Quase 27 mil servidores do Rio correm o risco de não receber salário no mês que vem

às

O governo do estado do Rio de Janeiro alerta que 26.885 funcionários públicos correm o risco de não receber o salário de março. Esses servidores não fizeram o recenseamento obrigatório – um dos deveres do governo no Regime de Recuperação Fiscal. Como muitos servidores nascidos em dezembro e novembro não se recadastraram, o governo prorrogou a data-limite para o dia 7 de março. Do contrário, o salário será cortado.

Desde novembro do ano passado, quando começou o recenseamento obrigatório, os servidores devem fazer o recadastramento em qualquer agência do banco Bradesco, no mês em que fazem aniversário.

Meio milhão na mira

O recenseamento deve ser feito por todos os 455.570 servidores ativos, inativos e pensionistas, incluindo cargos comissionados, contratos temporários, funcionários de empresas, de autarquias e órgãos da administração indireta.

O procedimento é uma medida do Plano de Recuperação Fiscal do Estado do Rio e tem como objetivo promover a melhoria da base de dados da folha de pagamento do funcionalismo.

A atualização cadastral pode ser feita em qualquer agência do Banco Bradesco no país.

Fonte: G1

Veja também

Rio Bonito sedia a emocionante Taça Brasil de Ciclismo, que acontece entre os dias 14 e 16 de junho de 2024
às
A Prefeitura de Maricá segue com inscrições abertas para o Programa Corujinhas, que recebe alunos de 1 a 10 anos
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias