A partir desta sexta feira as barcas que fazem a travessia Rio-Niterói têm novo horário de intervalo

A partir desta sexta-feira (19) começa a valer o novo intervalo para as barcas que fazem a travessia entre a Praça Quinze (Rio) e a Praça Arariboia (Niterói). A linha vai funcionar com intervalos de até 30 minutos nos horários de pico. Ou seja, das 5h30 às 9h e das 16h às 18h.

Antes da mudança, as embarcações saíam de 15 em 15 minutos.

Nos outros horários e também aos sábados, domingos e feriados, o intervalo vai ser de uma hora.

A Secretaria Estadual de Transportes (Setrans) disse que houve uma queda de quase 75% no número de passageiros por causa da pandemia. A medida que determinava que o embarque nas viagens fosse limitado ao número de assentos disponíveis na embarcação também caiu.

Agora, as barcas podem fazer a travessia com a capacidade total.

Fonte: g1.globo.com

ANITTA É INTERNADA POR INTOXICAÇÃO ALIMENTAR

Anitta está internada em uma clínica da Zona Sul do Rio depois de ser diagnosticada com uma severa intoxicação alimentar. A cantora começou a se sentir mal na tarde da última terça-feira, e foi encaminhada por familiares para a clínica. Segundo a equipe médica que cuida da artista, ela vai precisar passar mais tempo internada, e ainda sem previsão de alta.

Procurada, a assessoria de Anitta confirmou a internação.

 

 

Fonte: extra.globo.com

 

Nada de biquíni: só deu policial fardado em festa na piscina no RJ

Em vez de uma multidão usando sungas e biquínis, o que se viu ontem de manhã na Super Poolparty, em Vargem Pequena, na Zona Oeste do Rio, foi um bocado de policiais e agentes do município usando fardas e coletes. A prefeitura e a Polícia Militar acabaram com a festa, que era produzida pelas empresas Friends Eventos e Tao Islands. Para tentar driblar a fiscalização, os organizadores só divulgaram o local por volta das 9h, garantindo que o evento estava “lindo” e pedindo que o público chegasse com “sorrisos e uma vibe incrível”.

A festa, cujos ingressos estavam sendo vendidos no site Bilheteria Digital, foi interditada por falta de licença sanitária e por desrespeito às normas de proteção à vida. Quem chegava ao local, voltava quando via uma aglomeração diferente daquela que esperava encontrar. Mesmo assim, cerca de 60 pessoas entraram no evento e acabaram sendo retiradas.

A operação foi uma parceria entre a Secretaria de Ordem Pública, a Vigilância Sanitária, a Guarda Municipal e a Polícia Militar. Representantes das empresas responsáveis pela organização da festa não foram localizados para comentar o caso.

— Se o evento voltar a acontecer, com a qualificação que temos e demais dados, abriremos uma ocorrência na 42ª DP (Recreio) por desobediência. Infração de medida sanitária preventiva é crime previsto no Artigo 268 do Código Penal — disse o secretário municipal de Ordem Pública, Brenno Carnevale.

Questionado sobre eventos agendados nas redes sociais, o secretário afirmou que todos vêm sendo monitorados pela prefeitura. Inclusive o chamado CarnaRio, que tem festas programadas da próxima sexta-feira até terça da semana que vem.

— Fazemos monitoramento com inteligência, para impedir que essas festas aconteçam e para buscar os responsáveis pela organização dos eventos. Eles contribuem para a morte de pessoas contaminadas pelo coronavírus e responderão por seus atos. Fazemos ações, inclusive, “a posteriori”. Constatando que festas foram realizadas, empresas serão multadas e poderão até ter seus alvarás cassados — alertou Carnevale.

‘outro patamar’ do Flamengo citado por Vanderlei, ameaça bom relacionamento com torcida

Além dos 17 jogos sem vencer o Flamengo, o que irrita a torcida do Vasco desde a noite de quinta-feira é a declaração do técnico Vanderlei Luxemburgo dada depois da derrota por 2 a 0 no clássico.

O treinador afirmou que “o jogo do Flamengo você descarta, claro que você quer ganhar pela rivalidade, por tudo que envolve um clássico entre Flamengo e Vasco, mas o Flamengo está brigando por outro patamar”.

A reação dos torcedores foi imediata e deixa em xeque o conhecido clima amistoso entre o treinador e os vascaínos, que costumam dizer que Luxemburgo é o único rubro-negro que eles gostam.

“Clássico é clássico. Aposto que no vestiário ele não falou ‘se perdermos, tá de boa’, assim como aposto que ele diria ‘no futebol é 11 contra 11, não se ganha nem perde de véspera’, caso tivéssemos vencido”, escreveu um torcedor no Twitter.

“Gosto do trabalho dele, mas não tem que entrar com esse pensamento. A obrigação é pelo menos lutar em campo, não entrar para empatar ou perder. Um time apático e omisso desse não consegue ganhar nem do Íbis”, afirmou outro.

“Nao acho que o Luxa mentiu. A realidade é absurda. O Vasco tira o Benítez (que é um jogador nota 5 no Brasil, mas nota 9 no Vasco) e coloca o Catatau (que é horível). Eles trocam o ‘Gabisemgol’ e entra o Pedro. É colocar uma Ferrari para fazer um pega com um Fiat 147. Não dá”, defendeu o torcedor.

Vanderlei Luxemburgo tem contrato com o Vasco somente até o fim do Campeonato Brasileiro. Faltam quatro rodadas para o término da competição e o time está a dois pontos da zona de rebaixamento.

Nova coletiva serve para apagar incêndio

Nesta sexta-feira, Luxemburgo voltou a dar entrevista coletiva, por problemas técnicos na entrevista de quinta-feira, e aproveitou para se corrigir, depois da repercussão da declaração do treinador.

– A grandeza do Vasco é igual a do Flamengo. Nesse jogo a rivalidade está presente e já há uma motivação por si só. Quis dizer que eles estão disputando título e nos brigando embaixo. É algo momentâneo. A grandeza e tradição do Vasco ninguém vai tirar – afirmou.

O treinador destacou que o momento é de cuidar do lado psicológico dos jogadores.

– Temos a Maíra (Ruas, psicóloga do Vasco), que conversa muito com os jogadores. Eu também sou experiente para tratar disso, já conversamos com os jogadores logo depois da partida, a derrota para o Flamengo já é passado.

Antes de encerrar a coletiva, Vanderlei Luxemburgo destacou seu desejo de fazer um trabalho a longo prazo no Cruz-maltino:

– Estamos trabalhando muito, todos os dias, e os jogadores sabem que nossa competição é outra. Não vou mentir para o torcedor e se ele entendeu mal isso aí, do patamar, esquece, é claro que a grandeza dos clubes é a mesma, só que os momeentos são diferentes, não posso dizer outra coisa. Ano que vem quero estar aqui disputando título, disputando a Libertadores. Vamos manter o Vasco na Primeira Divisão e depois temos de fazer um planejamento para levar o Vasco a esse patamar.

 

Fonte: extra.com

Polícia Civil do Rio de Janeiro encontra corpo de jovem desaparecida

A Polícia Civil do Rio de Janeiro encontrou nesta quinta-feira (4) o corpo da jovem Jeniffer Capella do Amaral, de 18 anos, que estava desaparecida desde o dia 21 de janeiro. Em depoimento, o ex-namorado confessou ter assassinado Jeniffer.

O corpo da jovem vítima de feminicídio foi achado em um terreno ao lado da casa dele, em Magé, na Baixada Fluminense.

O suspeito está preso na Delegacia de Homicídios da Baixada (DHBF).

Jeniffer foi vista pela última vez, segundo a família, entrando em um carro de aplicativo, no bairro Fragoso, em Magé. Ela iria para casa de uma amiga, onde passaria a noite, mas não chegou ao destino.

Jeniffer foi vista pela última vez, segundo a família, entrando em um carro de aplicativo, em Magé, na Baixada Fluminense — Foto: Reprodução redes sociais

Fonte: g1.com