Detran RJ adere ao Sistema de Notificação Eletrônica

O Detran.RJ aderiu ao Sistema de Notificação Eletrônica  (SNE), da Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran), na última sexta-feira, dia 7/1. Com a novidade, o cidadão do Estado do Rio de Janeiro já pode receber infrações dos seus veículos por meio do aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT) e obter descontos de até 40% no pagamento de multas emitidas pelo Detran.RJ. Os usuários também podem receber as notificações de autuação e/ou penalidade dos órgãos autuadores que adotaram a ferramenta de forma imediata.

Para aderir ao sistema, o cidadão fluminense deverá ter uma conta no Gov.br e, em seguida, baixar o aplicativo – Carteira Digital de Trânsito (CDT) – no seu celular –  ou fazer o cadastro no site da Senatran.

Com a adesão, o cidadão deixará de receber as multas do Detran.RJ pelo meio físico e receberá todas as notificações de forma eletrônica.

Ao receber as multas, o cidadão poderá visualizar todos os detalhes de cada infração no próprio aplicativo. Caso o usuário reconheça o cometimento da infração e abra mão de recorrer, poderá emitir o boleto de pagamento com desconto de 40%. Caso não opte e queira recorrer, os procedimentos continuam tramitando e o desconto será de 20%. Vale ressaltar que os descontos só poderão ser solicitados e pagos dentro do vencimento.

Mesmo aderindo ao SNE é preciso solicitar o desconto toda vez que houver nova notificação de penalidade para seus veículos, além de consentir em não apresentar recursos. Após a solicitação, haverá análise do órgão autuador que decidirá em concedê-lo ou não. Fatores como prazo, adesão ativa e recursos serão verificados.

“O SNE é uma importante ferramenta tecnológica que favorece o cidadão fluminense. Além dos descontos, as pessoas passam a ter acesso a todas as informações, a qualquer momento, em seu telefone”, diz Adolfo Konder, presidente do Detran.RJ.

“O aplicativo dá mais agilidade tanto para o Detran quanto para o cidadão, além da economia com a emissão postal. Outros serviços de infrações também estão disponíveis no aplicativo Carteira Digital de Trânsito”, complementa Hugo Leonan , coordenador de Julgamentos de Condutores do Detran.RJ.

O acesso de Pessoa Jurídica ao SNE é feito através do uso de Certificado Digital ou por meio de um cadastro de colaborador. Mesmo que haja várias empresas, o acesso sempre estará vinculado ao CNPJ e ao e-mail cadastrado para obtenção do Certificado.

O Detran do Estado do Rio de Janeiro foi o primeiro a aderir ao Sistema de Notificação Eletrônica, desenvolvido pelo Serpro (Serviço de Processamento de Dados do Governo Federal), em 2018, quando a adesão era facultativa. Por conta da pandemia, o serviço foi suspenso e voltou a ser oferecido agora, após adequações sistêmicas para atender à Lei 14.071/2020. Para o cidadão que já tinha aderido ao SNE antes de 18/09/2020 e não cancelou a adesão, o serviço continuará disponível via Carteira Digital de Trânsito – CDT.

 

 

Crédito: Detran RJ

Detran.RJ leva perícia médica itinerante a cidades do interior

Em outubro, o Detran.RJ vai oferecer as perícias itinerantes nos municípios de Macaé e Bom Jardim. O serviço nas cidades do interior facilita muito a vida do cidadão fluminense, evitando que as pessoas com deficiência física e candidatos reprovados nos exames de aptidão física e mental tenham de se deslocar a outros municípios para fazer a perícia – este é um exame necessário para a obtenção da carteira de habilitação.

No dia 19 de outubro, o atendimento será em Macaé, e no dia 26 de outubro, em Bom Jardim. Para realizar o atendimento, será necessário agendamento prévio nas unidades de habilitação de cada município. Em breve, novos locais serão divulgados.

“Além de reforçar nosso serviço na capital, estamos aumentando nossos atendimentos no interior. Esta é mais uma praticidade para que o cidadão evite se deslocar aos municípios vizinhos e tenha um atendimento de qualidade na sua região”, explica o presidente do Detran.RJ, Adolfo Konder.

Confira o calendário:
19/10 – Macaé;
26/10 – Bom Jardim.

 

Detran faz mutirão e oferece mais de 7 mil vagas neste sábado

O Detran-RJ promove, neste sábado (12), mais um mutirão de serviços. Ao todo, serão oferecidas mais de 7 mil vagas para serviços de habilitação e identificação civil, em 144 unidades distribuídas em todas as regiões do Estado do Rio.

De acordo com o departamento, para evitar aglomerações, o atendimento será realizado mediante agendamento prévio. O usuário deve marcar os serviços pelo site do Detran ou pelo teleatendimento, no número (21) 3460-4040, das 6h às 21h. As vagas estão disponibilizadas desde o início da tarde desta quarta-feira (09).

Para quem precisa emitir a primeira habilitação, renovar a CNH, mudar ou adicionar categoria, alterar dados ou trocar a permissão para dirigir (PPD) para a carteira definitiva, o atendimento será disponibilizado das 10h às 16h.

 

Fonte: odia.ig.com.br

Prefeitura anuncia calendário de vacinação até o fim de março

O prefeito Eduardo Paes divulgou nesta terça-feira 02 de Março, em suas redes sociais, o calendário de vacinação até o fim de março no Rio. Esta nova etapa prevê que, na quinta-feira 04 de Março, começam a ser vacinadas as pessoas com 78 anos. De acordo com o cronograma, no último dia do mês será a vez de quem tem 67 anos.

– Hoje recebemos um cronograma de entregas da vacina. Sendo cumprido, abaixo segue o novo cronograma de vacinação da prefeitura do Rio. Até amanhã estaremos vacinando pessoas com 79 anos, e na quinta, sexta e sábado pessoas com 78 anos. Semana que vem prosseguimos como na imagem (abaixo) – escreveu.

 

Cemitério de ambulâncias na Baixada Fluminense RJ

Em plena pandemia do coronavírus, uma parte importante da saúde de Seropédica, na Baixada Fluminense, está sucateada. Ao menos 16 ambulâncias estão abandonadas numa garagem sob responsabilidade da Secretaria municipal de Serviços Públicos. Do total, quatro veículos são do projeto Mãe Coruja, que foram entregues ao município em 2015 pelo governo do estado. O novo prefeito da cidade, Lucas Dutra dos Santos, o Professor Lucas (PSC), acusa a antiga administração, sob o comando do ex-prefeito Anabal de Souza, de ter abandonado as ambulâncias no local.

— Quando cheguei, nem cadeira tinha para eu sentar. Isso aconteceu na nossa frota também, mas o caso das ambulâncias chamou mais atenção porque a Saúde não para — afirma o prefeito.

Na garagem da secretaria não estão apenas ambulâncias sem motores, pneus e equipamentos como macas. A frota de sucatas reúne ônibus, caminhões e veículos para o serviço administrativo, alguns fabricados a partir de 2013. É o caso de um Tiguan, modelo 2015, cujo motor sumiu.

Diante do problema, a prefeitura resolveu improvisar na frota da Saúde, comprando veículos menores, os chamados “Kinder ovo”. São 12 miniambulâncias, das quais, segundo o prefeito, várias já estão precisando de reparos.

A Secretaria municipal de Saúde diz que estão em operação três ambulâncias do Samu: uma na UPA 24h, uma na unidade pré-hospitalar e outra na Clínica da Família. O transporte de pacientes que se tratam fora da cidade é feito numa van e em três veículos menores.

Procurado pelo EXTRA desde quinta-feira da semana passada, o ex-prefeito Anabal de Souza não foi encontrado para comentar as acusações de Professor Lucas. O novo prefeito afirma ainda que há casos de veículos oficiais que foram abandonados em locais de difícil acesso, além de denúncias de roubos de peças e motores.

Prefeitura vai analisar o que pode ser salvo

Do sucateamento encontrado na garagem, segundo o prefeito Professor Lucas, não escapam nem as ambulâncias adquiridas pela prefeitura no governo passado. De acordo com a nova administração, alguns dos veículos novos estão quebrados por falta de cuidados.

A funcionária pública Eliza Francisco da Silva, de 46 anos, já precisou do serviço de ambulâncias e não conseguiu ser atendida. Após ser diagnosticada com câncer, há dois anos, ela tinha que fazer tratamento em Nova Iguaçu, mas, pela falta da ambulância, precisou arcar com todos os custos.

— Liguei várias vezes e nunca tinha vaga, nunca podiam me levar. Tive que tomar partido e pagar a passagem do próprio bolso para conseguir me consultar — conta Eliza.

Professor Lucas afirmou ter acionado a Procuradoria Geral do Município para tomar as providências jurídicas. Disse ainda que vai analisar quais veículos podem ser recuperados para a frota da cidade.

 

Fonte: extra.com