamento e da reflexão como instrumentos de transformação da realidade. O local é uma ferramenta importantíssima para a educação, com um ótimo acervo de livros doados pelos funcionários, alunos e moradores. Estamos levando a oportunidade para quem quer buscar conhecimento”, comentou o secretário de Cultura Sady Bianchin.

Alunos e convidados ressaltam a importância do espaço

A biblioteca conta com mais de mil livros para todas as idades, preferências e necessidades. Mais do que uma biblioteca, o local também oferece cursos do projeto Maricá das Artes. “Acho fantástico ter uma biblioteca aqui em Itaipuaçu, um lugar que estimula a cultura, leitura, mobiliza pessoas na doação e da acesso aos livrospara quem não tem acesso. Precisamos incentivara leitura, estimular a cultura e trocar experiências através dela”, expôs João do Corujão.

“O projeto Maricá das Artes veio para inovar nosso bairro e aprimorar nossos conhecimentos, para levar aos meus alunos mais qualidade ao contar histórias. Além disso, me despertou um lado escritora. Com a inauguração dessa biblioteca estamos dando acesso para pessoas que não conseguem comprar um livro, que querem ler, aprender e se descobrir com novas histórias”, destacou Cristiane Andrade Rangel, de 47 anos, moradora de Itaipuaçu, professora do Ensino Infantil e aluna da oficina de contação de história da professora Lili Dias.

Como pegar emprestado o livro

Para quem deseja pegar um livro emprestado, é só fazer a ficha de inscrição com identidade (RG), comprovante de pessoa física (CPF) e comprovante de endereço. A Biblioteca Popular Carlos Marighella fica na sede do Maricá das Artes, na Av. Carlos Marighella, Lote 7, Quadra 12, em Itaipuaçu.