Sem gols, Brasil empata com a Costa Rica na estreia na Copa América 2024

O Brasil não conseguiu furar o ferrolho defensivo da Costa Rica e empatou com a adversária em 0 a 0 no SoFi Stadium
às
vini
Foto: Ronald Martinez/ Getty Images North America / Getty Images via AFP

O Brasil não conseguiu furar o ferrolho defensivo da Costa Rica e empatou com a adversária em 0 a 0 no SoFi Stadium, na Califórnia (EUA), nesta segunda-feira, 24, pela primeira rodada do Grupo D da Copa América. A Seleção chegou a balançar as redes no primeiro tempo com Marquinhos, mas o lance foi anulado por impedimento do zagueiro após longa revisão do VAR. Na etapa complementar, Lucas Paquetá parou na trave.

Com o resultado, tanto Brasil quanto Costa Rica somam um ponto na tabela. A Colômbia, que venceu o Paraguai mais cedo, tem três e aparece na liderança do grupo. 

A equipe de Dorival Júnior, agora, vira a chave para a segunda rodada do Grupo D do torneio. O Brasil volta a campo na próxima sexta-feira, às 22h (de Brasília), para enfrentar o Paraguai no Allegiant Stadium, no estado de Nevada.

O jogo

O primeiro tempo foi um ataque contra defesa no SoFi Stadium. A Seleção dominou a Costa Rica e criou as principais chances da etapa inicial, sobretudo com ataques pelo lado direito. Por esse setor do campo, o Brasil chegou pelo menos três vezes com perigo e finalizou nas três, mas sem sucesso.

Apesar disso, a grande chance de perigo veio numa jogada de bola parada, aos 30 minutos. Raphinha se posicionou para cobrança de falta e fez cruzamento na área. Rodrygo desviou para trás, e Marquinhos apareceu para balançar as redes da Costa Rica. No entanto, após uma longa revisão do VAR, o gol foi anulado por impedimento do zagueiro brasileiro.

Na etapa complementar, o cenário não mudou. O Brasil seguiu em cima enquanto a Costa Rica se defendia. Nesse cenário, a principal oportunidade veio com um chute de fora da área que parou na trave.

Pouco depois dos 20 minutos, a Costa Rica não chegou a equilibrar a partida, mas conseguiu trocar mais passes, ficar com a bola e respirar no confronto. Diante disso, Dorival promoveu as entradas Endrick e Savinho nas vagas de Vini Jr e Raphinha, respectivamente.

A ideia era oxigenar a equipe. Na reta final, o técnico ainda sacou João Gomes (volante) para colocar Martinelli (atacante). O Brasil ainda seguiu em cima, mas não furou o ferrolho defensivo da Costa Rica. 

Fonte: odia.ig.com

Veja também: Passagem de uma frente fria deve derrubar temperaturas na terça-feira e nos acompanhe nas redes sociais.

Veja também

Light afirma que teve que fazer uma parada emergencial por causa de um defeito na rede subterrânea.
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias