Preso em Araruama homem suspeito de integrar o tráfico do Complexo do Alemão

Um tiroteio na cidade de Araruama terminou com a prisão de um suspeito de integrar o tráfico de drogas do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro. O caso aconteceu na terça-feira (12).

De acordo com a 118ª DP (Araruama), policiais da distrital, em ação conjunta com a Polícia Militar, conseguiram localizar o suspeito no centro da cidade. A investigação apurou que ele estava transportando drogas para a região.

Ao ser abordado o criminoso tentou fugir. Houve perseguição e confronto. Durante a troca de tiros, o suspeito acabou baleado. Ele foi socorrido a uma unidade de saúde da região.

Seu estado de saúde não foi divulgado. Assim que receber alta, ele será encaminhado para a 118ª DP e, em seguida, ao Sistema Prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

 

Fonte: atribunarj.com.br

Polícia de Cabo Frio prende homem acusado de furto qualificado

Policiais civis da 126ª DP (Cabo Frio) prenderam, nesta terça-feira (12/01), um homem acusado de furto qualificado. Ele foi capturado no município de Cabo Frio, na Região dos Lagos, após monitoramento do Setor de Inteligência da delegacia.

De acordo com os agentes, contra ele foram cumpridos três mandados de prisão expedidos pela Justiça. Ele foi encaminhado ao sistema prisional.

 

Fonte: rlagosnoticias.com.br

Perseguidor de mulheres é preso em Niterói, RJ

Um homem foi preso, na quarta-feira (30), no Engenho do Mato, Região Oceânica de Niterói, acusado de perseguir três mulheres de uma mesma família e incendiar, na véspera de Natal do ano passado, carros das vítimas. A ação foi coordenada por policiais civis da 81ª DP (Itaipu).

Segundo a distrital, ele já era suspeito de ter cometido o mesmo crime na virada do ano de 2018 para 2019 e pretendia fazer mais um ato em 2020. A investigação também apurou que o autor se tornou muito próximo das vítimas, que moram no bairro Itaipu. No decorrer dos anos, ele acabou desenvolvendo uma verdadeira obsessão pelas mulheres da família (a mãe e suas duas filhas).

“Após o término da amizade, que começou há cerca de 20 anos, o suspeito se sentiu desprezado e iniciou uma série de perseguições, em que enviava mensagens depressivas e intimidatórias, que se desdobraram em ações incendiárias contra as vítimas”, afirmou a delegada Raissa Celles, titular da 81ª DP.

Ao longo das investigações, os policiais localizaram filmagens das ações, que mostravam que o autor usava uma balaclava, o que dificultava a identificação. Os agentes levantaram outros indícios e descobriram a identidade do suspeito.

A equipe da 81ª DP realizou diligências e localizou o acusado. No momento da prisão, o detido negou a autoria dos fatos. Todavia, os investigadores viram queimaduras no corpo dele e, após o interrogatório, confessou e confirmou que pensava em praticar outros atos de vingança.

Com a prisão, os policiais conseguiram evitar mais um crime. O homem foi autuado por incêndio, violência contra a mulher e ameaça. Contra ele foi cumprido um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça.

 

Fonte: atribunarj

Homem é preso em Arraial do Cabo por estuprar uma menina por mais de 25 anos

Policiais civis da Delegacia de Arraial do Cabo (132ª DP) prenderam, nesta terça-feira, um homem de 67 anos de idade que estava sendo investigado por seis meses por pegar uma menina que vivia nas ruas pedindo dinheiro, levá-la para sua casa e estuprá-la por 26 anos. Por conta da violências sexuais, a vítima acabou engravidando do agressor.

O criminoso também a agredia, a mantinha em cárcere privado e a ameaçava de morte caso tentasse ir embora. Contra o homem, foi expedido pela Justiça mandado de prisão preventiva por continuar ameaçando a vítima durante as investigações.

Segundo a Polícia Civil, a vítima foi abordada pelo criminoso quando tinha 12 anos de idade, enquanto pedia dinheiro nas ruas do Rio de Janeiro. Com a promessa de lhe dar um emprego, além de abrigo e comida, o homem a levou para sua casa, em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos, e a apresentou para a família como sendo sua filha de um antigo relacionamento. A menina passou a ser tratada como filha pela esposa do acusado e como irmã pelo filho do casal. Dois dias após chegar à residência, começaram os abusos sexuais e, em seguida, os estupros, mediante ameaças de devolver a criança para as ruas caso contasse algo para sua família.

Além de abusar sexualmente da vítima, ele passou a agredi-la com socos e a ameaçá-la de morte quando ela, já adulta, começou a namorar e tentou sair de casa. O homem começou, então, a agredir também a esposa.

— Depois de anos de sofrimento, essa vítima, finalmente, teve coragem de contar para a família o que vinha acontecendo e pediu a ajuda do irmão para salvá-la, pois o agressor a mantinha em cárcere privado. O irmão, então, chamou a polícia — relatou a delegada de Arraial do Cabo, Patrícia Aguiar, via nota da Polícia Civil.

O agressor foi indiciado por estupro de vulnerável e por cárcere privado. Ele também responde por coação no curso do processo.

 

 

Fonte: extra.globo.com

Homem é preso suspeito de estuprar e roubar mulher em Niterói

A Polícia Civil prendeu, nesta quarta-feira (23), um homem suspeito de estuprar uma jovem dentro de casa, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio.

O crime ocorreu há cerca de 10 dias, em Piratininga. O suspeito invadiu a casa da vítima, estuprou e roubou o celular dela.

Cinco dias após o crime os investigadores da 81ª DP conseguiram identificar Victor Hugo de Campos Marques como autor do crime e pediram à Justiça o mandado de prisão temporária contra ele.

“Eu estou aqui falando para encorajar mulheres que sofreram a mesma coisa que eu e não têm coragem de denunciar. Se vocês aí, qualquer um de vocês, que passou por isso, denuncie, não fique quieta”, disse a vítima.

A prisão aconteceu no Morro do Juramento, em Vicente de Carvalho. Ele foi preso pela prática do crime de estupro e roubo majorado.

Fonte: g1.globo.com