‘Playboy da Zona Sul’ tenta subornar delegado após ser preso com droga no RJ

Ele foi preso na Barra da Tijuca, na Zona Norte do Rio, e ofereceu propina ao delegado Allan Duarte para se livrar da prisão.
às
delegacia
Foto: Reprodução/ Band

A polícia do Rio de Janeiro prendeu, nesta quinta-feira (25), um homem identificado como Michel Magioli, de 27 anos, conhecido por fazer delivery de drogas para pessoas de alto poder aquisitivo, principalmente em bairros de elite da capital fluminense. Após sua prisão ele tenta subornar o delegado e não tem sucesso, e vídeo é registrado com o caso.

Ele foi preso na Barra da Tijuca, na Zona Norte do Rio, após ser monitorado pelos investigadores. Na casa do traficante, a polícia achou maconha, haxixe e cigarros eletrônicos de maconha. Cerca de R$ 9 mil também foram apreendidos. 

Ao chegar na delegacia, Michel Magioli ofereceu propina ao delegado Allan Duarte para se livrar da prisão. “Combinado não sai caro, entendeu? Tipo, somos oito aqui, eu quero dez para cada. Eu tenho capacidade. Para a gente resolver da melhor forma”, disse o traficante ao delegado (veja o vídeo acima). 

“Não tem R$ 10 mil, R$ 20 mil, R$ 50 mil, R$ 500 mil nem R$ 1 milhão. O senhor está preso e a partir desse momento o senhor vai responder por corrupção ativa também, além de tráfico de drogas”, respondeu o delegado. 

A polícia investiga outros integrantes da quadrilha, já que o cigarro eletrônico de maconha apreendido com o traficante vem dos Estados Unidos e o haxixe de países de outros países da América do Sul, entrando pelo Norte do Brasil. 

Michel tem duas passagens pela polícia, sendo uma por violência doméstica ao agredir a namorada em um posto de combustíveis na Barra da Tijuca, em 2018, e outra por tráfico de drogas em 2016, ocasião em que foi preso em flagrante com drogas sintéticas, material de endolação e uma balança de precisão.

tenta subornar/ Foto: Reprodução/band


Fonte: band.uol.com

Veja também: Mulher do “Faraó dos Bitcoins” é presa nos Estados Unidos e nos acompanhe nas redes sociais.

Veja também

Ministério Público do estado, Secretaria de Polícia Civil e Delegacia de Homicídios também foram oficiados
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias