Rio das Ostras: PRF encontra 60 quilos de maconha dentro da caçamba de um carro

A polícia Rodoviária Federal apreendeu na manhã deste domingo (28) 60 quilos de maconha na RJ 106, em Rio das Ostras. A apreensão foi durante uma fiscalização de rotina na altura do bairro Campomar.

Segundo a PRF, no momento da fiscalização um motorista teria demonstrado certo nervosismo, o que motivou uma busca minuciosa no interior do veículo. Ao retirar o assoalho da caçamba, a equipe policial encontrou a droga em tabletes.

O motorista foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil de Macaé.

Fonte: g1.globo.com

Rio das Ostras terá força-tarefa para fiscalizar cumprimento de medidas restritivas

A Prefeitura de Rio das Ostras organizou uma força-tarefa para fiscalizar o cumprimento dos decretos municipais que aumentam as restrições das atividades econômicas e proíbem a permanência nas praias, entre outras medidas, como estratégia para reduzir a transmissão do novo coronavírus (Covid-19). A fiscalização acontecerá 24h ao dia no período do “superferiadão”, entre 26 de março e 4 de abril, estabelecido para ajudar a conter o avanço da pandemia, reduzindo a circulação de pessoas nas ruas.

Com Bandeira Vermelha (de alerta) para o coronavírus e 100% dos leitos clínicos e de UTI ocupados, Rio das Ostras está na iminência de um colapso no Sistema de Saúde e funerário. Por conta disso, a colaboração de todos os moradores, que só devem sair de casa em caso de extrema necessidade, é fundamental.

Durante todos os dias, a Coordenadoria Geral de Fiscalização e Postura (Comfis), órgão da Secretaria de Fazenda, com apoio da Guarda Civil Municipal, vai percorrer o comércio e também as praias para garantir o cumprimento dos decretos.

Equipes da Secretaria de Transportes Públicos, Acessibilidade e Mobilidade Urbana fiscalizarão as vans, que devem circular com número reduzido de passageiros, como estabelece o decreto. Já a equipe do Procon vai verificar o cumprimento das medidas restritivas pelos bancos, supermercados e lojas de grande porte.

Para realizar essa força-tarefa, estão sendo disponibilizados carros de setores da Prefeitura que não vão trabalhar durante o “feriadão” e também o suporte de fiscais de outras secretarias.

A colaboração da população é fundamental, tanto no cumprimento do decreto, saindo de casa em caso de extrema necessidade, como informando sobre irregularidades encontradas. O atendimento telefônico da Comfis – (22) 2760-6891 – funciona das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira. As denúncias podem ser feitas também para a Guarda Civil Municipal –0800 022 6301 – com atendimento 24h.

Prefeitura altera trânsito em torno do Pronto-Socorro

A Prefeitura de Rio das Ostras alterou o tráfego em frente ao Pronto-Socorro, onde funciona o Centro de Triagem do Coronavírus. Foi fechado aos veículos o trecho da Rua Laércio Lúcio de Carvalho, entre as ruas Albino Pinheiro e São Francisco, no Parque Zabulão.

O objetivo da interdição foi a instalação, no local, de tendas e cadeiras em distanciamento seguro, para estender a área de espera da Unidade de Saúde, acomodando melhor quem busca atendimento. Somente as ambulâncias podem permanecer no local.

Com a alteração, os motoristas devem contornar a Praça Valdemar Oliveira, conforme a imagem do mapa abaixo:

 

 

Rio das Ostras planeja implantação de Instituição de Longa Permanência para Idosos

O crescente aumento da população idosa é um fenômeno que vem ocorrendo em escala global. No Brasil, em todos os municípios, a população envelhece, aumentando a procura por serviços públicos e a demanda por políticas públicas de atenção à pessoa idosa. Segundo a Secretaria de Bem-Estar Social de Rio das Ostras, o Censo IBGE 2010 mostrou que quase 14 mil pessoas com 60 anos ou mais necessitam de ações de políticas públicas.

Em Rio das Ostras, a Prefeitura já está em fase de planejamento e estudo para implantação de uma Instituição de Longa Permanência de Idosos (ILPI), acompanhando a tendência sociológica do Brasil. Atualmente, essa demanda é realizada por meio de Termo de Cooperação com a Casa dos Velhinhos em Casimiro de Abreu, cidade vizinha.

“Pensando em melhorar cada vez mais o atendimento a esse público que merece toda atenção e assistência por parte do poder público e de toda sociedade, é que essa gestão está mobilizada e engajada no estudo e planejamento para a implantação de mais um serviço que irá compor a Rede do Sistema Único de Assistência Social para a comunidade riostrense. Nossa gestão tem um olhar atento às demandas do idoso e identifica a necessidade de uma política para acolher prioritariamente este público que convive sem a família, em situação de vulnerabilidade e risco social. Já estamos trabalhando todo projeto arquitetônico do local”, disse Eliara Fialho, secretária de Bem-Estar Social.

Em Rio das Ostras já estão sendo realizados estudos das Legislações da Política em Atenção à Pessoa Idosa. Para isso, foram realizadas visitas a ILPI para melhor conhecer a estrutura física, a funcionalidade e o projeto de atendimento aos acolhidos, recursos humanos, normas técnicas, rotinas, entre outros.

Estas ações vão proporcionar atendimento integral com serviços especializados, que visam a proteção, saúde física e emocional, cuidados pessoais e o convívio sócio-familiar do idoso no seu município.

O Prefeito Marcelino ressalta que “a pessoa idosa precisa estar próximo dos seus familiares ou da sua comunidade e que o município precisa ter uma ILPI para garantir que esse atendimento seja realizado aqui, para facilitar a convivência e para que ela não se sinta deslocada”.

Fiscalização em Rio das Ostras encerra eventos e fecha estabelecimentos com aglomerações

A Prefeitura de Rio das Ostras está trabalhando incansavelmente, todos os dias, para garantir o cumprimento do novo decreto municipal e assim diminuir a propagação do corona vírus. No último fim de semana, as operações realizadas pela Coordenadoria Geral de Fiscalização e Postura (Comfis), com apoio do Grupamento de Operações Especiais (GOE) da Secretaria de Segurança Pública e da Polícia Militar, terminaram com festas abertas ao público, que estão proibidas, e dispersou aglomerações de pessoas em bares e restaurantes.

Segundo o novo decreto, restaurantes, bares e similares devem manter o distanciamento e seguir as demais normas sanitárias, não sendo permitidas aglomerações no interior e nas calçadas dos estabelecimentos. O funcionamento deve ser até 23 horas. Para o comércio em geral, o horário de atendimento é das 10h às 19h. O decreto também estabeleceu a proibição de circulação de pessoas e veículos entre meia-noite e 6h, salvo em razão de trabalho e atividades essenciais.

Foram fechados estabelecimentos que não seguiram as normas do decreto e esses terão suas atividades suspensas por 30 dias. Se descumprirem a ordem e reabrirem antes do prazo, os proprietários serão conduzidos à delegacia e autuados. A fiscalização é realizada pela Comfis, órgão ligado à Secretaria de Fazenda de Rio das Ostras.

Os fiscais foram informados sobre alguns desses eventos e aglomerações por meio de denúncias. Quem quiser colaborar com o cumprimento do decreto para conter a propagação da Covid-19 no Município, pode denunciar irregularidades observadas pelos telefones da Comfis – (22) 2760-6891 (das 9h às 17h) – e da Guarda Civil Municipal – (22) 2760-6236 ou 0800 022 6301 (24h).