André Ceciliano, do PT, é eleito presidente da Assembleia Legislativa do Rio

às

O deputado estadual André Ceciliano (PT) foi eleito neste sábado (2) como presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), após disputa de chapa única. Ceciliano era o presidente interino da Casa desde novembro de 2017, quando o presidente Jorge Picciani (MDB) foi preso na Operação Cadeia Velha. O petista foi eleito com 49 votos a favor, sete votos contra e oito abstenções.

A sessão foi presidida pelo deputado Carlos Minc, contando com Marcos Miller como secretário. Estiveram ausentes os seis deputados estaduais presos: André Corrêa (DEM), Chiquinho da Mangueira (PSC), Luiz Martins (PDT), Marcos Abrahão (Avante) e Marcus Vinicius Neskau (PTB), presos na operação Furna da Onça, e o ex-prefeito de Silva Jardim, Anderson Alexandre (Solidariedade), preso posteriormente.

A chapa única vencedora é  chamada de Arrumação, e composta pelos seguintes parlamentares:

André Ceciliano (PT) – presidente;
Jair Bittencourt (PP) – 1º vice-presidente;
Renato Cozzolino (PRP) – 2° vice-presidente;
Tia Ju (PRB) – 3° vice-presidente;
Filipe Soares (DEM) – 4º vice-presidente;
Marcos Muller (PHS) – 1º secretário;
Samuel Malafaia (DEM) – 2º secretário;
Marina (PMB) – 3ª secretária;
Chico Machado (PSD) –  4º secretário;
Franciane Mota (MDB) – 1ª vogal;
Dr. Deodalto (DEM) – 2º vogal;
Valdeci da Saúde (PHS) – 3º vogal;
Márcio Canella (MDB) – 4º vogal.

Ao tomar posse, André Ceciliano garantiu trabalhar com transparência e dialogando com os parlamentares e a população, prometendo lançar o Portal da Transparência e o Parlamento Digital, além da proposta de colocar a TV Alerj em canal aberto. “Vamos dar continuidade ao aperfeiçoamento do acesso a todas as informações internas da Casa, através do Portal da Transparência”, prometeu.

“Vamos implantar o Parlamento Digital, um conjunto de ferramentas digitais necessárias para que possamos praticar uma política moderna, com a população sugerindo projetos e opinando sobre os matérias que tramitam na Casa. Além disso, vamos permitir que as audiências públicas sejam transmitidas também pela Internet, interagindo com os internautas, assim como o laboratório Hacker da Câmara Federal”, disse Ceciliano, em discurso.

O presidente da Casa falou ainda sobre a situação dos deputados presos, que não tomaram posse no dia 1º, na cerimônia que aconteceu no Palácio Tiradentes, sede do parlamento estadual do Rio de Janeiro. Ele informou que a Mesa Diretora se reunirá nesta semana para decidir a situação dos parlamentares. “A gente está tentando uma reunião na segunda-feira com o TRF-2 para conversar, tirar algumas dúvidas. A gente vai ter que encarar essa decisão, então a gente possivelmente reúne a mesa na quarta-feira. A gente tem um compromisso que precisa ser encarado, não vamos deixar mais para a frente”, informou, opinando que defende a posse dos deputados, mas sem que possuam gabinete ou que recebam salário.

Veja também

Criminosos desviaram R$ 640 mil da conta das vítimas para laranjas. Quadrilha aplicou golpe do empréstimo consignado em pelo menos 17 pessoas.
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias