Preso acusado de maus-tratos a animas e incêndio em Saquarema

Policias civis da 124ª DP (Saquarema) prenderam em flagrante Romulo Chaves da Silva pelos crimes de incêndio e maus-tratos a animais. A prisão foi feita após denúncia da própria prima do autor, na última quarta-feira 3.

Segundo os agentes, a vítima esteve na delegacia e comunicou que o homem estava colocando fogo na casa para tentar matá-la e que três gatos estavam dentro do imóvel, o que era de conhecimento do autor.

Após a denúncia, uma equipe de policiais foi ao local e constatou os fatos. Ao avistar os agentes o homem fugiu para uma área de mata atrás da casa, mas foi localizado e preso.

 

Fonte: Secom Polícia Civil RJ

 

Niterói vai implantar microchip em animais castrados pelo Centro de Controle Populacional de Animais Domésticos (CCPAD) e no castramóvel

No mês em que o Centro de Controle de Controle Populacional de Animais Domésticos (CCPAD) da Prefeitura de Niterói completa 5 anos, o município comemora a marca de mais de 13 mil cirurgias de castração realizadas desde o início de suas atividades. A esterilização de cães e gatos é uma das principais iniciativas na política pública de proteção animal, ao lado de campanhas de incentivo à adoção e a educação animalista nas escolas. A partir de agosto, o Centro de Controle vai avançar com a implantação de microchips em todos os pets que forem castrados no CCPAD ou na unidade móvel de castração – castramóvel.

Até 2020, as cirurgias eram realizadas apenas na unidade física, localizada no Fonseca. Com a entrada em funcionamento do castramóvel, que oferece o serviço nos bairros de Niterói, o número de animais castrados praticamente triplicou. O avanço também se deve à implantação do aplicativo Niterói Animal, ferramenta que facilitou o agendamento das esterilizações e que atualmente tem quase 12 mil usuários cadastrados.

Nos microchips que serão implantados nos pets durante a castração estarão armazenados os dados do animal e dos tutores. Os bichinhos receberão ainda uma medalhinha com um QRcode para colocar na coleira, que também terá as informações do pet caso se perca de seu tutor.

“Tanto o microchip quanto a medalhinha são ferramentas fundamentais no combate ao abandono animal. São avanços importantes na política municipal de proteção animal e colocam Niterói como destaque nacional nesta área. A castração é uma ação muito importante, juntamente com a identificação de animais, é uma política pública completa no controle populacional e de abandono de animais”, explica Marcelo Pereira, coordenador da Coordenadoria Especial de Defesa Animal (CEDA), vinculada à Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade.

O investimento em campanhas para adoção de animais é outro instrumento no combate ao avanço de animais abandonados nas ruas. No primeiro semestre deste ano, 56 animais foram adotados nas quatro grandes feiras realizadas na cidade. Adoções também foram realizadas através do aplicativo Niterói Animal, que possui uma área na qual são divulgadas fotos e informações sobre cães e gatos disponíveis para adoção resgatados por protetores. Esse espaço vai passar por uma reforma e, em breve, será ainda mais dinâmico para ajudar a ampliar o número de animais a encontrarem um novo lar.

Outra novidade é que o aplicativo também irá auxiliar tutores a encontrar animais desaparecidos, com a implantação do projeto “Me ajuda a voltar para casa!”. Uma nova área será disponibilizada para divulgar informações sobre cães e gatos perdidos. Será uma ferramenta de georreferenciamento com os dados de animais perdidos e encontrados que vai auxiliar muito os donos de animais.

A CEDA realiza, ainda, o projeto Adotar Niterói, que passa a promover, uma vez por mês, uma grande feira de adoção de animais domésticos, com palestras, espaço kids, barraquinhas e shows.

Legado para a cidade – O Centro de Controle Populacional de Animais Domésticos (CCPAD) foi inaugurado em julho de 2017 como o primeiro órgão público de Niterói com o papel de orquestrar todas as ações desenvolvidas tanto pelo governo quanto pelas entidades e protetores independentes que se dedicam à causa animal.

O espaço funciona no Fonseca, na Travessa Luiz de Matos, 105, em uma área total de 1,2 mil metros quadrados e conta com uma moderna estrutura para castração de animais, com dois modernos centros cirúrgicos, um consultório, áreas pré-cirúrgica e pós-cirúrgica. O local tem capacidade para realizar até 50 esterilizações por dia, contando com uma equipe técnica de veterinários, anestesistas, estagiários e médicos veterinários residentes da Universidade Federal Fluminense (UFF).

“O Centro de Controle Populacional é o maior legado que nossa cidade já teve para o controle da fauna doméstica urbana. Temos muito orgulho do trabalho que é realizado no CCPAD, desde sua inauguração, e estamos avançando cada vez mais na proteção animal que é uma política pública prioritária em nosso município”, afirma o secretário de Meio Ambiente, Rafael Robertson.

 

Crédito: Prefeitura de Niterói

Fotos: Lucas Benevides

Feira de adoção de cães e gatos consegue lar para 21 animais

A Prefeitura de Maricá, por meio da Coordenadoria de Proteção Animal, realizou no domingo (21/11) mais uma edição da Feira de Adoção de cães e gatos, conseguindo um novo lar para 21 animais (13 cães e 8 gatos) dos 59 disponíveis para a adoção. O evento ocorre sempre no terceiro domingo de cada mês na área externa do shopping Boulevard, no Centro.

Coordenador da Proteção Animal de Maricá, Fabiano Novais antecipou algumas novidades que serão implementadas em 2022. Uma delas é o projeto de socialização de cães com os novos donos, que visar ensinar técnicas básicas de adestramento para quem participa das campanhas.

“Temos planos também de expandir a feira no próximo ano, realizando duas edições mensais em vez de apenas uma como fazemos hoje. Estamos avaliando também levar o evento para outros bairros de acordo com a demanda. Aqui no Centro já virou tradição, com um público consolidado, por isso precisamos manter”, ponderou.

Uma das pessoas que levou um cãozinho para casa foi Diana Cunha, de 43 anos. Ainda sem decidir o nome para o novo pet, ela disse que a feira é importante para os próprios bichinhos. “É melhor levá-los para casa do que deixá-los na rua”, afirmou.

Morador de Ubatiba, o pedreiro Ismael Francisco, de 48 anos, contou que apenas passava pelo local quando viu os animais expostos para adoção e acabou levando para a casa a vira-lata Pretinha. “Agora vou ter de juntá-la com os dois pinshers que já tenho. É bom para não deixar os bichinhos largados por aí”, avaliou.

Gatos ajudam a resgatar bebê de cinco dias que foi abandonado em bueiro na Índia

Uma bebê de apenas cinco dias de vida foi resgatada após ser abandonada em um bueiro em Mumbai, na Índia. Vários gatos se reuniuram no local onde a menina estava e começaram a miar e ronronar muito alto, o que chamou atenção de moradores. Quando se aproximaram dos animais, avistaram a menina e acionaram a polícia.

Nesta quinta-feira, os médicos do hospital Rajawadi, para onde a recém-nascida foi levada, confirmaram à emissora BBC que a bebê está “bem e estável” e continua sendo monitorada na unidade de saúde. As autoridades vão investigar quem deixou ela no local e o que teria motivado a ação.

A menina foi encontrada deitada dentro do bueiro, vestida com uma camisa fina e encharcada com a água do esgoto.

— Quando retiramos a bebê, ela estava congelando e seus braços estavam azuis. Pedimos um pouco de água morna e um pano para limpá-la e levamos para o hospital — disse o policial Sheetal Sonawane ao jornal Times of India.

Conforme a imprensa local, abandonos semelhantes que ocorreram no país foram atribuídos à preferência por filhos homens. As mulheres são frequentemente discriminadas socialmente e as meninas são vistas como um fardo financeiro, especialmente entre as comunidades mais pobres.

Segundo a BBC, embora a maioria dos fetos femininos considerados indesejados seja abortada com a ajuda de clínicas ilegais, casos de meninas sendo mortas ou abandonadas após o nascimento também não são incomuns.

 

Crédito: extra.globo.com

Prefeitura de Maricá abre inscrições para castração de cães e gatos em Inoã

A Prefeitura de Maricá abre no sábado (06/11) inscrições para castração de cães e gatos na cidade. A ação integra o Programa Municipal de Controle Reprodutivo e acontecerá na Igreja Assembleia de Deus, das 10h às 13h, em Inoã.

Algumas informações são importantes para os interessados: não serão realizadas cirurgias em animais braquicefálicos (boxer, shith-zu, pug, gato persa) porque eles têm problemas respiratórios.

Os tutores devem ser maiores de 18 anos e os animais precisam ter mais de 3kg e idade entre 6 meses e 6 anos. No dia da inscrição, o dono deve levar o animal para a coleta de sangue.

Documentos necessários

Para realizar o cadastro são necessários os seguintes documentos: comprovante de residência em Maricá, identidade e CPF, Número de Inscrição Social (NIS), cartão Mumbuca ou Bolsa Família ou Benefício de Prestação Continuada (BPC) ou outro comprovante de rendimento mostrando preferencialmente renda familiar até três salários mínimos. Para autônomos, levar cópia da carteira de trabalho para comprovar o rendimento.

Serviço – Cadastro para castração de animais

Sábado (06/11)

Horário: 10h às 13h

Local: Igreja Assembleia de Deus (Rua Francisco Elias da Cruz, lote 08, ao lado do shopping do Arildo), no Centro de Inoã