Criminosos fazem falso anúncio de moto na internet e roubam interessados em São Gonçalo

às

A ‘gangue da moto’, que coloca falsos anúncios de venda desse veículos na Internet para atrair vítimas e cometer roubos, voltou a atuar em São Gonçalo. As mais recentes vítimas são três pessoas de uma mesma família, que foram atacadas no bairro do Pacheco, na noite de anteontem, por homens armados.

De acordo com uma das vítimas, depois de falar com o vendedor que anunciou a motocicleta no site de vendas OLX, ela, seu pai, que é pastor, e o irmão foram até o ponto de encontro para pegar a motocicleta e entregar o dinheiro. No local, viram dois homens na moto que estava no anúncio passando e logo em seguida um Peugeot vermelho. Após confirmarem que os compradores estavam com os R$ 3 mil acertados para venda, os criminosos sacaram armas e os renderam, os levando de carro para um terreno baldio.

De joelhos – Lá, os três foram colocadas de joelhos e ameaçados de execução. Depois que uma das vítimas – o pastor responsável por um projeto social criado para recuperar dependentes químicos – se identificou e orou, e os criminosos desistiram da execução e liberaram as pessoas. O dinheiro não foi devolvido e a motocicleta também não foi repassada aos compradores. Policiais da 74ªDP (Alcântara) acreditam que um grupo especializado pode estar agindo e fazendo outras vítimas em São Gonçalo.

DH esclareceu outro caso

A Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo (DGNISG) já havia registrado outro caso semelhante em São Gonçalo em janeiro, quando o pai de um policial militar foi assassinado, após sair da Baixada Fluminense para comprar uma moto. A vítima, Luiz Salomão da Cunha, de 52 anos, e o PM, foram até o bairro do Coelho, no último dia 15 de janeiro, para comprar uma Honda XRE, que tinham negociado através de um anúncio no site.

Ao chegarem ao local marcado, na Rua Justino José Ladeira, eles foram surpreendidos por dois ocupantes de um Sandero cinza, um deles armado e que atirou assim que eles chegaram. Um disparo atingiu a cabeça de Luiz, que morreu ainda no local.

A DH iniciou as investigações e prendeu, na manhã do último dia 31, dois acusados de terem participação no crime: Bernardo Vieira Machado, de 19 anos, e Matheus Magnum Vidal de Albuquerque, de 25. Os dois foram localizados no Bairro Almerinda, que fica próximo ao local do crime.

De acordo com o delegado Leonardo Affonso, responsável pelas investigações, a dupla teve papel importante no crime. Segundo o policial, um deles levou a vítima até o local do crime, enquanto o outro arquitetou todo o plano que seria executado.

Ainda segundo o delegado, o homem responsável por disparar contra a vítima foi identificado como Jefferson Ricardo dos Santos Amorim. Ele foi preso no último dia 22. A prisão foi mantida em sigilo, pois a divulgação poderia atrapalhar a continuidade das investigações. Leonardo informou ainda que novas diligências estão sendo realizadas a fim de identificar novos integrantes da quadrilha.

Fonte: O São Gonçalo

Veja também

O governo federal apresentou nesta quarta-feira (24) o programa Voa Brasil, que deverá proporcionar passagens aéreas de até R$ 200
às
Segundo o Centro de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), seis municípios no estado do Rio
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias