Homens são presos acusados de furtar a casas bahia de Rio Bonito

Dois homens foram presos acusados de furtar à loja Casas Bahia de Rio Bonito na tarde de ontem, quinta feira (11).

Identificados como WASHINGTON LUIZ RODRIGUES DE SOUZA SILVA, de 52 anos e MILTON GONÇALVES DE OLIVEIRA NETO, de 39 anos, foram reconhecidos pela gerente da loja de rio bonito como autores do furto, e também pelo gerente da Casas Bahia de São Gonçalo estabelecimento também furtado horas antes.

Na delegacia 119ª , foi descoberto a ficha criminal dos acusados, que são oriundos do Rio de Janeiro, era extensa, constando diversos crimes, inclusive Homicídio. Os acusados foram autuados pelos crimes de furto tentado e furto consumado, e permaneceram presos.

Ocorrência 

Após o recebimento de informação de tentativa de furto da loja localizada no centro de Rio Bonito, a Polícia Militar se prontificou e ao descobrir que os acusados teriam fugido em um veículo Vokswagen Gol de cor branca e de placa LSJ 4927, os policiais se dirigiram à BR 101 sentido sul com o intuito de localizar o veículo, e se deparou com o mesmo parado em frente ao posto da PRF prestes a ser abordado. Neste momento a guarnição da PM comunicou ao Policial Rodoviário Federal que existia denúncia envolvendo os ocupantes do veículo, então foi realizada revista pessoal e no veículo onde foram encontrados diversos telefones e um dispositivo desativador de alarme os acusados foram conduzidos à 119ª DP, em Rio Bonito, Interior do RJ.

 

 

Conselho recomenda vacinação de presos e servidores de presídios

O Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária publicou, no Diário Oficial da União de hoje (9), resolução que recomenda, a autoridades da saúde, dar prioridade à vacinação de servidores e pessoas privadas de liberdade, no âmbito do Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra o Covid-19.

Citando dados do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), a Resolução nº14 lembra que 42.517 presos foram contaminados pela covid-19 entre março de 2020 e janeiro de 2021. Desses, 133 presos morreram por causa da doença. Na comparação com a população brasileira, a taxa de infecção foi 47% maior, Já a de letalidade foi 87% menor.

As visitas sociais foram interrompidas em todos os presídios do país desde março de 2020. Apenas as visitas presenciais e atendimentos de advogados estão sendo retomados, mas de forma gradual em alguns estados. Em meio a esse contexto, o principal contato entre a população prisional e o mundo exterior passou a ser o de servidores dessas instituições penais.

A resolução acrescenta que “quanto maior a demora da vacinação no sistema prisional, maiores serão os gastos em 2021 com a prevenção e assistência à saúde da massa carcerária”. Além disso, lembra que o aumento de infectados na população prisional pode acabar demandando ocupação de vagas em estabelecimentos hospitalares, “sobrecarregando ainda mais o sistema de saúde pública”, além de possibilitar a libertação de mais presos, conforme previsto pela Resolução 62 do Conselho Nacional de Justiça.

Diante dessa situação, a resolução publicada hoje recomenda às secretarias estaduais de Saúde que preparem planos operacionais, em parceria com as administrações penitenciarias, para viabilizar a vacinação de policiais penais e pessoas privadas de liberdade, observando as fases e o calendário previstos no Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19.

Ao Ministério da Saúde e às secretarias estaduais de Saúde, a resolução recomenda que incluam, no rol das pessoas a integrar o grupo prioritário de vacinação, “todos os demais profissionais (estagiários, terceirizados, policiais militares, etc) que atuem nas unidades de custódia de pessoas privadas de liberdade, dado o risco inerente às atribuições”.

 

Fonte: agenciabrasil.ebc.com.br

Dois homens são presos após assaltarem ônibus no Rio

Dois homens foram presos após assaltarem um ônibus na Cidade Nova, próximo ao Centro do Rio, no período da manhã desta quinta-feira (28). Segundo informações, quatro assaltantes foram responsáveis pelo roubo. Houve troca de tiros entre bandidos e agentes da PM. As informações são do G1.

De acordo com a PM, os militares estavam na região verificando um acidente que teria ocorrido entre uma moto e um carro. Em um momento, no entanto, passageiros de um ônibus fizeram sinais para os agentes afirmando que um assalto estava ocorrendo no coletivo. Os bandidos e os policiais trocaram tiros, mas ninguém se feriu.

Os militares conseguiram prender dois homens (um na Avenida Presidente Vargas e outro próximo ao coletivo em que ocorreu o crime). Eles serão levados para a 6ª DP (Cidade Nova), onde o caso será registrado. Junto com os suspeitos, foi apreendida uma pistola de brinquedo.

 

Fonte: osaogoncalo.com.br

Quadrilha que clonava cartões bancários para sacar benefícios é desarticulada pela polícia

Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), com apoio da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA), prenderam uma quadrilha especializada em clonagem de cartões bancários. O grupo conseguia senhas pessoais para saques de benefícios, como auxílio emergencial e o Bolsa Família. Três homens foram presos em flagrante e materiais apreendidos. A ação aconteceu nesta quarta-feira (06/01).

De acordo com as investigações, os criminosos atuavam, há vários meses, em diversos municípios do Rio. Eles instalavam equipamentos nos caixas eletrônicos para leitura e clonagem de cartões, conhecidos como ‘chupa-cabras’, e microcâmeras para captura das senhas das vítimas. Com os dados, a quadrilha efetuava saques dos benefícios nos bancos, uma vez que os mesmos não possuem chip ou controle de biometria.

Além dos equipamentos para a prática de furtos qualificados mediante fraude contra instituições financeiras, os policiais apreenderam dezenas de cartões clonados de vítimas com senhas anotadas.

Um dos presos possuía mandado de prisão e já havia sido condenado por furto pela prática do mesmo golpe. As investigações seguem em andamento na DRF para identificar e prender os demais integrantes da organização criminosa.

 

Fonte: osaogoncalo

Cinco homens são presos suspeitos do roubo em Criciúma

Cinco homens suspeitos de participar do roubo a uma agência do Banco do Brasil em Criciúma, em Santa Catarina, na noite de segunda-feira, foram presos no Rio Grande do Sul na tarde da quarta-feira. Dois deles estavam na Região Metropolitana de Porto Alegre, em São Leopoldo, e 3 na divisa de Torres, no RS, com Passo de Torres, em SC.

Também na tarde desta quarta-feira, uma mulher de 31 anos foi presa em São Paulo suspeita de participação da operação. Ela foi localizada na zona sul da capital paulista. Com a mulher, os policiais encontraram malotes de dinheiro do Banco do Brasil, que serão periciados.

Relembre

Na segunda-feira, no início da madrugada, cerca de 30 pessoas encapuzadas cercaram o Centro de Criciúma, com tiros e explosivos, para assaltar uma agência do Banco do Brasil. Eles ainda fecharam os acessos ao local para impedir a ação dos policiais.

Pessoas foram feitas reféns e cercadas por criminosos para intimar a ação policial. Um PM e um vigilante ficaram feridos. Ninguém morreu. O PM precisou passar por três cirurgias.

Os criminosos fugiram e parte do dinheiro ficou espalhada pelas ruas. Quatro moradores da cidade foram detidos por recolherem R$ 810 mil que ficaram jogados no chão devido a explosão durante o assalto.