CEAM inicia campanha contra importunação sexual no Carnaval

Com o tema “Não é Não”, a iniciativa tem o objetivo de prevenir e conscientizar a população sobre o tema.
às
Screenshot_3
Foto: SECOM/RIO BONITO

O Centro Especializado de Atendimento à Mulher (CEAM) inicia campanha contra importunação sexual no Carnaval, em parceria com Guarda Civil Municipal e Patrulha Maria da Penha realizaram uma ação na Praça Fonseca Portela nesta quarta-feira (7), com a distribuição de panfletos com informações e esclarecimentos contra a importunação sexual no Carnaval.

CEAM inicia campanha contra importunação sexual no Carnaval
CEAM inicia campanha contra importunação sexual no Carnaval – Foto: SECOM/RIO BONITO

Com o tema “Não é Não”, a iniciativa tem o objetivo de prevenir e conscientizar a população sobre o tema. A informação é uma das principais ferramentas de enfrentamento à violência, ao assédio e ao machismo.

Nessa época, quando as pessoas estão curtindo as festas, os relatos de importunação são muitos. As maiores vítimas são as mulheres. A importunação sexual é crime, com pena prevista de 1 a 5 anos. Segundo os organizadores, o Carnaval é época de se divertir, de dançar, brincar e curtir a festa que é tão esperada pela maioria dos brasileiros. No entanto, a folia pode não acabar bem para as mulheres, que ficam mais expostas ao assédio e ao desrespeito, seja em desfiles, eventos ou blocos de rua.

Leia também – Bloco Só-Lá reúne cerca de cinco mil foliões na abertura do Carnaval de Rio Bonito siga nossas Redes Sociais.

Essa iniciativa é um ato de empoderar a mulher e apoiá-la para que ela conheça os seus direitos e tenha coragem para denunciar e combater esses abusos.

“A frase ‘não é não’ é uma mensagem clara de que o assédio sexual não é aceitável e que as pessoas têm o direito de dizer não a qualquer comportamento sexual inapropriado. Isso significa que, se uma pessoa diz não a um comportamento sexual, não há lugar para insistência ou argumentação. A vontade da pessoa deve ser respeitada sempre”, garante a Coordenadora do CEAM de Rio Bonito, Alessandra Medeiros, que também participou do evento.

Veja também

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Saúde, abriu nesta segunda-feira (04/03) o segundo polo de atendimentos à dengue
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias