Moradores de Rio Bonito, Tanguá, Itaboraí e outros municípios relatam transtornos após temporal

às

Um forte temporal atingiu boa parte da Região Metropolitana e do Leste do Estado do Rio no fim da tarde e na noite desta segunda-feira (25). Além da chuva e da grande quantidade de raios e trovões, também foram registradas quedas de luz, no sinal de telefone, de galhos e de árvores em municípios como Rio Bonito, Tanguá, Silva Jardim, Itaboraí, Maricá e Saquarema. Foram registrados ventos de até 80km/h, e de acordo com o portal Climatempo, a previsão é de mais chuva, instabilidade e rajadas de vento para esta semana.

Maricá foi uma das cidades mais afetadas pela chuva; em uma hora de temporal, a precipitação registrada foi de 77mm, taxa semelhante a da última forte enchente sofrida pelo município há quase três anos, entretanto, apenas bolsões d’água se formaram nas ruas da cidade. 250 quedas de árvores foram registradas; uma delas chegou a cair sobre um carro durante a noite. Ninguém ficou ferido. Nesta terça-feira (26), 80% das escolas de Maricá não abriram as portas, segundo a Prefeitura Municipal. As localidades mais atingidas foram as do Centro, São José do Imbassaí, Itapeba, Retiro, Marquês, Manoel Ribeiro e de Ponta Negra. Duas famílias, dos bairros do Retiro e Ubatiba, ficaram desabrigadas, e foram acolhidas por órgãos da Prefeitura.

Equipes da Prefeitura de Maricá trabalham durante esta terça-feira (26) para realizar reparos após a chuva de ontem (Foto: Divulgação)

Em Saquarema, a Defesa Civil registrou cerca de 20 quedas de árvores na cidade, e atuou durante a noite em conjunto com a Secretaria de Transportes e Serviços Públicos e a Secretaria de Segurança e Ordem Pública para a desobstrução das ruas, além do trabalho de limpeza dos rios e córregos. Segundo moradores, localidades próximas ao primeiro distrito da cidade, em bairros como Itaúna, Areal e Vilatur ficaram por mais de cinco horas sem energia elétrica. A incidência de raios também foi grande. “Foi uma chuva forte por quase 1 hora, com muitos raios. Alguns deles chegaram a tremer a casa. Fiquei sabendo que algumas árvores caíram, mas sem certeza da localidade”, relatou o estudante Ricardo Monteiro. No Porto da Roça, uma moradora denuncia que a energia elétrica levou mais de 12 horas para voltar.

Já em Rio Bonito, localidades mais distantes sofreram mais com transtornos devido ao temporal, mas o Centro da cidade não ficou isento; na região central do município, na Praça Cruzeiro e na Serra do Sambê, por exemplo, a energia elétrica ficou interrompida por cerca de três a cinco horas, além do sinal de telefone também ter sido afetado. “Atrás da rodoviária, a rua inteira ficou sem luz! Acabou a luz pelas 18h e voltou só lá pelas 23h. O sinal nesse tempo não estava disponível”, denuncia José Castilhos, pelas redes sociais.

“Eu estava no Centro quando começou a chuva, ficamos sem luz e sem sinal, e presos, porque não tinha como contatar alguém para nos buscar. Quando cheguei em casa também estava sem luz, e depois começou a ir e voltar, o que se prolongou até hoje de manhã”, relatou a estudante Luma Amaral, moradora do Boqueirão.

Equipes da Defesa Civil e da Prefeitura de Saquarema removem árvores e galhos que caíram devido a chuva (Foto: Divulgação)

Moradores do bairro de Cidade Nova vivenciaram situação parecida, assim como os de Viçosa. Já em Boa Esperança, o tempo sem energia elétrica e sem sinal se estendeu, permanecendo até a tarde desta terça-feira, por volta das 15h.  “Onde moro também ficou sem luz, mas por volta das 23h30 já havia voltado. Sem sinal de TV, celular e sem internet, tenso… Moro na Viçosa, Três Coqueiros, e parece que hoje acontecerá o mesmo, pois o tempo já esta fechando”, afirmou Ana Beatriz Figueira.

Várias localidades de Itaboraí também registraram transtornos. Nas redes sociais, imagens circularam de um ônibus que teria ficado ilhado, próximo ao Detran de Venda das Pedras, região que sofreu com o temporal; vídeos e fotos publicados por moradores mostram ruas alagadas e até uma casa que acabou invadida pela água. “Ontem aqui em Venda das Pedras. Perdemos tudo dentro de casa”, lamentou o morador, que preferiu não se identificar. Ainda de acordo com moradores, algumas escolas municipais não tiveram aula hoje (26) devido a chuva. O portal “Itaboraí em Foco” publicou imagens recebidas que mostram goteiras e poças d’água dentro do Hospital Municipal Leal Júnior, inclusive, na sala de trauma.

No Parque Aurora, árvores caíram e, até o momento, a energia elétrica não foi restabelecida, assim como no bairro de Porto de Caxias, onde moradores reclamam não conseguir entrar em contato com a fornecedora de energia, Enel. Um poste também tombou em Itambi, região onde também foram registradas quedas de árvore e alagamentos.

https://www.facebook.com/ItaboraiEmFoco/posts/2122562161159649?__xts__%5B0%5D=68.ARBBQvCzRu5KHueB7gWj8n-MmyEsB0N2vJrn-jcR8ftTMj6q2cDuU1lYxDrcjcasP747X4JrsaXyuKS-_zmXtXN7G_vCnrfs8WGbj4aCASP-C4n4NMPGis-ZmIzB735Eu1b_8SL0CEIOcnluCcGp5C8RK71OdfW2gnHTxISr5tv9OYDSW1p6p3Q49x6EdTsmEBK638p-rRaE1lio7saewMIYfgLpjaqrxMJcMN6jVfv6UPdEjLUUn37WRqFKbCb3hKQp2NVDsFRJZQTJc-esyXbJEMLwbsVFPXr0T7tUKOrThMH8f5B9dbY4Z5nfbH0PmdO95Hqu_A3bd5NqXhvmRfwv2_S6UUuz4PpokIaS5BYa2NP5Jsu1vkfuA5nhZIU2-shaIZJ_BxZNfliSymcWXnxX2uIm71DmfbJBf6ni-yR7UgnjFi2ORm1suhO6Gki5dXr25lRt5xZ8qos_FLq1Dt2fI-M7CREQ27j7wH5LPDLnFkQE2q-WV9Jgd5_M06dq7w&__tn__=-R

Em Tanguá e Silva Jardim, a situação não foi diferente. No Centro e nos bairros de Vila Côrtes e Duques, moradores ficaram várias horas sem luz, além das rajadas de vento. “Faltou luz às 18h. Ligamos pra Enel varias e várias vezes, o dia amanheceu e nada. Às 11h30 voltou a luz, isso porque meu pai é eletricista e subiu no poste e o pessoal da rua ajudou, porque se dependesse da Enel até agora, estaria sem luz”, denunciou Adarianna Oliveira. O bairro de Boqueirão, em Silva Jardim, também registrou falta de energia elétrica e de sinal de telefone.

Instabilidade continua

De acordo com o portal Climatempo, o temporal e a queda na temperatura são causados pela aproximação de uma frente fria no continente, em conjunto com a formação de um sistema de baixa pressão no oceano. Com isso, o tempo fica instável ao longo dessa semana e pode chover forte a qualquer hora do dia. Rajadas de vento de até 70km/h também são esperadas.

https://www.facebook.com/ItaboraiEmFoco/videos/846178065774557/?__xts__%5B0%5D=68.ARCtKeBvfCYze5sY1i6OfT8i2AUYUmXLrm1Ia3Zww30gE2EWIx5twRq4bpAVs2albS3Qwrgvu2Helin_JidXGauChpj3IA-aenX-DpawtCmuWuWtn4G2H7ufkld47FiBqY4kJv6F2VkPeAHzcX3VXvOgWhsm8aWB3OE79NWAGzOmaBjlmp78vp1X9nA1tXVep3rcWgQiNWIWyn8jE_usVs4D8klIKxKfKt0e3WzlBretkUXKF1mPdCy2n66f2fWvYeYud7ZIl9MLR8P83RKyziG2ghUfOTEx85gN-lrMoBIpJfUG_zQL0GM5tbyfp48llrSXwtJBc8jrNj39u-Gdxf7tdhVEvoPaeIOnew&__tn__=-R

Veja também

Crime ocorreu enquanto a vítima viajava junto com o marido dela pelo continente asiático, segundo a embaixada do Brasil em Nova Déli.
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias