Polícia e MPRJ prendem suspeitos de aplicar golpe do empréstimo

Criminosos desviaram R$ 640 mil da conta das vítimas para laranjas. Quadrilha aplicou golpe do empréstimo consignado em pelo menos 17 pessoas.
às
Screenshot_8
Foto: Reprodução/Google Maps

Polícia e MPRJ prendem suspeitos de aplicar golpe do empréstimo. A Polícia Civil e o Ministério Público do Rio de Janeiro prenderam, na manhã desta sexta-feira (21), cinco pessoas, entre elas um PM, suspeitos de integrar uma quadrilha de estelionatários.

Segundo as investigações, os criminosos desviaram R$ 640 mil das contas de vítimas para as contas de laranjas. Os estelionatários diziam que a pessoa possuía resíduo no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e induzia as vítimas a realizar empréstimos bancários.

Polícia e MPRJ prendem suspeitos de aplicar golpe do empréstimo
Polícia e MPRJ prendem suspeitos de aplicar golpe do empréstimo – Foto: reprodução/Google Maps

De acordo com a denúncia, o grupo, chefiado pelo PM Gustavo de Oliveira Piau, aplicou o golpe do “empréstimo consignado” em pelo menos 17 pessoas, a maioria delas idosas.

A quadrilha utilizava escritórios nos municípios de Nova Iguaçu, Mesquita e Nilópolis, na Baixada Fluminense.

Leia mais – Policiais militares de Maricá apreendem drogas na Comunidade do Risca Faca siga nossas redes sociais.

O cabo é lotado no 6ºBPM (Tijuca). O caso foi investigado pela 52ªDP (Nova Iguaçu), para onde os presos foram levados.

O Golpe

Inicialmente, os golpistas contactavam as vítimas através de telefone informando sobre um falso resíduo de FGTS e um 14°salário que a vítima teria direito.

“As vítimas eram encaminhadas para escritórios, onde a quadrilha fazia cópias dos documentos das vítimas e tirava fotos. A partir daí, o bando conseguia efetuar empréstimos que eram depositados na conta da própria vítima”, ”, explicou o delegado Gustavo Castro.

Os criminosos iam até a agência bancária, conseguiam transferir a maior parte do valor para outras contas e a pessoa ficava com a menor parte do valor, que eles diziam que era o resíduo do 14° salário.

A ação, que conta com o apoio da Corregedoria da PM, ainda cumpre mandados de busca e apreensão em Nilópolis, São João de Meriti e Mesquita.

Crédito: g1

Veja também

Segundo o Centro de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), seis municípios no estado do Rio
às
As compras internacionais feitas a partir do próximo sábado, dia 27, já poderão vir a ser taxadas com o novo imposto de importação
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias