BR-101 terá faixa reversível até o domingo na saída para a Região dos Lagos

às

Os motoristas que optaram por viajar na manhã de ontem, encontraram o trânsito com algumas retenções na BR-101, no sentido Espírito Santo. Durante o início do dia, foram registrados pontos de congestionamento entre os kms 293 e 312, em direção à Região dos Lagos, principal rota feita pelos motoristas durante o período de Carnaval.

 

Segundo a Arteris Fluminense, concessionária que administra a via, são esperados cerca de 204 mil veículos entre sexta-feira (1) e sábado (2), no sentido Espírito Santo. Para o período de maior movimento do ano na rodovia, a concessionária vai disponibilizar recursos operacionais extras para atender o aumento da demanda. Cerca de 110 profissionais se revezarão no atendimento médico, mecânico e no Centro de Controle Operacional, unidade responsável pelo monitoramento da rodovia e acionamento dos recursos.

Além de implantar uma faixa reversível de 8km a partir do pedágio de São Gonçalo, até o próximo domingo (3), para facilitar o deslocamento dos usuários em direção à Região dos Lagos e Norte Fluminense durante período diurno, a Arteris Fluminense vai trabalhar com equipes extras em ambos os sentidos da Avenida do Contorno, em Niterói, por conta da restrição de tráfego sobre o viaduto do km 320,9 sul, que passa por obras de recuperação depois que sua estrutura foi afetada por um incêndio causado por terceiros.

As condições de trânsito e clima na rodovia serão atualizadas 24 horas pelo perfil do Twitter (@Arteris_AFL) e pelo telefone gratuito 0800 282 0101.

Fonte: Jornal O São Gonçalo

Foto: Kiko Charret

Veja também

O governo federal apresentou nesta quarta-feira (24) o programa Voa Brasil, que deverá proporcionar passagens aéreas de até R$ 200
às
Segundo o Centro de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), seis municípios no estado do Rio
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias