Vasco vence o Botafogo em São Januário, deixa o Z-4 e aumenta desespero do líder

Alvinegro viu distância na ponta da tabela ser pulverizada e agora está empatado com o Palmeiras
às
esporte
Leandro Amorim/Vasco

Em clássico com caráter decisivo envolvendo briga contra o rebaixamento e título do Campeonato Brasileiro, nesta segunda-feira (6), pela 32ª rodada, em São Januário, o Vasco venceu o Botafogo pelo placar de 1 a 0, deixou a zona de rebaixamento e, de quebra, aumentou a preocupação do líder, que perdeu a vantagem de outrora. O gol do Cruz-Maltino foi marcado pelo lateral-direito Paulo Henrique.

Com o resultado, o Cruz-Maltino pulou para 37 pontos e agora foca no próximo compromisso, apenas no domingo (12), contra o América-MG, também em São Januário, às 18h30. O Glorioso, por sua vez, segue na liderança com 59 pontos e recebe o Grêmio, também na Colina Histórica, na quarta-feira (8).

O clássico
Com clima de decisão para os dois rivais, o duelo em São Januário ganhou ingredientes especiais para os dois extremos na tabela de classificação do Brasileirão. O Vasco vendo a chance de deixar a zona de rebaixamento, enquanto o Botafogo olhando os adversários diretos na luta pelo título já de perto.

Em campo, o Gigante de Colina se impôs fisicamente no primeiro tempo, levou a melhor com o jogo de transição e, desta forma, achou seu gol. Aos 28 minutos do primeiro tempo, Paulo Henrique ficou com a sobra na intermediária, avançou sobre a marcação de Marçal, limpou para a perna esquerda e acertou lindo chute no canto esquerdo do goleiro Lucas Perri.

O Botafogo, por sua vez, acumulou erros na etapa inicial e viu o rival marcar o segundo em contra-ataque, aos 45, com o centroavante argentino Vegetti. A arbitragem de campo, no entanto marcou impedimento de Paulo Henrique no início do lance, antes de seu cruzamento.

Com a vantagem a seu favor, Ramón Díaz viu o Vasco chamar mais o Botafogo para seu campo em busca das jogadas de velocidade para tentar ampliar o placar. Com o jogo físico sendo protagonista na Colina Histórica, a partida ganhou em nervosismo e com muitas apresentações de cartão amarelo.

São Januário se transformou em um verdadeiro caldeirão para apoiar o Vasco em mais uma vitória visando escapar da zona de rebaixamento. Enquanto isso, o Glorioso, cruzando bolas em busca das referências na área, pouco assustou em noite pouco inspirada do artilheiro Tiquinho Soares.

Sem conseguir pressionar o Cruz-Maltino em busca do empate, o Alvinegro parou em uma marcação extremamente bem postada e que afastou todos os lances com autoridade. Vitória do Vasco em São Januário, vida na luta contra o rebaixamento, e desespero do lado do Botafogo em meio à queda de produção.

Ficha técnica

Vasco 1 x 0 Botafogo

Local: São Januário
Data e hora: 6/11 (segunda-feira), às 19h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden
Assistentes: Danilo Ricardo Simon e Marcelo Van Gasse

Gols: Paulo Henrique 28’/1ºT (VAS)
Cartões amarelos: Medel e Paulinho (VAS); Marçal, Danilo Barbosa, Diego Costa e Tiquinho Soares (BOT)

VASCO: Léo Jardim; Paulo Henrique, Maicon, Medel e Lucas Piton; Zé Gabriel, Praxedes e Paulinho (Jair); Gabriel Pec (Léo), Erick Marcus (Alex Teixeira) e Vegetti. Técnico: Ramón Díaz.

BOTAFOGO: Lucas Perri; Di Plácido (Luis Henrique), Philipe Sampaio, Bastos (Diego Costa) e Marçal (Hugo); Danilo Barbosa, Tchê Tchê e Eduardo; Júnior Santos (Matías Segovia), Victor Sá (Carlos Alberto) e Tiquinho Soares. Técnico: Lucio Flavio (interino).

Crédito: odia.ig.com

Veja também

Encerradas definitivamente, sistema de transferências via DOC, um dos mais tradicionais meios de pagamentos bancários por décadas.
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias