Uerj e Maricá aprofundam diálogo para criar polo da universidade no município

O prefeito de Maricá Fabiano Horta recebeu o reitor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) Ricardo Lodi Ribeiro para tratar da instalação da universidade no município. A ideia inicial é que sejam oferecidos cursos de extensão para professores da rede municipal.

No encontro, realizado nesta terça-feira (14/09) no gabinete do prefeito, também participaram o vice-reitor Mário Sérgio Carneiro e todo corpo de pró-reitores.

O prefeito destacou que a presença de uma universidade pública era um desejo antigo da cidade.

“Estamos aprofundando o diálogo e avançando na busca da construção de cursos de graduação em Maricá. Isso é muito importante porque acreditamos que essa interação de território é um saber acadêmico que constrói o futuro da cidade”, frisou Fabiano Horta.

Para o reitor da Uerj, a chegada da universidade em Maricá reforça o papel da instituição, que é servir à população.

“Este é um passo muito importante. O processo de aproximação da população é o papel da universidade, que também tem o objetivo de estar presente no maior número de locais em que exista a necessidade de fazer a troca de saberes entre a população, governo e sociedade”, explicou Ricardo Lodi.

Também presente na reunião, a secretária de Educação, Adriana Luiza da Costa, disse que será feita uma pesquisa junto à população para definir os cursos de graduação da futura unidade acadêmica.

“Precisamos do polo de engenharia, de cursos da área ambiental e tudo que faça o nosso município caminhar para frente”, afirmou a secretária.

Após a conversa, a comitiva da Uerj visitou o Cine Henfil, no Centro, e as orlas Zé Garoto, no Boqueirão, e da Barra de Maricá. A visita foi finalizada na Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar), onde o presidente Olavo Noleto mostrou projetos em desenvolvimento pela prefeitura nas áreas de desenvolvimento urbano, tecnologia, indústria, turismo, saúde e sustentabilidade.

“Maricá tem planos ousados para os próximos 20 anos, e que são possíveis ainda mais quando as universidades participam com a gente. Elas trazem conhecimento, experiência e encurtam a distância dessa trilha que a gente quer caminhar”, finalizou Olavo.

Adolescentes de 12 anos recebem a primeira dose da vacina contra a Covid-19

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou, nesta terça-feira (14/09), a vacinação em primeira dose dos adolescentes de 12 anos contra a Covid-19. Com a chegada do cronograma a essa faixa etária, a imunização na cidade alcança todas as pessoas em idade apta à aplicação.

A secretária de Saúde de Maricá, Solange Oliveira, destaca a importância de alcançar todas as idades vacináveis e reforça que os cuidados devem ser mantidos.

“Atingimos esse marco importante da vacinação mesmo com muitos atrasos de repasses de vacinas. Agora estamos partindo para um momento de mais conforto e tranquilidade para poder retornar gradativamente às atividades normais com todas as orientações de proteção que ainda não devem ser abandonadas”, salientou a secretária.

Na Unidade de Saúde da Família (USF) de Marinelândia, no bairro de Cordeirinho, os responsáveis aguardavam satisfeitos a imunização dos seus filhos e netos.

Para a nutricionista Deise Barros, que levou o filho Luciano Barros para receber a primeira dose, a oportunidade do jovem poder se vacinar traz alegria e alívio.

“É um momento muito esperado por toda a família. Agora me sinto muito mais segura em deixá-lo na escola para frequentar as aulas presenciais e conviver com nossos familiares”, afirmou Deise.

A dona de casa Maria de Fátima Cassiano, de 45 anos, acompanhou a filha Andressa Santana na imunização e pontuou que a vacina é uma garantia para a convivência segura com outras pessoas.

“Acho ótimo a minha filha poder ser vacinada. Dessa forma, ela pode voltar a estudar presencialmente e retornar ao convívio tão importante do ambiente escolar”, frisou.

Grande número de imunizados em Itaipuaçu

No distrito de Itaipuaçu, a USF Jardim Atlântico e a Unidade Volante de Vacinação (UVV) do Centro Administrativo da Prefeitura registraram um grande fluxo de vacinados. A microempreendedora Vivian Maria, de 40 anos, que estava observando a vacinação da filha Isabela Grusman e aproveitou a ida à USF para tomar a segunda dose, enfatizou a importância da vacina para a retomada das atividades.

“A vacinação da minha filha ajuda a evitar a propagação da doença e auxiliar a vida a retomar, aos poucos, a normalidade. As aulas dela na escola estão ocorrendo em turmas reduzidas, com menos contato em sala de aula, mas a vacinação dá ainda mais segurança nesse processo”, ressaltou.

A comerciante Elizabeth de Paiva, de 62 anos, compareceu com o filho Gabriel de Paiva à UVV de Itaipuaçu e atestou a relevância da imunização dos adolescentes.

“Em meio a essa pandemia global, é ainda mais importante ele ser vacinado. Os mais jovens estão a todo tempo brincando, tendo contato, compartilhando objetos, então é de suma importância eles participarem da campanha de imunização”, concluiu.

Cronograma

Nesta quarta-feira (15), Maricá inicia a vacinação da dose de reforço em idosos com 95 anos ou mais que tenham recebido a segunda dose há seis meses ou mais. É necessário apresentar os seguintes documentos: comprovantes da primeira e segunda doses, identificação com foto e CPF.

A dose de reforço também estará disponível para os imunossuprimidos (aqueles que têm o sistema imunológico comprometido tanto por alguma doença congênita quanto pelo uso de medicamentos), de qualquer idade, que tenham concluído o esquema vacinal com duas doses há 28 dias ou mais. Para esse grupo, são necessários os comprovantes da primeira e segunda doses, documento de identificação com foto, CPF e laudo médico atualizado comprovando a condição.

Segundo Solange Oliveira, a dose de reforço é fundamental para esses grupos mais vulneráveis definidos pelo Ministério da Saúde.

“No momento em que a variante Delta se espalha rapidamente pelo Estado do Rio de Janeiro e com uma capacidade maior de contaminação, garantir a terceira dose para ampliar a proteção de quem está mais exposto é de suma importância”, destacou a secretária.

A aplicação da primeira dose ocorre das 9h às 16h nos seguintes polos: USF Centro, USF Chácara de Inoã, USF Marinelândia, USF Jardim Atlântico, UVV Aeroporto de Maricá e UVV Centro Administrativo da Prefeitura em Itaipuaçu. Já a segunda dose segue sendo aplicada nessas unidades, além de em quatro novos polos exclusivos para a D2 (USF Barra, USF Inoã 2, USF São José 2 e USF Barroco), que funcionam de 9h às 14h.

Prefeitura de Maricá vacina pessoas com mais de 18 anos

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou nesta segunda-feira (13/09) uma repescagem de vacinação contra Covid-19 para pessoas com idade acima de 18 anos.

Essa é mais uma oportunidade para quem não pode comparecer na data estabelecida de acordo com o cronograma municipal de imunização. Esse é o caso de Makinson Pereira, de 28 anos, que tem um filho recém-nascido e não pode estar presente no dia estabelecido.

“Agora me sinto mais aliviado e protegido. Temos tomado todos os cuidados na minha casa, mas a vacina é fundamental”, disse Makinson, morador do bairro Flamengo.

O professor Jorge Emílio, de 47 anos, contou que não conseguiu se vacinar antes por conta da rotina de trabalho.

“Estou mais feliz do que nunca para receber a tão esperada vacina, precisamos continuar na luta contra a Covid-19”, declarou o professor, que recebeu a vacina na Unidade Volante do Aeroporto Municipal, em Araçatiba.

Terça-feira é a vez dos adolescentes

Nesta terça-feira (14), o município imuniza exclusivamente os adolescentes de 12 anos, concluindo o calendário de todas as idades vacináveis.

De acordo com secretária municipal de Saúde, Solange Oliveira, mesmo com consecutivos atrasos no repasse dos imunizantes para Maricá, a vacinação na cidade está sendo bem sucedida.

“A seriedade no cumprimento do Plano Nacional de Imunizações, o respeito à utilização da segunda dose na ocasião correta e à estratégia inicial de vacinar 100% dos mais vulneráveis antes de avançar nas idades fez Maricá alcançar ótimos resultados. A taxa atual de ocupação de leitos de Covid é de 64%, bem abaixo da média do Estado, por exemplo. Esse é um fator que reflete a ascensão da nossa vacinação”, frisou.

A imunização com a segunda dose continua sendo aplicada normalmente de segunda a sexta-feira em todos os polos e UVV, além de quatro novos polos exclusivos para segunda dose (USF Barra, USF Inoã 2, USF São José 2 e USF Barroco), que funcionam de 9h às 14h.

 

Prefeitura realiza 11ª edição da Marcha para Jesus

A Prefeitura de Maricá, por meio da Coordenadoria de Assuntos Religiosos e com o apoio das secretarias de Turismo e de Agricultura, Pecuária e Pesca, realizou no último sábado (28/08) a 11ª edição da Marcha para Jesus.

A atração principal foi a cantora Marine Friesen, ex-integrante do Diante do Trono, banda referência no mundo gospel. A programação contou ainda com ministração da palavra feita por pastores convidados. O evento aconteceu na Fazenda Pública Joaquín Piñero no bairro do Espraiado e foi transmitido pela página da prefeitura no Facebook por conta das restrições sanitárias impostas pela pandemia.

Antes de subir ao palco e empolgar o público com as canções “Para que entre o Rei”, “Vasos Quebrados” e “1000 Graus”, Marine Friesen falou sobre a emoção de poder participar do evento ‘em casa’, já que morou em Itaipuaçu.

“É uma alegria muito grande para o nosso coração porque sempre oramos pela nossa cidade sabendo que Deus tem o melhor para nós. A expectativa está a mil por estarmos aqui nessa noite tão profética clamando a Jesus”, contou.

Para a responsável pela coordenadoria de Assuntos Religiosos, Danieli Machado, a Marcha para Jesus tem o intuito de não apenas abençoar a cidade, mas também de acalentar os corações principalmente das pessoas que perderam seus entes queridos por conta da pandemia.

“Quando trazemos um show para Maricá em um evento que seria nas ruas para abençoar a nossa cidade, não estamos só fazendo um show, mas estamos agradecendo a Deus por todas as coisas e pedindo que console os corações porque tivemos muitas perdas nessa pandemia e desejamos que esse período passe logo”, afirmou.

Cantando juntas, as artistas convidadas Jaciara Menezes, Ana Paula Marinho e Priscila Ribeiro levaram muita animação com músicas como “Deus Está Contigo” e “Louvor e Glória”.

“É uma grande honra e um prazer estar na minha cidade cantando mais uma vez na Marcha pra Jesus”, disse Ana Paula Marinho. “Glorifica a Deus por essa oportunidade deste canal de benção para pessoas que precisam ouvir a palavra de Deus através do louvor. Estou muito alegre em estar aqui participando da Marcha pra Jesus”, acrescentou Jaciara Menezes. “Para mim, é uma grande alegria poder participar com as minhas amigas”, completou Priscila Ribeiro.

 

Prefeitura de Maricá assina convênio com Estado para Desenvolvimento de Projetos para a Região Metropolitana

A Prefeitura de Maricá, por meio da Companhia de Saneamento de Maricá (Sanemar)  assinou  nesta quinta-feira (26/08) convênio com o Instituto da Região Metropolitana (IRM) para a instalação de um escritório de projetos aqui na cidade. A proposta do escritório é desenvolver projetos em várias áreas como, saneamento, água e mobilidade urbana integrando os municípios que fazem parte da região metropolitana.

A assinatura aconteceu na sede da Sanemar com as presenças do prefeito Fabiano Horta, a primeira-dama, Rosana Horta, a presidente da Sanemar Rita Rocha, dos diretores do IRM Alexandre Mendes, Maurício Knoploch, o secretário de Governo João Maurício e o secretário Desenvolvimento Igor Sardinha.

O prefeito Fabiano Horta falou da importância do diálogo permanente entre os entes para a construção de uma sociedade próspera para todos que moram em Maricá e do compromisso de se discutir um futuro melhor para toda a região.

“Estamos muito felizes pela presença do Estado na nossa cidade. A região metropolitana merece projetos em todas as áreas. Além da água e do saneamento temos a questão da mobilidade e temos o compromisso de levantar essas discussões para o futuro de uma cidade contemporânea”, ressaltou o prefeito.

Para a presidente da Sanemar Rita Rocha a vinda o escritório do IRM  é mais uma vitória  para Maricá. “Gostaria de lembrar que foi com aprovação do Conselho da Região Metropolitana que no final de junho, a Sanemar obteve a autorização para investir com segurança na área de esgotamento sanitário”, disse a Rita.

Já o diretor de Planejamento e Projetos do IRM, Maurício Knoploch, fez questão de frisar os avanços que Maricá teve nos últimos anos. “Maricá é com certeza um caso de sucesso na região. Teve avanços impressionantes nos últimos anos e em pouco tempo vai iniciar obras de impacto na área de saneamento. O IRM está aqui como um órgão catalisador para ajudar os municípios da região metropolitana e o sucesso de Maricá deve ser compartilhado com todos”, afirmou.