Maricá Games encerra segunda edição com casa cheia

às
games

A final do campeonato de e-sport universitário de Valorant, no formato melhor-de-cinco (MD5), foi uma das programações que fizeram sucesso no último dia da segunda edição do Maricá Games, neste domingo (25/06).

O grupo Minerva, da Universidade Federal Fluminense ( UFRJ), foi consagrado como campeão, após acirradas partidas contra o Clérigos, da Pontifícia Universidade Católica (PUC – Rio), que levou o segundo lugar. A arquibancada cheia vibrou a cada disputa.

“É um momento mágico e significou muito para a gente vencer com essa line porque nós somos amigos. A energia do público sempre foi muito boa, nunca teve pressão, nem no mapa que a gente tava perdendo hoje, que a gente virou.  O evento foi excelente, com computadores muito bons, o que faz a qualidade dos jogos ser muito alta, então acaba todo mundo jogando muito bem”, destacou o atleta do Minerva Pedro Viana.

Além da premiação, a curadoria também realizou homenagens para integrantes  da equipe atuante na Arena E-sports, que se mostraram verdadeiras pratas da casa, provando que Maricá tem muitos talentos no e-sport. O troféu para a ocasião foi elaborado pela equipe durante a programação do Maricá Games, do rascunho à impressão 3d.

“É gratificante demais você passar pelo evento e ver as famílias se divertindo, o brilho nos olhos das crianças quando sentam num setup gamer e  talvez não seja a realidade delas.  A prefeitura de Maricá, a Codemar e a Secretaria de Educação estão realizando sonhos de uma geração. Eu estou muito feliz porque todos os indicadores que nós temos com relação a público quebraram todos os recordes. Eu confesso que eu acho que Maricá tem tudo pra ser uma capital do esporte eletrônico nesse estado do Brasil”, apontou o curador do evento, Vinícius Verly.

Maricá incentivadora do esporte eletrônico

O assessor técnico da Superintendência de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação da Codemar, Raphael Coutinho, comemorou o sucesso da segunda edição da feira gamer gratuita e destacou que o incentivo aos games vai além.

“Maricá dá mais um passo com a segunda edição do Maricá Games, mostrando que o município está olhando para o público gamer e incentivando seus munícipes às profissões do futuro. Estamos buscando o fomento nesse tipo de atividade, além de projetos gamificados com foco na educação das nossas crianças da rede pública”, apontou Coutinho.

Para o prata da casa, ex-atleta, streamer e representante do Conselho Estadual de E-sports em Maricá, Guilherme Duarte, o Maricá Games tem uma uma influência
positiva dentro do município de Maricá por se tratar de um evento 100% gratuito.

“Quando a gente fala de esportes eletrônicos, a gente fala também de
inclusão e de qualidade de vida. É um local que você consegue acessar um público de crianças e jovens que não têm acesso financeiro para estar jogando em computadores
games e proporcionando para toda família uma programação completa para se divertir”, comentou.

Segundo o vice-presidente do Conselho de Municípios Games da Associação Empresarial do Segmento de Tecnologia  Inovação e Empreendedorismo do Rio de Janeiro (Assespro-RJ), Carlos Gama, além de Maricá, mais 17 municípios do Estado buscam realizar eventos com foco na tecnologia e nos games.

“A gente precisa buscar a recolocação de emprego para esses talentos do Rio de Janeiro. Muitos desses jovens vão para outros Estados como São Paulo ou região Sul para trabalhar. Os eventos com esporte eletrônico também podem atrair turistas para cidades como Maricá com tanta beleza”, afirmou.

Para todas as idades

Foram mais de quatro mil visitantes no último dia de evento aproveitando cada atividade das arenas Geek, FUT, E-Sports, Fighter, Family e o palco Just, com equipamentos de última geração, e disputas interativas e dinâmicas. O domingão ainda contou com os musicais Mundo Bita e Deu a louca nos games, para a alegria da criançada e também o concurso k-pop cover.

Com a participação de nove grupos, os covers agitaram o público do salão principal da feira, mostrando habilidade na dança e muita preparação. O grupo Redly conquistou o primeiro lugar com muito brilho e carisma. Consagraram-se em segundo e terceiro o Shadowboys e Icy, respectivamente.

O Maricá Games, maior evento gamer gratuito do Rio de Janeiro, é uma iniciativa da Prefeitura de Maricá e da Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar), em parceria com a Secretaria de Educação.

Veja também

Light afirma que teve que fazer uma parada emergencial por causa de um defeito na rede subterrânea.
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias