Prefeitura de Maricá entrega 20 casas a pessoas que moravam em áreas de risco

Prefeitura de Maricá, , por meio da Secretaria de Habitação e Assentamentos Humanos, cerimônia entrega simbólica de sete das 20 residências
às
????????????????????????????????????
Foto: Clarildo Menezes

Prefeitura de Maricá

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Habitação e Assentamentos Humanos, realizou nesta quinta-feira (07/03) a cerimônia de entrega simbólica de sete das 20 residências em São José do Imbassaí destinadas a famílias que moravam em áreas de risco. As  famílias contempladas moravam nas comunidades Beira Rio, Taboal e Morro do Amor receberam as chaves das novas casas.  Outras 30 casas localizadas em Itaipuaçu serão entregues na próxima quinta-feira (dia 14/03). 

O prefeito de Maricá, Fabiano Horta, falou sobre o significado da entrega das casas.

“Nós sabemos o que significam essas casas na vida das pessoas. Há um sentimento de renovo, de esperança. O que está acontecendo aqui hoje, e também em Itaipuaçu, já aconteceu em Ubatiba, no Pindobal e no Recanto do Alecrim. É um conjunto de reassentamentos que tem transformado a realidade das áreas de risco, em áreas seguras”, disse o prefeito.

Durante a solenidade, Fabiano Horta anunciou que a Prefeitura vai encaminhar à Câmara de Vereadores um projeto de Lei que prevê o auxílio de 5 mil reais para cada uma das 20 famílias contempladas.  O benefício será destinado a aquisição de mobília para atender às necessidades dos moradores. A Prefeitura pediu a alteração da Lei nº 3.406, de 30 de outubro de 2023.

“Eu queria anunciar que todos vocês que estão vindo de áreas afetadas por mudanças climáticas vão receber um auxílio de 5 mil reais, para comprar móveis, geladeiras, fogões e, assim, possam morar na casa nova com um mobiliário novo”, anunciou Fabiano Horta.

Secretário de Governo, João Maurício de Freitas também falou sobre a importância da entrega.
“Estamos escrevendo a história de um trabalho preventivo. Identificando cada pessoa que está em área de risco e oferecendo uma moradia digna. Vocês não estão entrando em qualquer casa, mas numa casa digna, com quarto, banheiro, varanda, cozinha e área de serviço. São moradias com dignidade”, destacou o secretário.

O secretário de Habitação e Assentamentos Humanos, Victor Maia, adiantou que outras casas serão entregues ainda este ano.

“Este ano vamos entregar outras casas no intuito de realizar uma política habitacional de um modo bastante sério, sensível, que construa uma cidade, de fato, justa para todos nós. A habitação social é fundamental para uma cidade que pensa valores democráticos e de justiça”, sentenciou Maia.

Moradores comemoram a casa nova

Moradora da Mumbuca, Marlene de Almeida Oliveira, 55 anos, falou da alegria em receber um novo imóvel na orla das Amendoeiras. “Eu estou feliz demais. A minha casa da Mumbuca foi demolida. Ficamos cinco meses no aluguel social.  Agora, minha casa é na Amendoeira. Eu amei”.

Leonardo Coutinho recebeu as chaves do imóvel no Parque Nanci. “Gostaria de agradecer ao prefeito Fabiano Horta e todos os envolvidos da secretaria de Habitação por estarem sendo responsáveis por tirar a gente da área de risco em que vivíamos. Estamos sendo contemplados com esses imóveis em uma área segura e trazendo uma melhor qualidade de vida”, festejou.

Terezinha Pedro, que também ganhou um imóvel na orla das Amendoeiras, em São José do Imbassaí, lembrou dos momentos difíceis que teve na sua antiga casa, na Mumbuca.

“Muitas vezes a nossa casa enchia de água, meu genro me acordava falando que o rio levaria nossa casa. A gente subia em cima da mesa, amarrava em uma corda, deixava pendurado para a água não carregar. Isso acabou. Estou muito feliz em receber o novo imóvel”, disse emocionada.

Programa Habitar

A entrega faz parte do programa “Habitar”, que tem a missão de garantir o direito social à moradia com qualidade e segurança. A política habitacional é destinada à população em situação de vulnerabilidade e de baixa renda e integra as ações promovidas pela Prefeitura de Maricá para combater o déficit quantitativo e qualitativo de moradias na cidade.

Entre os objetivos fundamentais de um reassentamento é o trabalho com base na prevenção e minimização de riscos de mortes provenientes das alterações climáticas, de todas as intempéries que têm assolado a cidade nos últimos anos, ou seja, ele prevê a retirada das pessoas de lugares muito precários e sua recolocação em habitações que têm conforto, uma estética boa, segurança e um suporte social.
Estiveram presentes na solenidade a secretária de Administração, Maria José de Andrade; o secretário de Assistência Social, Thiago Ribeiro; o secretário e a subsecretária de Comunicação, Eduardo Bahia  e Amanda Pereira, o secretário de Iluminação, Adelso Pereira e o secretário de Assuntos Religiosos, Jessé Miranda Paz.

Também participaram da cerimônia os vereadores Frank Costa, Jorge Luiz Castor; Paulo César de Moraes (Teco Paulista).

Veja também: Cine Henfil apresenta especial Mulheres na Tela e nos acompanhe nas redes sociais.

Veja também

Uma motocicleta foi parar em cima de um poste, em meio à fiação elétrica, na madrugada desta segunda-feira
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias