Estado entrega mais 20 motocicletas para o Segurança Presente de Niterói

O governador Cláudio Castro participou, nesta quarta-feira (13/10), no Palácio Guanabara, da entrega de mais 20 motocicletas para o programa Segurança Presente de Niterói. A partir de agora, o patrulhamento na região passa a contar com 50 motos.

– O programa Segurança Presente é da população desse estado. Hoje estou muito feliz com a entrega das motocicletas, que serão um complemento importante para esse patrulhamento. O Segurança Presente vem sendo um braço importante da Segurança Pública, desafogando os batalhões e fazendo com que os nossos policiais fiquem perto das pessoas – destacou o governador.

Desde o dia 3 de setembro, o Governo do Estado assumiu integralmente a gestão da operação Segurança Presente de Niterói. Com isso, a área de atuação no município aumentou, passando a patrulhar a Região Oceânica até Pendotiba.

– Assumimos a gestão há cerca de um mês, e os resultados são muito significativos, como a redução no roubo a pedestres e veículos. Essas motocicletas que estamos recebendo hoje vão nos ajudar ainda mais a patrulhar a região – ressaltou o coordenador do Niterói Presente, major Abrahão Climaco.

Neste primeiro mês, 50 pessoas foram presas, e cinco foragidos da Justiça, recapturados. Não houve registro de roubos a estabelecimentos comerciais na área do Niterói Presente. Houve queda de 75% nos roubos de veículos, 47% nos roubos a pedestres e 25% nos roubos de celular.

 

Agentes homenageados

Durante a cerimônia de entrega das motocicletas, dois policiais militares do Niterói Presente foram homenageados: os sargentos Everaldo Mendonça dos Santos e Marcelo Barreto França, que ajudaram um casal de noivos a chegar a uma igreja depois que o carro deles enguiçou.

– Estávamos no policiamento de Pendotiba quando vimos uma Kombi com muita fumaça. Fomos até o local e veio a surpresa: era um casal de noivos, que estava atrasado para chegar na igreja. Foi um prazer levá-los até o local e fazer parte desse dia tão importante na vida deles – contou o sargento França.

– Já é automático, a gente sempre vai ajudar nessas situações. Foi uma honra levar os noivos até a igreja, uma situação muito gratificante – enfatizou o sargento Everaldo.

A operação Segurança Presente em Niterói atende Icaraí, Santa Rosa, Centro, Barreto, Fonseca, São Francisco, Charitas, Jurujuba, Região Oceânica e Pendotiba. O policiamento é feito diariamente a pé, de moto, em viaturas e bicicletas. O Estado do Rio possui 33 bases do Segurança Presente.

Moradores de São Gonçalo reclamam dos Correios

O alto número de roubo de carga é o motivo para a interrupção da entrega dos Correios em São Gonçalo. Muitos moradores reclamam que não recebem as encomendas em sua residência e precisam ir até às Agências para buscá-las.

De acordo com Instituto de Segurança Pública (ISP) o número de roubo de carga em São Gonçalo, apresenta uma queda. Em abril deste ano, comparado com abril de 2018, a queda foi de 28%. E uma queda de 24% de janeiro a abril deste ano, comparado com o mesmo período em 2018.

A manicure Lucinete Campos, moradora do bairro do Rocha, disse que paga por um serviço que não é prestado.

“Eu moro em uma rua principal. É uma coisa que atrapalha muita gente. Nós pagamos e não temos o serviço. As contas chegam direitinho, mas encomendas grandes que deveriam ser entregues com o carro do Sedex, não chegam”, relata.

O professor Paulo Augusto Medeiros, morador do bairro Colubandê disse que há um ano não recebe os produtos em sua residência. “Eu moro pertinho da Agência dos Correios, mas tenho que ir até lá buscar. E quando chego é sempre uma fila grande. Reclamação de todos os lugares”.

Os Correios informaram em nota que isso é uma medida temporária para garantir a segurança dos funcionários por conta de assaltos.

A Polícia Militar informou que está se esforçando para aumentar a segurança.