Rio interdita 14 estabelecimentos por irregularidades no carnaval

Agentes de diversos órgãos da prefeitura do Rio de Janeiro aplicaram multas e interditaram estabelecimentos em diferentes partes da cidade durante operação de combate a aglomerações irregulares no período de carnaval. Desde a última sexta-feira (12), o total de interdições chega a 14, em um universo de 43 inspeções sanitárias, das quais 25 resultaram em autos de infração.

Segundo balanço divulgado no início da tarde de hoje (14) pela Secretaria Municipal de Ordem Pública, quatro estabelecimentos foram interditados entre a noite deste sábado (13) e a madrugada de domingo. A fiscalização também determinou o fechamento de um bar e de um veículo de food truck na Ilha do Governador entre a manhã e a tarde de sábado.

Bares e restaurantes estão autorizados a abrir na cidade do Rio de Janeiro, mas precisam seguir as recomendações para o nível de risco alto de transmissão de covid-19, segundo classificação do último boletim epidemiológico. Entre as obrigações estão não vender bebidas a clientes sentados e manter os conjuntos de mesas e cadeiras a 1,5 metro de distância uns dos outros. Também não é permitida a apresentação de música ao vivo. Já as boates só podem funcionar com 1/4 da capacidade de público, sem pista de dança nem música ao vivo.

Na noite de sábado e madrugada de domingo, fiscais conferiram denúncias de eventos na Barra da Tijuca, no Recreio dos Bandeirantes, em Ipanema, na Gávea e na Lagoa. Também houve fiscalização no Leblon e na Tijuca.

O resultado foi a aplicação de sete multas e a interdição de quatro estabelecimentos, além da apreensão de equipamentos de som em três casos. Em um bar no Joquei Club, os fiscais flagraram um baile de carnaval com centenas de pessoas, que foram dispersadas após a interdição da casa e a apreensão dos equipamentos de som. Já no Recreio, os fiscais coibiram aglomerações na Praça Seis, onde dois estabelecimentos e um food truck foram interditados.

No Leblon, agentes da Guarda Municipal precisaram fazer a desobstrução da Rua Dias Ferreira, que vem repetidamente registrando aglomerações durante a pandemia. Caixas de som foram apreendidas, bares receberam autuações de infrações sanitárias e até uma banca de jornal que vendia bebidas alcóolicas teve o material apreendido.

A operação de prevenção a aglomerações no carnaval seguirá até o dia 22 de fevereiro. Escolas de samba e blocos de carnaval oficiais se comprometeram a não promover aglomerações este ano. Os blocos que desrespeitarem as medidas de prevenção serão descredenciados do carnaval de 2022.

 

Fonte: agenciabrasil.ebc.com.br

Rio registra altas temperaturas e previsão indica que podem aumentar

Os moradores e visitantes do Rio têm passado dias de intenso calor e de acordo com a previsão a situação tende a se agravar. A explicação, segundo a meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Marlene Leal, é uma massa de ar quente e seco que está há vários dias em toda a Região Sudeste. A temperatura, que vinha variando em torno de 33ºC e 35ºC, aumentou. “Inclusive acima da média, que é de 34ºC”, disse a meteorologista à Agência Brasil.

De acordo com Marlene, ontem houve registro de 39 graus e esse patamar vai continuar. “Ontem tivemos 39ºC na região metropolitana do Rio de Janeiro, e hoje também esperamos algo em torno disso, o que deve permanecer nos próximos dias”, contou, acrescentando que até segunda-feira (1º) a temperatura pode ultrapassar 40 graus. “A temperatura só deve cair um pouco na terça-feira, quando deverá chegar a 35 graus”.  Segundo ela, as frentes frias estão chegando só na região sul do país e a umidade vinda da região amazônica não deve atingir a região.

Conforme a meteorologista, quase todo o estado do Rio teve precipitação abaixo do normal em janeiro. “Todas as regiões do Rio de Janeiro estão com índice pluviométrico abaixo do esperado, inclusive na cidade do Rio, onde a gente espera de 200 a 300 mm e estamos com acumulado de apenas 140 mm. Deve fechar o mês bem abaixo”, revelou.

A máxima de hoje na cidade do Rio de Janeiro ficou em 39,3 graus na Vila Militar, na zona oeste. A mínima de 23,5 graus foi registrada no Alto Boa Vista, zona norte do município. A umidade relativa do ar ficou em 27%.

 

Fonte: agenciabrasil.ebc.com.br

Estado do Rio registrou 232 casos de maus-tratos a animais em 2020

Em 2020, foram registrados 232 casos de maus-tratos a animais silvestres ou domésticos em todo o estado do Rio de Janeiro. As ocorrências são divididas em três titulações penais: crueldade contra animais; maus-tratos contra animais silvestres; e maus-tratos contra animais silvestres se ocorre morte do animal. De acordo com levantamento feito pelo Instituto de Segurança Pública (ISP), 47,4% dos crimes aconteceram no interior fluminense. Em segundo lugar, aparece a capital (28,4%), seguida pela Baixada Fluminense, com 14,7% dos casos.

Ao analisarmos as cidades individualmente, Niterói (4,3%) vem logo depois do município do Rio no ranking dos que registram mais crimes. Campos dos Goytacazes (3%), no Norte Fluminense, vem logo em seguida. Quase 45% das ocorrências tiveram uma residência como local de fato. A via pública foi o segundo lugar que mais apareceu no levantamento, com 22,4% dos casos.

O número de registros de ocorrências de maus-tratos a animais em 2020, porém, foi quase 10% menor que o de 2019 (257). A diretora-presidente do ISP, Marcela Ortiz, acredita que a queda no número de crimes pode ser o reflexo da conscientização da população de que os maus-tratos a animais têm consequências criminais, além da ação dos órgãos de fiscalização.

– Assim como muitos crimes que acontecem no interior de uma residência, é muito importante que vizinhos, parentes e pessoas próximas não se omitam e denunciem caso percebam que há sofrimento do animal doméstico. O mesmo vale para os animais silvestres, que não podem ser criados em casa. Aliás, dependendo do animal silvestre, ele pode colocar a vida de alguém em risco – afirmou.

O Comando de Polícia Ambiental (CPAm) da Secretaria de Polícia Militar atua para coibir o comércio de animais nativos e silvestres, principalmente o realizado em feiras urbanas tradicionais. Os policiais também atuam impedindo a manutenção desses animais em cativeiros irregulares em todo o estado. A Secretaria de Polícia Civil conta com a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, que funciona na Cidade da Polícia, na Avenida Dom Hélder Câmara 2.066.

Para denunciar, ligue para o serviço 190, para o telefone do CPAm (21 2334-7634) ou pela Linha Verde do Disque Denúncia (0300 253 1177). O anonimato é garantido.

 

Fonte: rj.gov.br

Nova fase de vacina contra covid-19 começa na Cidade do Rio

A cidade do Rio inicia na manhã desta quarta-feira (27) uma nova fase da vacinação. Desta vez, os imunizados serão os profissionais de saúde da ativa com 60 anos ou mais, além de profissionais de funerárias que lidam diretamente com cadáveres contaminados. A expectativa é vacinar 66 mil idosos. A dose distribuída, desta vez, é da vacina de Oxford/AstraZeneca.

A etapa vacinação começou na Clínica da Família Estácio de Sá, no Rio Comprido, mas outras 235 clínicas e centros de saúde estão vacinando. Ao profissional, basta ir até uma unidade municipal com um comprovante que trabalha na área e a caderneta de vacinação, se tiver.

“A partir de hoje, vacinamos profissionais de saúde com mais de 60 anos. Nossa recomendação é que deixem pra vir a partir de quinta-feira. Temos vacina para todo esse grupo. Pedimos que procurem o período da tarde e tragam sua caderneta de vacina”, disse o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz.

Fonte: odia.ig.com.br

Muito sol e calor no Rio com temperaturas podendo chegar a 39ºC

A previsão do tempo para o Rio nesta terça-feira (19) é de mais sol e calor. De acordo com o sistema Alerta Rio, da prefeitura, os termômetros podem chegar a 39ºC, à tarde.

O céu pode até ficar nublado em algumas ocasiões, mas não há previsão de chuva. Um sistema de alta pressão permanece sobre a região, mantendo a temperatura estável.

Até sábado (23), esse sistema de alta pressão vai continuar influenciando as condições de tempo na cidade. Com isso, o feriado de São Sebastião (20) também será de sol e calor, com ventos de fracos a moderados, sem previsão de chuva.

Desta terça-feira até sábado, a temperatura permanece estável, porém, elevada. Com mínima variando entre 19ºC e 22ºC, e a máxima entre 34ºC e 39ºC.

O mar está tranquilo, com ondas de no máximo um metro de altura, e temperatura em torno dos 24ºC.

Fonte: g1.globo.com