Lavar o cabelo todos os dias faz mal? Existe uma frequência ‘ideal’?

Periodicidade depende de diversos fatores, como tipo de cabelo, fatores climáticos, hábitos e estilo de vida.
às
lavar cabelo
Lavar o cabelo todos os dias faz mal? — Foto: Imagem de valuavitaly no Freepik

“Lavar o cabelo todos os dias faz mal?”. Se você é adepto da lavagem diária, certamente já ouviu essa pergunta. Para quem não abre mão de usar shampoo e condicionador sete vezes por semana, uma boa notícia: não, não faz mal.

Antes de continuar, precisamos explicar que couro cabeludo e fios de cabelo são duas coisas diferentes. Quando falamos em “lavar os cabelos todos os dias”, estamos falando da lavagem do couro cabeludo, não só de jogar água na cabeça.

Voltando à pergunta do título desta reportagem: não existe certo ou errado ou uma regra sobre a lavagem do cabelo. A periodicidade depende de vários fatores, como o tipo de cabelo, hábitos e estilo de vida da pessoa. Por exemplo: se você faz exercício físico todos os dias e acaba suando muito, é natural que lave os cabelos todos os dias.

Lavagem

“A lavagem do couro cabeludo é necessária de acordo com a oleosidade que você tem nele. É muito importante que você adapte o número de lavagens ao tipo. Se ele é mais oleoso, ela deve ser mais frequente. Se ele é seco, pode ser mais espaçado”, explica a dermatologista Fabiane Brenner, membro da diretoria da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Luciana Passoni, dermatologista especialista em cabelos e em transplante capilar, lembra que não lavar o couro cabeludo pode favorecer o aumento de doenças, como caspa, lesão por fungo, foliculite, alergias e dermatites.

“Pense no nosso rosto. Se a gente não lava, cria sebo e oleosidade. A mesma coisa ocorre com o couro. Se não lavar, obstrui a saída do fio de cabelo e isso pode acarretar problemas, como alopecia, queda de cabelo”, diz a dermatologista.

Mas alguém deveria evitar a lavagem diária? Sim. Segundo as médicas, pessoas com cabelos muito ressecados não precisam lavar o cabelo todos os dias, porque a ação pode até danificar os fios.

Lavar o cabelo todos os dias faz mal? — Foto: Imagem de valuavitaly no Freepik

Shampoo + condicionador

O shampoo nada mais é do que um “detergente” para o nosso couro cabeludo e vai retirar impurezas. Não é necessário passar no comprimento dos fios. O foco deve ser o couro. Conforme a água vai descendo pelos fios, o shampoo também faz a limpeza.

“Durante a lavagem, a pessoa pode aproveitar para fazer uma terapia capilar. Com as pontas dos dedos (nada de unhas!), o indivíduo massageia o couro cabeludo e pode ‘soltar’ um pouco ele do crânio. Dessa forma, você está ativando a circulação. Quanto maior o aporte de circulação do sangue, mais aporte para o folículo”, orienta a dermatologista Luciana Passoni.

Já o condicionador tem como função principal balancear o pH e deixar os fios mais emolientes. Não é preciso passar no couro cabelo.

📌 E o shampoo a seco? Ele promove um efeito Cinderela — diminui a oleosidade, mas não limpa o couro cabeludo.

Os hábitos que podem danificar os cabelos

Algumas práticas podem parecer inofensivas, mas podem causar danos significativos aos cabelos. As dermatologistas ouvidas pelo g1 fizeram uma lista do que devemos tentar evitar:

  • Uso excessivo de fontes de calor, como secadores, chapinhas, modeladores de cachos. Se for secar o cabelo, o uso de protetor térmico é obrigatório.
  • Escovar o cabelo enquanto ele está excessivamente molhado. “Saiu do banho, seque um pouco com a toalha, espere cinco minutos e comece a desembaraçar com cuidado“, alerta Luciana.
  • Lavar o cabelo esfregando o shampoo em todo o comprimento. Ele é como se fosse um detergente e deve ser usado para limpar o couro cabeludo.
  • Ignorar o condicionador. Assim como o shampoo, ele tem a sua função, que é fazer o balanço de pH e devolver o brilho ao cabelo. Mas não esqueça: o condicionador não deve ser usado no couro cabeludo!
  • Prender o cabelo com muita força (em rabo de cavalo, coque). “Isso danifica muito o fio, eles vão ficando mais fracos e pode aumentar a queda de cabelo”, diz Luciana.
  • Secar o cabelo esfregando-o com uma toalha. O ideal é ir amassando o cabelo para secar.
  • Lavar os cabelos com água muito quente. A água quente retira os óleos naturais do cabelo e pode deixá-lo seco e sem vida.
  • Dormir com o cabelo molhado.
  • Uso excessivo de tratamentos químicos. Colorações, alisamentos e permanentes, por exemplo, podem causar danos significativos aos cabelos.
  • Esquecer de hidratar os cabelos. A hidratação traz brilho e elasticidade.

Bônus

  • Mar ou piscina, não importa: depois de dar um mergulho, vale dar aquela corrida até a ducha para tirar o sal ou cloro do cabelo.
  • Vai se expor ao sol? Use protetor solar para os fios (atenção: ele é diferente do protetor térmico).
  • Atenção ao couro cabeludo: transpiramos ainda mais no verão e podemos ter mais acúmulo de oleosidade.
  • É careca, calvo ou tem cabelo fino? Capriche no protetor solar no couro cabeludo – pode ser o de rosto ou um bem fluido à base de água ou uso o boné.

Fonte: g1.globo.com

Veja também: MEI fica mais caro em 2024 após aumento do salário mínimo e nos acompanhe nas redes sociais.



Veja também

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Saúde, abriu nesta segunda-feira (04/03) o segundo polo de atendimentos à dengue
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias