Rostos esculpidos em pedras há 2 mil anos são expostos pela seca do rio Amazonas

Local era possível área onde indígenas afiavam flechas e lanças antes da chegada dos europeus
às
Screenshot_8
Gravuras rupestres expostas no rio Amazonas Foto: Reuters

Rostos humanos esculpidos em pedra há cerca de 2.000 anos apareceram em um afloramento rochoso ao longo do rio Amazonas desde que os níveis da água caíram para níveis recordes na pior seca da região em mais de um século.

Algumas gravuras rupestres já foram avistadas antes, mas agora há uma variedade maior que ajudará os pesquisadores a estabelecer suas origens, disse o arqueólogo Jaime de Santana Oliveira na segunda-feira (23).

Uma área mostra sulcos suaves na rocha que se acredita serem o local onde os habitantes indígenas afiavam suas flechas e lanças muito antes da chegada dos europeus.

O ponto rochoso é chamado de Ponto das Lajes, na costa norte do Amazonas, próximo à confluência dos rios Rio Negro e Solimões.

Crédito: CNNBRASIL

Veja também

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Saúde, abriu nesta segunda-feira (04/03) o segundo polo de atendimentos à dengue
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias