Acidente na BR-101, em Rio Bonito, mata funcionário da Prefeitura de Itaboraí

Um acidente próximo ao Km 271, sentido Espírito Santo da BR-101, em Basílio, Rio Bonito, na tarde da última quarta-feira (28), fez uma vítima fatal. No carro, estavam Thiago Matos, de 34 anos, que morreu, e mais duas pessoas da mesma família – Não há informações sobre o estado de saúde dessas pessoas. Ele era funcionário da Secretaria de Desenvolvimento Social de Itaboraí e assessor do ex-vereador Marcos Araújo.

Segundo informações, o carro teria derrapado na curva acentuada que existe no local, após o assessor perder o controle do veículo, o que fez com que ele colidisse com um poste, que fica às margens da BR. No momento chovia bastante e a pista estava escorregadia, de acordo com pessoas que chegaram ao local logo depois do ocorrido.

Em nota publicada no perfil do Instagram, a Prefeitura de Itaboraí confirmou a morte do funcionário e lamentou sua partida. Em respeito a perda, a entrega da revitalização da Fonte dos Bambus, que seria realizada na última quinta-feira (29), foi adiada.  A nova data ainda não foi informada.

Amiga de Hello Kitty garante que a traficante queria sair do crime e voltar para a igreja

A afirmação foi feita por uma amiga de Rayane Nazareth Cardoso da Silveira, de 21 anos, a traficante Hello Kitty, morta na sexta-feira (16). Apesar de não querer se identificar, ela disponibilizou um print de uma das últimas conversas das duas, em que falam sobre o assunto.

“Eu não estava tentando levá-la para a igreja! Ela queria! As outras amigas falaram que ela não tinha mais jeito, mas ela já tinha me dito”, diz a mulher.

Na conversa, a amiga diz: “O diabo investiu alto na sua vida, mas Deus escreve novamente uma história para ser lida com sucesso. Pra gente ir na igreja, volta”.

Rayane, que mandou uma foto para a amiga com o rosto aparentando ter chorado, responde apenas: “Sim”.

“Todos conheciam a Hello Kitty, mas poucos conheciam a Rayane! Ela era rodeada por vários que se diziam amigos, mas não eram p* nenhuma”, desabafou a amiga após a morte da criminosa.

Hello Kitty morreu junto com outros três suspeitos durante operação da Polícia Militar no Complexo do Salgueiro, em Niterói.

 

Enterro

Rayane Nazareth Cardoso da Silveira foi enterrada com fogos no cemitério Parque Nichteroy, em São Gonçalo. Alguns amigos vestiam uma camisa que trazia o nome dela e uma mensagem:

“Não existem distâncias quando alguém significa tudo para você. Você se foi, mas ainda te sinto comigo em todos os lugares que eu vou. Te carrego do lado esquerdo do peito e sorrio sozinha sempre que penso em você. A tristeza que eu sinto não será maior que a alegria de ter vivido uma parte dessa vida com você. Te amarei eternamente”.

 

 

Fonte: G1

Hello Kitty, gerente do tráfico em São Gonçalo, é morta em operação da PM; outros três suspeitos também morreram

Rayane Nazareth Cardozo da Silveira, mais conhecida como Hello Kitty, foi morta na manhã desta sexta-feira (16) em uma operação da PM no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo. Ela, que era uma das criminosas mais procuradas do RJ, e outros três suspeitos morreram em confronto. Hello Kitty era o braço direito do pai, Alessandro Luiz Viera Moura, o Vinte Anos, apontado pela polícia como chefe do tráfico do Salgueiro. Vinte Anos também morreu na operação.

Há dois anos, a polícia fez uma grande operação para prender pai e filha, mas ambos escaparam. Policiais foram até o local após denúncias de que uma família estaria sendo feita refém em Itaoca, dentro do Salgueiro. A ocorrência não foi confirmada pela polícia.

Com a chegada das equipes, ainda por volta das 6h, começou um intenso tiroteio. Moradores disseram que não conseguiram sair para trabalhar por medo dos tiros. O 7º BPM (São Gonçalo) , policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope), do Batalhão de Ações com Cães e de agentes da 72ª DP (São Gonçalo), estavam no local
Fonte: G1

Três pessoas são presas acusadas de envolvimento na morte de motorista de aplicativo, em Campos

Casal e um terceiro suspeito foram presos pela Polícia Militar, acusados de envolvimento na morte do motorista de aplicativo, Ítalo Igor da Silva Paes Monteiro, de 37 anos, que estava desaparecido e foi encontrado morto ontem, quinta-feira (8), às margens da BR-356, estrada que liga Campos à Itaperuna, em Três Vendas. A PM encontrou e prendeu o casal que se escondia numa residência na comunidade Tira Gosto, já o terceiro acusado foi preso numa casa no parque São Silvestre. Os suspeitos foram levados para a Delegacia de Guarus.

Igor teria sido morto a facadas e seu corpo foi jogado em um córrego. Amigos e familiares da vítima reconheceram o corpo no local do crime. A Polícia Civil confirmou a informação da prisão dos envolvidos no crime e a acredita que, caso os militares não tivessem chegado, os três seriam mortos ainda nesta noite.

A expectativa é de que as polícias Civil e Militar deem uma coletiva hoje, sexta-feira (9), e passem mais informações sobre a prisão do trio.

Fonte: Jornal O Dia

Defesa pede a liberdade de Jairinho, acusado de matar o menino Henry

A defesa do ex-vereador Jairinho pediu na Justiça a liberdade dele no processo em que é acusado da morte do menino Henry, de 4 anos. Na resposta à acusação do Ministério Público, os advogados do parlamentar cassado, afirmam que a imagem de seu cliente foi transformada pela polícia, “de forma açodada, parcial e tendenciosa, em um monstro, em malfazejo assassino”.

No relatório de 29 páginas, entregue à Justiça, a defesa afirma ainda que Jairinho sempre foi um “pai carinhoso, presente, amado pelos filhos e por todos da família”.

O documento mostra ainda que os advogados do ex-parlamentar classificam Monique Medeiros, mãe do menino Henry, como uma mulher fria, indiferente, ambiciosa e vaidosa. Jairinho e Monique respondem presos pelo crime. O vereador cassado também responde por tortura contra duas crianças, filhas de ex-namoradas.

 

Fonte: BandNews Fm Rio