Prefeitura de Cabo Frio tem 72h para apresentar documentos na CPI do Hospital da Mulher

às

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Hospital da Mulher de Cabo Frio deu 72 horas à Prefeitura para que sejam apresentados uma série de documentos solicitados pelo presidente da CPI, vereador Ricardo Martins (SD), e que vão ficar à disposição dos vereadores.

Os documentos são os seguintes:

1. Cópia do livro de entrada – com relação nominal das entradas dos pacientes – do Hospital da Mulher referente aos meses de novembro/2018, dezembro/2018 e janeiro/2019;

2.  Cópia do livro de saída – com a relação nominal das saídas dos pacientes – do Hospital da Mulher referente aos meses de novembro/2018, dezembro/2018 e janeiro/2019;

3. Cópia do livro de óbitos do Hospital da Mulher referente aos meses de novembro/2018, dezembro/2018 e janeiro/2019;

4. Cópia da documentação referente aos medicamentos – guia de entrada e guia de saída -, insumos ou similares recebidos pelo Hospital no período referente aos meses de novembro/2018, dezembro/2018 e janeiro/2019;

5. Cópia da relação de funcionários do Hospital da Mulher – período de novembro de 2018 até janeiro 2019.

6. Cópia do registro de frequência dos funcionários do Hospital da Mulher, nos períodos de novembro/2018, dezembro/2018 e janeiro/2019.

7. Cópia do controle de movimentação das ambulâncias que estão à serviço do Hospital da Mulher, nos períodos de novembro/2018, dezembro/2018 e janeiro/2019.

A CPI 

A  CPI do Hospital da Mulher foi aprovada pela Câmara no último dia 7 para investigar as denúncias de irregularidades no Hospital da Mulher do município. A instalação da investigação se deu após leitura do requerimento que teve assinaturas de todos os vereadores em plenário. A conclusão das investigações vai gerar um relatório sobre a situação do Hospital e as denúncias de irregularidades.

Sob a presidência de Ricardo Martins e relatoria do vereador Vinícius Corrêa (PP), a comissão terá como foco investigar as denúncias de mortes de nascituros que ocorreram naquela unidade de saúde, no início do ano, e várias denúncias de negligência que foram registradas na delegacia de Cabo Frio, Câmara e no Conselho Municipal de Saúde, resultando, inclusive, em uma audiência pública.

Os integrantes da comissão terão 90 dias, com possibilidade de prorrogação por mais 90 dias, para concluir as investigações.

Fonte: RC 24h

Veja também

Rio Bonito sedia a emocionante Taça Brasil de Ciclismo, que acontece entre os dias 14 e 16 de junho de 2024
às
A Prefeitura de Maricá segue com inscrições abertas para o Programa Corujinhas, que recebe alunos de 1 a 10 anos
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias