Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia podem ficar sem água nesta terça-feira (6)

A terceira e última etapa de uma obra de alta complexidade será realizada na próxima terça-feira (6), e pode afetar a distribuição de água para cinco cidades da Região dos Lagos do Rio, Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia. A obra está programada para acontecer em quatro pontos às margens da RJ-106, na altura de São Pedro da Aldeia, das 5h às 21h.

Segundo a concessionária Prolagos, o trânsito na rodovia não deverá ser afetado.

Para realizar o serviço, será necessário interromper a distribuição nesses municípios. A operação do sistema será retomada após a conclusão dos serviços e a normalização do abastecimento poderá levar até 24h, principalmente nos pontos mais elevados. Porém, os usuários que têm reservatórios como caixa d’água e cisterna não serão impactados.

A obra vai resultar na ampliação do sistema, com mais uma rede para transportar água, permitindo melhor abastecimento em períodos de alto consumo, como o verão. Ainda segundo a empresa, o investimento vai possibilitar que a concessionária tenha maior controle na destinação e na quantidade de água enviada a cada localidade, conseguindo, por exemplo, direcioná-la com mais precisão para pontos mais altos dos municípios da área de concessão.

 

Consumo consciente

A Prolagos orienta a população a manter os reservatórios cheios e o registro do hidrômetro sempre aberto. Para minimizar os impactos, atividades que utilizam muita água, como lavagem de roupa, limpeza de casa ou similares, devem ser evitadas durante a parada programada.

O atendimento emergencial, caso necessário, para hospitais e postos de saúde será feito por meio de caminhões-pipa até a normalização do sistema. O cliente pode entrar em contato com a concessionária pelo Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) no telefone 0800-7020-195 ou pelo WhatsApp (22) 99722-8242, pelo aplicativo Águas APP ou pela agência virtual, no site.

Rio das Ostras vira cenário de curta de comédia lançado em redes sociais

“Hoje tem Marmelada” é o nome do curta-metragem que foi gravado em Rio das Ostras, na Região dos Lagos do Rio. As ruas do bairro Liberdade e pontos turísticos como a Ponte Estaiada, viraram cenário da história do palhaço Labirintite. São quase 22 minutos da exibição, já disponível nas redes sociais, inspirados no espetáculo que integra o projeto “Olha o palhaço no meio da rua”, criado e produzido pela companhia de teatro riostrense “O Entrupinado de Circo Teatro.” A conversão para vídeo teve o incentivo financeiro dos governos Federal e Estadual, por meio da Lei Aldir Blanc.

A história de Labirintite, o palhaço morador de Rio das Ostras, acontece no bairro Liberdade, onde ele se torna a alegria das crianças durante a pandemia, disfarçando a tristeza por ter perdido a parceira malabarista. Em cada viela ou beco, o palhaço e as pernas de pau, reúnem mais crianças, que o acompanham e vibram com o tradicional malabarismo com bolas, guarda-chuvas e tacos.

Labirintite é interpretado pelo artista Éder Veríssimo, e, segundo ele, fazer do espaço público um local de apresentação está relacionado com a democratização da arte circense.“O palhaço tem a capacidade de fazer o outro rir usando poucos artifícios, porém cheio de técnicas. E estar nas ruas de Rio das Ostras é importante para que o espectador tenha o sentimento de pertencimento ao espaço. Além dos cenários das ruas, quem assistir vai ver o Labirintite em pontos turísticos importantes como o rio das Ostras, que originou o nome da cidade, e a Ponte Estaiada”, disse Éder.

Dayane Benício, produtora do curta-metragem “é um projeto muito sério, apesar de propiciar a graça. Tem toda concepção de trazer o pertencimento ao lugar onde habita e da arte como algo acessível a todos. O lúdico não é só entretenimento, ele influencia em questões importantes como raciocínio, concentração, coordenação motora, visão periférica, entre outros”.

O espetáculo, que foi transformando em curta, seria uma apresentação presencial, mas por causa do avanço da pandemia precisou ser adaptado para uma forma ilustrada em vídeo.

O curta tem exibição gratuita e indicação livre e já está disponível por meio deste link.

Fonte: G1 Região dos Lagos

Acusado de roubar cargas na Região dos Lagos é preso

Policiais Civis da 125ª DP (São Pedro da Aldeia) cumpriram mandado de prisão, expedido pela Justiça, contra um homem acusado de roubo de carga, en São Pedro da Aldeia, na última sexta-feira (21). A ação aconteceu após o autor ser preso em flagrante pelo crime de receptação por agentes da 74ª DP (Alcântara) em São Gonçalo.

De acordo com os agentes, o homem foi reconhecido pela vítima como autor do crime ocorrido, no dia 12 deste mês, em São Pedro da Aldeia. Ele já era investigado em outros inquéritos que apuram diversos roubos de carga na Região dos Lagos.

O acusado foi encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

 

Fonte: osaogoncalo.com.br

Voluntários fazem limpeza de praias na Região dos Lagos

Entre este sábado (24) e o dia 2 de maio, voluntários vão se unir para limpar diversas praias da Região dos Lagos do Rio. Ação celebra a Semana Nacional de Limpeza dos Mares, que foi iniciada em março em diversas cidades do Brasil, mas precisou ser interrompida devido ao agravamento da pandemia.

Na Região dos Lagos, a ação será coordenada pela ONG cabo-friense Mar Sem Lixo, em parceria com as ONGs Sea Shepherd e Ecosurf. Para evitar aglomerações, poucos voluntários devem participar da ação.

“Já fizemos limpeza em mais de dez praias de cidades do estado do Rio (Itaguaí, São Pedro, Búzios, Cabo Frio e Paraty), além dos estados de São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. O calendário de limpeza inclui ainda as cidades de Rio das Ostras, Saquarema e Iguaba. Nas três cidades, as datas ainda serão definidas, uma vez que decretos locais proíbem o acesso às praias”, afirma a ambientalista e coordenadora da ONG Mar Sem Lixo, Gisele Letieri.

Nos próximos dois fins de semana a limpeza vai acontecer em praias de Arraial do Cabo, Araruama, Búzios, São Pedro da Aldeia e Cabo Frio, sempre às 9h.

Fonte: g1.globo.com

Prefeitura lança Programa de Refinanciamento de dívidas para contribuintes em Araruama

A Prefeitura de Araruama, na Região dos Lagos do Rio, lançou nesta quinta-feira (4) o Refis 2021, que é um programa de recuperação fiscal. O objetivo é renegociar dívidas dos contribuintes, tanto pessoas físicas quanto jurídicas, junto ao município.

De acordo com o município, o programa garante desconto em juros e multas em tributos como IPTU, ISSQN, taxas e multas constituídos até o dia 31 de dezembro de 2020, inscritos ou não na Dívida Ativa do Município.

Além dos descontos, o pagamento poderá ser parcelado em até 60 vezes. O município destacou que, para fazer essa renegociação, o contribuinte deve estar com os tributos de 2021 quitados.

O contribuinte tem até o dia 31 de maio para aderir ao Refis. Para isso, deve ir pessoalmente até o departamento da Dívida Ativa do município, que fica na sede da Prefeitura, na Rua John Kennedy, no Centro.

Mais informações sobre o programa podem ser solicitas pelo e-mail dedvapma@gmail.com.

Fonte: g1.globo.com