Deputados derrotados na eleição passada garantem cargos em gabinetes na Alerj

às

Pelo menos três deputados que não foram eleitos no último pleito vão continuar trabalhando na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Eles foram escolhidos pela presidência da Casa para ocupar cargos administrativos.

Jânio Mendes, do PDT, tentou se reeleger e não conseguiu porque teve apenas 10 mil votos. Agora, ele vai ser diretor de departamento financeiro, ganhando salário de R$ 17 mil. André Lazaroni, do MDB, tentou ser deputado federal e não conseguiu. Agora, se tornou subdiretor geral de informática da Casa. Geraldo Pudim, também do MDB, não conseguiu ser eleito deputado federal e vai exercer na Alerj o cargo de secretário geral da Mesa.

Lazaroni e Pudim vão receber um salário de R$ 31 mil, valor maior do que o da época em que eram deputados estaduais.

Veja também

Uma pré-candidata a vereadora de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, e seu filho foram assassinados na noite deste sábado
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias