Adolescente diz à PF ter hackeado conta de Janja em rede social

perfil da primeira-dama no X foi invadido por volta das 21h30 da última segunda-feira (11).
às
Screenshot_3
A primeira-dama brasileira, Janja da Silva — Foto: Divulgação

Um adolescente de 17 anos diz em depoimento à Polícia Federal (PF) ter hackeado a conta da primeira-dama, Janja Lula da Silva, na rede social X (antigo Twitter).

O depoimento é mantido em sigilo e foi colhido na manhã desta quinta, em Brasília. Segundo apurou a GloboNews, dois mandados foram cumpridos – um na casa da mãe do adolescente, em Sobradinho (DF), e outro na casa do padrasto em Santa Maria (DF).

Adolescente diz à PF ter hackeado conta de Janja em rede social
Adolescente diz à PF ter hackeado conta de Janja em rede social — Foto: Reprodução/X

Veja também: Senado aprova Dino para o STF e Gonet para a PGR e siga nossas Redes Sociais.

Durante as buscas, o menor de idade já tinha afirmado aos policiais que tinha hackeado o perfil de Janja. A afirmação foi repetida no depoimento formal à PF, horas depois.

O depoimento dele não serve de prova isoladamente, mas será considerado no conjunto geral da investigação — junto com outras provas, aí sim, pode corroborar elementos que os investigadores já tenham reunido.

O perfil da primeira-dama no X foi invadido por volta das 21h30 da última segunda-feira (11). De posse da conta, o hacker fez publicações ofensivas contra Janja, o presidente Lula e o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal.

Logo depois da invasão, a conta foi bloqueada a pedido da Polícia Federal, segundo o diretor-geral da Polícia Federal (PF), Andrei Passos.

Na terça, equipes da PF já tinham cumprido mandados em Belo Horizonte e em Ribeirão das Neves, na Grande BH.

Um suspeito foi ouvido e liberado em Minas Gerais, mas negou que tivesse participado. Os investigadores apuram se esses dois suspeitos já identificados agiram em conjunto para hackear o perfil.

Crédito: g1

Veja também

Uma nova frente fria deve se estabelecer no Brasil neste final de semana. Essa mudança na temperatura irá provocar o aumento
às
aplicativo oferece de forma simples, rápida e segura a realização de denúncias de violência contra mulher
às
"Enem dos concursos". As avaliações vão acontecer no dia 18 de agosto, em 228 cidades do país. Ministério da Gestão divulgou
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
trackback

[…] nesse sábado (16) Deputado explode granadas em reunião de prefeitura na Ucrânia Adolescente diz à PF ter hackeado conta de Janja em Município de Tanguá realizará Jantar Natalino para 10 mil pessoas Maricá abre Natal […]

Últimas Notícias