Servidores municipais são capacitados sobre objetivos do Desenvolvimento Sustentável e Pacto Global

Nos últimos dias 25 e 26, servidores municipais da Prefeitura de Itaboraí participaram da capacitação, promovida pelo Sebrae-RJ.
às
it
Foto: Divulgação

Nos últimos dias 25 e 26, servidores municipais da Prefeitura de Itaboraí participaram da capacitação “Metodologia de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e Pacto Global”, promovida pelo Sebrae-RJ. O objetivo foi alinhar os gestores públicos com os desafios da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU), visando ampliar a relevância da sustentabilidade nas políticas públicas.

“Fundamental a parceria estabelecida com o Sebrae para esta capacitação inicial. Reconhecemos a importância desse primeiro passo para conscientizar nossos gestores públicos sobre as metas das ODS, permitindo que nosso município participe ativamente dos objetivos propostos pela Organização das Nações Unidas”, afirmou o subsecretário de Receita Mobiliária, César Alexandre.

Conduzida pelo analista regional do Sebrae – Leste Fluminense, Anthony Costa, e ministrada pela consultora de políticas públicas, Angélica Gusmão, a qualificação ocorreu no salão nobre da prefeitura, no Centro.

“Agradeço a parceria com a Prefeitura de Itaboraí. A capacitação sobre ODS e Pacto Global da ONU reforça nosso compromisso com o desenvolvimento sustentável. Essa colaboração promove benefícios significativos para o município e sua população, fortalecendo oportunidades alinhadas aos objetivos globais”, disse o analista, Anthony Costa.

A Agenda 2030 é um plano de ações desenvolvido pela ONU para erradicar a pobreza e promover o desenvolvimento econômico, social e ambiental em escala global até o ano 2030. O documento enumera 17 objetivos gerais e 169 metas a serem alcançadas pelos países até 2030, configurando uma nova Agenda Universal.

Os objetivos abrangem a erradicação da pobreza; o fim da fome e a promoção da agricultura sustentável; saúde e bem-estar; educação de qualidade; igualdade de gênero; acesso à água potável e saneamento; energia limpa e acessível; trabalho decente e crescimento econômico; indústria, inovação e infraestrutura; redução das desigualdades; cidades e comunidades sustentáveis; consumo e produção responsáveis; ação pelo clima; vida na água; vida terrestre; paz, justiça e instituições eficazes; e parcerias e meios de implementação.

Veja também: Onda de calor no RJ aumenta temperatura até 10 de maio; capital chega a 37 graus nesta semana e nos acompanhe nas redes sociais.

Veja também

Maricá subiu nove posições no ranking que mede a qualidade das informações fiscais e contábeis enviadas ao Tesouro
às
Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, inaugurou uma nova unidade da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), em Rio Bonito
às
A prefeitura de Rio Bonito inaugurou nessa terça-feira (18), os dois Laboratórios de Iniciação Científica “Intramuros”
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias