Mulher é presa por tráfico de drogas em Arraial do Cabo

Policiais do 25ª BPM, prenderam uma mulher na noite de quinta-feira (13), em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos do Rio.

De acordo com a PM, a prisão aconteceu na Praça do Helicóptero, após uma denúncia.

Ainda de acordo com a PM, no momento em que os policiais chegaram flagrando a mesma vendendo drogas para uma outra meliante.

Com ela foi encontrado cerca de 36 pinos de cocaína.

Diante dos fatos ela foi levada para 132ª DP de Arraial e posteriormente sendo levada para 126ª DP de Cabo Frio, onde foi autuado no artigo 33 tráfico de drogas.

Fonte: rlagos

Policial atira em mulheres durante manifestação com fuzil

Uma manifestação de mulheres contra o feminicídio terminou de forma violenta em Paraty (RJ), nesta segunda-feira (10). Aproximadamente 50 pessoas protestavam em frente à delegacia da cidade quando um agente armado saiu e disparou.

“Algumas [mulheres] foram colar cartazes na frente do vidro da polícia. E de repente sai de dentro um policial com um fuzil na mão (sem uniforme e sem máscara) que deu dois tiros no chão! Do lado de mulheres e crianças que protestavam pacificamente!”, disse uma das mulheres que estava no local e preferiu não ser identificada.

Ainda de acordo com a testemunha, as mulheres estavam “pedindo o fim da violência contra as mulheres” e receberam “mais violência da polícia”.

Apesar da confusão, ninguém ficou ferido. Antes de chegar à delegacia, o grupo passou pela Câmara Municipal, onde se manifestou pela criação do Observatório do Feminicídio em Paraty e circulou pelas ruas da cidade.

Em nota, a Polícia Civil disse que instaurou um procedimento para apurar os fatos, inclusive a conduta do policial. Informou, também, que uma reunião com a liderança do movimento de mulheres foi agendada para esta terça-feira (11) para ouvir suas reivindicações.

 

 

Mulher foi morta na frente do filho a caminho da igreja no dia das mães

“Mãe, é tiro!”. Essa foi a última frase dita pelo filho da atendente de lotérica Janaína dos Santos Duarte Oliveira Peres, de 39 anos, que foi vítima de uma bala perdida enquanto ia para a igreja agradecer pela vida na noite de ontem (09), em Santa Isabel. A notícia abalou toda a estrutura da família de Janaína, que deixou dois filhos jovens (um menino de 13 anos e uma menina de 19 anos) no Dia das Mães.

A reportagem conversou com Mariana Duarte, a filha mais velha de Janaína que nos contou que esteve presente com a mãe no Dia das Mães. “Ontem (09), passamos o Dia das Mães juntas, fomos no Alcântara, compramos presente para minhas tias e minha avó, estávamos muito felizes, e ela voltou para casa dizendo que ia se arrumar para ir na igreja. Que foi quando tudo aconteceu”, contou a filha de Janaína.

Janaína teria sido baleada por homens do tráfico que estavam manuseando armas na hora em que Janaína passou pelo bairro. Ainda segundo Mariana, o irmão dela estava com a mãe no momento em que ela foi baleada. “Meu irmão e ela estava rindo, conversando. Até que ele ouviu os tiros e falou “mãe, é tiro” e ela não respondeu. Ele sentiu então a moto subir e olhou para trás, foi quando ele viu que ela já estava caída, baleada. Meu irmão está em estado de choque”, disse ela. O irmão dela celebrará 14 anos no próximo fim de semana. Este será o primeiro aniversário dele sem a mãe, que sempre foi muito presente.

Ainda na noite de ontem (09), Janaína chegou a ser encaminhada para o Hospital Estadual Alberto Torres (HEAT), onde passou por uma cirurgia para tentar retirar o projétil da bala de sua cabeça, mas não resistiu.

Janaína deixa para os filhos a lição de nunca desistir dos sonhos. “Ela  me ensinou a ser batalhadora, ela batalhava muito. Eu sou cozinheira que nem ela. Ela era muito batalhadora, minha mãe sempre foi muito doce e fazia tudo por todo mundo. Ela pensava mais em mim e no meu irmão do que nela mesma”, lembrou a filha dela.

O corpo de Janaína foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Tribobó. Já o sepultamento dela ocorrerá ás 17h no Cemitério Parque da Paz, no Pacheco.

Mulher é fuzilada em Cabo Frio

Uma mulher foi morta com tiro de fuzil na madrugada de sexta-feira (30) em Cabo Frio.

De acordo com a policia civil, o crime aconteceu na Rua Macaé, no bairro de Tamoios Distrito da cidade.

Ainda de acordo com a civil, a mulher foi identificada como Andressa de 26 anos, ela foi morta dentro do seu carro.

O corpo foi levado para o IML de Macaé e o caso foi registrado na 126ª DP de Cabo Frio, onde está sendo investigado.

 

Fonte: rlagos

 

Mulher é morta a tiros em São Gonçalo

Uma mulher que ainda não foi identificada, com cerca de uns 30 anos, foi morta a tiros, na madrugada desta quinta-feira 22 de Maio. Ela foi socorrida, mas não resistiu. A polícia ainda não sabe onde o crime foi cometido.

A mulher foi socorrida e deixada na unidade de saúde por dois homens, que não se identificaram. Ainda não foi localizado nenhuma testemunha ou familiar da mulher.

Agentes da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo foram ao Pronto Socorro Central de São Gonçalo e registraram o caso.

O corpo foi transferido para o Instituto Médico Legal (IML), de Tribobó.