Ellos Qualificação forma 160 alunos de Rio Bonito, Cachoeiras de Macacu e São Pedro da Aldeia

“Um privilégio”. Foi assim que a oradora do curso de Gestor de Mídias Sociais, Taís Muniz, definiu os três meses de aula promovidos pelo Instituto Ellos, através do Ellos Qualificação, em seu discurso ontem, quinta-feira (23), na formatura de 160 alunos de Rio Bonito, Cachoeiras de Macacacu e São Pedro da Aldeia. A solenidade aconteceu na casa de eventos, Espaço Ceccarelli, em Rio Bonito, onde os alunos dos cursos de Estética, Cuidador de Idosos, e Introdução à Música também se formaram.

“Posso afirmar que foram três meses especiais, tão importantes que gostaríamos de dar continuidade a este projeto tão grande que é o Ellos Qualificação. Ter o privilégio de fazer um curso de gestor de mídias sociais, e não precisar pagar pelas aulas, pelo material didático, uniforme, e ainda receber uma bolsa, parece conversa de político, mas posso dizer que não é conversa, e sim, um baita projeto”, disse Taís em seu discurso.

Objetivo

Idealizado e fundado pelo deputado federal, Sóstenes Cavalcante, o objetivo do Ellos Qualificação, que é um dos braços do Instituto Ellos, é a inserção de jovens e adultos que estão fora do mercado de trabalho, segundo o próprio deputado.

“Tenho certeza que as portas do mercado de trabalho se abrirão a partir de agora (para os formandos). Essa é a nossa realização e o desejo quando iniciamos um projeto social como esse. Que cada um possa realizar o sonho e se tornar um empreendedor e conquistar posses, riquezas, prosperidade na sua vida, esse é o meu desejo”, disse ele.

Representando o prefeito de Rio Bonito, Leandro Peixe, o secretário de Esporte e Lazer esteve na formatura do Ellos. Para ele, a população de Rio Bonito foi beneficiada com a chegada dos cursos na cidade. “Sabemos que daqui sairão profissionais qualificados para fazer sua inserção no mercado de trabalho local ou regional”.

Também prestigiando o evento, o empresário de Rio Bonito, Bruno Soares, vê na capacitação profissional, uma forma da cidade crescer.

“A qualificação profissional além de capacitar, traz uma nova motivação na busca pelas oportunidades no mercado de trabalho. O projeto Ellos, tanto na qualificação profissional, quanto nos núcleos esportivos, vem fazendo a diferença na cidade de Rio Bonito, que infelizmente é tão carente dessas oportunidades. Eu fico feliz de ver que a política pode sim ser uma ferramenta de transformação na vida das pessoas”, analisa o empresário.

Estrutura

Espalhados por 48 polos nos quatro cantos do Estado do Rio, o Ellos Qualificação tem como coordenadora geral, a Talita Matos. Segundo ela, cada professor, em sua realidade, desempenhou seu trabalho com dedicação e criatividade, e os monitores, tiveram um papel fundamental nesse processo, já que “geralmente são mais próximos da comunidade”. Talita contou que essa foi a quinta formatura do Instituto, que já entregou o certificado chancelado pela Unirio a mais de 1.400 alunos.

Coordenador do polo de Rio Bonito, o fundador do projeto CTAV, Tiago Bitesnik, se disse emocionado com a oportunidade que os alunos terão daqui pra frente. “Sempre sonhamos em trazer qualificação profissional para Rio Bonito, e o que acontece aqui é a realização desse sonho. Estou emocionado porque são 160 pessoas ganhando uma profissão, direcionando para o mercado de trabalho”, disse Tiago.

Projeto de Leitura

Além das aulas, também foi implantado um projeto de leitura através de uma competição saudável. Os alunos que mais leram e entenderam o que foi lido, passaram por uma prova e os que se destacaram, foram premiados. E a ideia desse projeto partiu da professora, escritora e palestrante, Eleusa Matos.

“Acredito que profissionais que leem, não andam, voam. Esse projeto de leitura foi um divisor de águas na vida dos alunos no Ellos Qualificação. Eu acredito que os livros façam com que as pessoas falem melhor, escrevam melhor, pensem melhor, argumentem melhor e discursem melhor, por isso sou uma professora que faço questão que meus alunos leiam”.

Próximos formandos

Outros alunos já iniciaram as novas turmas, e para esses, o deputado deixou um recado. “Façam desses meses que virão nessa sala de aula, os melhores três meses da sua vida, se dediquem, estudem, saibam que o estudo é transformador. Só a educação transforma em política pública a vida de um ser humano. E o que nós estamos aqui para fazer, é lutar para transformar vidas, uma a uma, por isso nasceu o Ellos”, disse Sóstenes.

 

Lívia Louzada

 

 

 

Escola pública de Cachoeiras de Macacu recebe peça sobre o consumo responsável de recursos naturais

Crianças de escola pública de Cachoeiras de Macacu, com idades entre 08 e 12 anos, terão a oportunidade de assistir ao teatro “A Descoberta do Gás Natural”, que trata sobre o gás natural e como consumir recursos naturais com responsabilidade, por meio de entretenimento e arte.

O projeto é idealizado e realizado pelo Diverte Teatro Viajante, que leva cultura, entretenimento, arte e conhecimento através do teatro para crianças e adolescentes de todo o Brasil. Por meio de lei federal de incentivo à cultura, as apresentações contam com o apoio do Ministério do Turismo e da NTS – empresa transportadora de gás natural da região sudeste.

Sinopse

Na peça, o professor Pipeta e seu ajudante têm a importante missão de classificar os tipos de energia e entender como elas são utilizadas pelo homem. Com ajuda das crianças da plateia, eles descobrem em um jardim o componente energético que mudou a história do planeta: o petróleo e o gás natural.

Com uma linguagem simples, muita interação com o público e experiências no palco, a peça sobre esta fonte de energia torna o assunto acessível e interessante. De forma divertida, as crianças entendem sobre as distintas fontes de energia, sua função e sua origem, além de como podem economizar energia para o cuidado do meio ambiente para ter um futuro melhor!

“É muito importante que as crianças entendam conceitos básicos dos nossos recursos naturais mais valiosos. Ações como a nossa apresentação são pequenos passos para uma boa base de conhecimento e elementos fundamentais no dia a dia para preservação do meio ambiente e qualidade de vida das próximas gerações”, destaca o diretor do projeto, Júlio Martinez.

Serviço: Espetáculo “A Descoberta do Gás Natural”

Com o objetivo de ampliar a inclusão por meio da experiência artística, o Diverte Teatro Viajante realiza espetáculos que contam com acessibilidade para pessoas com deficiência.

Cachoeiras de Macacu (RJ)

Dia: 28/06
Horários: 9h, 10h e 13h
Local: Escola Municipal Engenheiro Elias Farhat
Endereço: Estrada Rio Friburgo – RJ 122 – KM 17

Sobre a NTS

A NTS (Nova Transportadora do Sudeste S/A – NTS) transporta gás natural por meio de um sólido sistema de gasodutos, conectando a região mais industrializada do Brasil com segurança e confiabilidade.

São mais de 2.000 quilômetros de malha que ligam os estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo – responsáveis por aproximadamente 50% do consumo de gás no Brasil – ao gasoduto Bolívia-Brasil, aos terminais de GNL e às plantas de processamento de gás.

Sobre o projeto Diverte Teatro Viajante

O Projeto consiste em levar o teatro para espaços alternativos como escolas, praças públicas, locais privados de acesso público, entre outros, tornando-os culturalmente aproveitáveis, desenvolvendo programas integrados que permitam o contato, a interação e a participação das crianças com representações ativas através do teatro infantil.

Como principais objetivos, o projeto visa contribuir para facilitar, a todos, os meios para o livre acesso às fontes da cultura e o pleno exercício dos direitos culturais, com a realização de espetáculos gratuitos e de estrutura acessível em municípios em todo o Brasil, a fim de possibilitar à população a incorporação de produtos artísticos em seu cotidiano.

O Projeto está em sua 6ª edição e já alcançou um público de mais de 225.000 pessoas percorrendo o Brasil de norte a sul, levando teatro para crianças que nunca tiveram a oportunidade de vivenciar essa experiência tão essencial para a formação do intelecto.

Rj 116 funciona em pare e siga em Cachoeiras de Macacu

A Rodovia RJ 116 funciona no sistema de Pare e Siga na altura do quilômetro 36, em Cachoeiras de Macacu, durante toda esta terça-feira, dia 25/01. A interdição é para que operários, máquinas e caminhões possam fazer a recuperação da rede de drenagem e do pavimento asfáltico que sofreu um afundamento. A previsão é de que os serviços sejam concluídos ainda na tarde de hoje.

Também há equipes atuando na recuperação do pavimento em dois trechos da Rodovia. No Sul, os serviços acontecem entre Cachoeiras de Macacu (km36) até Nova Friburgo (km78). No trecho Norte, os trabalhos estão concentrados entre o quilômetro 80, também em Nova Friburgo, até o quilômetro 109, em Bom Jardim.

Há serviços sendo executados ainda entre o quilômetro 58 ao 63, no trecho da Serra dos Três Picos, onde operários fazem a remoção de galhos de árvores e limpeza da rede de drenagem, e no quilômetro 99, em Bom Jardim, com a recuperação dos dispositivos de segurança. Nos dois trechos não há interferência no fluxo de veículos.

O tempo é bom e o tráfego é normal em todo o trecho sob concessão.