Pagamento via Pix por aproximação deve começar em fevereiro de 2025

Na quinta-feira (04), o Banco Central anunciou que, a partir de fevereiro de 2025, os correntistas poderão utilizar o Pix por aproximação
às
pix
Foto: Guilherme Rodrigues/Myphoto Press/Estadão Conteúdo

Na quinta-feira (04), o Banco Central anunciou que, a partir de fevereiro de 2025, os correntistas poderão utilizar o Pix por aproximação. Essa modalidade permitirá transferências instantâneas sem sair do ambiente de compras on-line e ir para o aplicativo. A autoridade monetária e o Conselho Monetário Nacional (CMN) implementaram novas regras para expandir o open finance, o compartilhamento de dados entre instituições financeiras, e permitir a função.

No entanto, esta funcionalidade requer a inclusão de novos tipos de instituições financeiras no financiamento aberto e estabelecimento de uma governança definitiva para partilhar dados entre elas.

No final de julho, o Banco Central publicará as normas mais detalhadas sobre o tema, que orientarão as instituições financeiras e definirão suas responsabilidades no novo instrumento. Os testes começarão em novembro e o serviço será lançado ao público em fevereiro do próximo ano.

De acordo com informações divulgadas pelo BC, no dia 31 de julho de 2024 ocorre a regulamentação específica para a Jornada de Pagamentos Sem Redirecionamento (JSR), nome formal do Pix por aproximação; Os testes pelas instituições financeiras começa no dia 14 de novembro de 2024 para garantir que a funcionalidade é segura; E por fim, no dia 28 de fevereiro de 2025, a ferramenta será lançada ao público.

As novas regras do open finance visam reduzir as etapas de pagamento on-line. Para isso, será necessária a oferta do Pix nas carteiras digitais, instituições financeiras onde os clientes depositam dinheiro para realizar pagamentos on-line.

Pelas novas regras, as instituições financeiras com mais de 5 milhões de clientes, individuas quanto conglomerados, serão obrigadas a aderir ao financiamento aberto.

Conforme o BC, a mudança ampliará, de 75% para 95%, a base de clientes que podem optar por compartilhar seus dados entre as instituições. O cliente com carteiras digitais deverá se cadastrar em uma instituição inscrita no open finance e liberar as funções de Pix nas carteiras digitais.

Fonte: diariodorio.com

Veja também: Finalmente sabemos por que algumas pessoas desenvolveram a Covid-19 e outras não e nos acompanhe nas redes sociais.

Veja também

Light afirma que teve que fazer uma parada emergencial por causa de um defeito na rede subterrânea.
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
trackback

[…] também: Pagamento via Pix por aproximação deve começar em fevereiro de 2025 e nos acompanhe nas redes […]

Últimas Notícias