Deputado Jean Wyllys renuncia ao mandato por temer ameaças de morte

às

Representantes do deputado federal Jean Wyllys (PSOL), eleito pelo Rio de Janeiro nas últimas eleições, confirmaram a decisão do deputado de deixar a política. O parlamentar temeria pela sua própria vida, devido a ameaças de morte que afirma receber, alegando já ter perdido uma amiga em circunstâncias semelhantes – a vereadora Marielle Franco. Wyllys está na política desde 2010 e utilizava escolta policial desde o assassinato de Marielle, assim como também o deputado federal do PSOL Marcelo Freixo, que também recebeu ameaças de morte recentemente.

O deputado anunciou a decisão também em suas redes sociais, afirmando que preferiu preservar a sua vida. Jean teria dito, ainda, que foi aconselhado pelo ex-presidente uruguaio Pepe Mujica a cuidar de sua segurança. Wyllys, que é jornalista e professor, também destacou sua decepção por, segundo ele, a família do presidente eleito, Jair Bolsonaro, estar ligada à milicianos do Rio, que são suspeitos de envolvimento na morte de Marielle Franco. “”Me apavora saber que o filho do presidente contratou no seu gabinete a esposa e a mãe do sicário”, afirma Wyllys. “O presidente que sempre me difamou, que sempre me insultou de maneira aberta, que sempre utilizou de homofobia contra mim. Esse ambiente não é seguro para mim”, disse.

Ao longo de sua trajetória política, Jean, que defende temáticas sociais, como os direitos dos LGBT e a educação, foi alvo de constantes ataques. Recentemente, o deputado federal eleito pelo PSL de São Paulo, Alexandre Frota, foi condenado a pagar R$ 295 mil de multa por calúnia e difamação por ter associado Wyllys a uma frase em defesa da pedofilia, que não foi dita por ele.  Jean deve morar fora do Brasil, onde já está passando férias, e pretende investir em sua carreira acadêmica. Ele foi reeleito deputado federal em 2018 com mais de 24 mil votos no Rio. Ele deve ser substituído pelo suplente David Miranda, também do PSOL.

Veja também

Rio Bonito sedia a emocionante Taça Brasil de Ciclismo, que acontece entre os dias 14 e 16 de junho de 2024
às
A Prefeitura de Maricá segue com inscrições abertas para o Programa Corujinhas, que recebe alunos de 1 a 10 anos
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias