Estradas rurais de Casimiro de Abreu começam a receber obras de recuperação

A Secretaria de Agricultura e Pesca iniciou nesta segunda-feira, dia 27, obras de recuperação das estradas rurais do município, começando pela estrada do Ribeirão, uma importante via de escoamento dos produtores rurais da região. O serviço é uma parceria com a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, que está fornecendo todo o maquinário para o serviço.

 O serviço consiste na limpeza das valas laterais, drenagem, nivelamento, escarificação (movimentação do solo com mistura de materiais, que proporciona mais solidez), compactação do solo, entre outros. Os serviços poderão variar de acordo com a necessidade da estrada a ser atendida.

 “O serviço de manutenção das estradas já é uma rotina na Secretaria. Agora com essa parceria, vamos poder realizar obras mais complexas. Estamos muito otimistas com esse serviço e esperamos atender a todas as nossas estradas vicinais”, destacou o secretário de Agricultura, Douglas Veloso.

Paisagista agredida na Barra mostra o rosto em recuperação e revela detalhes de lesões

A paisagista Elaine Caparroz, de 55 anos, usou seu perfil no Instagram para mostrar seu rosto, 14 dias após ser agredida durante quatro horas. Ela postou fotos de como estava um pouco antes de seu encontro com estudante de Direito Vinícius Serra, de 27 anos — preso preventivamente tentativa de homicídio triplamente qualificado (meio cruel, mediante dissimulação e contra mulher por razões da condição de sexo feminino – feminicídio) —, de logo após o espancamento e de como está agora.

Em seu texto, Elaine detalha as lesões que sofreu: “As feridas são muito maiores do que as fotos mostram. Eu tive uma queda de hemácias e tive que receber sangue, tive insuficiência renal, perfuração da pleura, fratura na área orbicular, nariz, descolamento de retina, quebrou um dente na raiz, vários hematomas no rosto, braços, pescoço e 5 mordidas pelos braços e uma nos dedos”.

Ela diz, ainda, que postou a foto de seu rosto em recuperação num momento de coragem: “Hoje estou com coragem de mostrar o que estou vivendo. A primeira foto foi 10 minutos antes de o agressor chegar, enviei para uma amiga para dividir a minha intimidade de como eu estava arrumada para recebê-lo. A segunda foto foi aproximadamente depois de 5 horas (do espancamento) e a terceira como estou hoje”.