Arraiá de Maricá 2024 encerrou no domingo (07/07) com diversas atrações

O Arraiá de Maricá 2024 chegou ao fim neste domingo (07/07), chamando a atenção pela estrutura, segurança e quantidade
às
arraia-1
Foto: Gabriel Ferreira

O Arraiá de Maricá 2024 chegou ao fim neste domingo (07/07), chamando a atenção pela estrutura, segurança e quantidade de moradores e visitantes que estiveram reunidos no espaço de eventos montado na Avenida João Saldanha, na Barra de Maricá. A exuberância e delicadeza das quadrilhas profissionais, como a “Dama aposentada”, foi um dos pontos altos da festa.

Também fizeram parte da comemoração a Sinfônica Ambulante, as cantoras Natália Pani, Raquel Fonseca, a Banda Agitaê; o niteroiense João Gabriel e a multi-instrumentista Rebeka Monteiro. Entre as canções apresentadas e entoadas em coro pelo público presente: “Bombonzinho”, “Comunicação falhou”, “Seu brilho sumiu”, “Dançar forró beijando”, “Canudinho”, “Daqui pra sempre”, “Pode chorar” e “Vai lá em casa hoje”.

Moradora de Duque de Caxias, Letícia Cunha, 16 anos, curtia o Arraiá com a família e elogiou a organização do evento. “Minha prima está trabalhando aqui, na Feirarte, então nós viemos para prestigiar. Estou adorando essa festa. Está tudo muito bom, show, música, variedade de comidas. Ainda tem área reservada para cadeirante. E não é uma área pequena, é muito grande. Então, eu achei muito bom mesmo”, avaliou.

Ao lado do marido Eduardo, Cláudia Garcia, 60 anos, que mora no Flamengo, em Maricá, degustava o algodão doce. “Nós viemos só hoje mesmo, para ver como está sendo o Arraiá. Chegamos cedo, já passei por todas as barraquinhas, tomei um caldo bem gostoso, depois comemos um pastel, daquele que você escolhe seis sabores e agora vou de algodão doce, porque me lembra a infância e eu gosto muito. Esse aqui então, está uma delícia”, contou.

A empreendedora Gerlieny Bonfim, 33 anos, que mora em Cordeirinho, participava do evento pela primeira vez, expondo seu algodão doce de três cores. “Está sendo legal, porque é uma coisa diferente, porque tem algodão doce comum, mas esse, como é de três cores e é algo grande, chama mais a atenção das pessoas. Tem atraído bastante gente entre crianças e adultos”, declarou satisfeita.

Raphael Viellas, 40 anos, também participava do Arraiá de Maricá, pela primeira vez, comercializando um produto diferenciado, drinks no saquinho.

“Essa é uma novidade que a gente está trazendo pra Maricá e que está agradando muito. Cada saquinho tem 450ml de puro drink, feito da fruta, de forma artesanal. Temos muitas variedades, como pina colada, sex on the beach, lagoa azul, mojito, caipivodkca de maracujá, gin de morango. É só colocar o canudinho e o cliente já sai consumindo. Sem gelo, sem a chance de se molhar e de desperdiçar. Inclusive, a gente até fidelizou alguns clientes que experimentaram lá em Itaipuaçu e vieram para cá, só para consumir nosso drink”, comemorou o comerciante, que mora no Centro.

Veja também: Pagamento via Pix por aproximação deve começar em fevereiro de 2025 e nos acompanhe nas redes sociais.

Veja também

Segundo o Centro de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), seis municípios no estado do Rio
às
As compras internacionais feitas a partir do próximo sábado, dia 27, já poderão vir a ser taxadas com o novo imposto de importação
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
trackback

[…] também: Arraiá de Maricá 2024 encerrou no domingo (07/07) com diversas atrações e nos acompanhe nas redes […]

Últimas Notícias