Prefeitura de Rio Bonito exonera funcionários e cria cargos na Saúde

às

Na última publicação oficial de 2018 (28/12) da Prefeitura de Rio Bonito, foram definidas pelo Executivo a exoneração de funcionários em cargos públicos de provimento em comissão e funções gratificadas e também a criação de dois cargos na Secretaria Municipal de Saúde, de Agente Comunitário de Saúde (ACS) e de Agente de Combate às Endemias (ACE). Entre os funcionários exonerados, estão servidores da Guarda Municipal, assessores e até diretores das escolas municipais.

Foram exonerados os assessores especiais e assessores de coordenação (SM); o diretor-chefe da Guarda Municipal; o diretor de Departamento de Trânsito e o assessor-chefe de Gerenciamento de Crises e Desastres (DAS-1); assessores, assessores técnicos de Gerenciamento de Crises e Desastres e o vice-diretor da Guarda Municipal (DAS-2); assessores técnicos (DAS-3); diretor de departamento (DAS-4); diretores de divisão e assistentes (DAS-5) e assistentes II (DAS-6).

Já nas funções gratificadas, foram exonerados os chefes de serviço (CAI-1) e de seção (CAI-2). Também foram exonerados, da Secretaria Municipal de Educação, diretores e diretores-adjuntos das escolas do município.

Novos cargos na Saúde

Em ato oficial publicado em 26 de dezembro de 2018, a Prefeitura de Rio Bonito criou os cargos de Agente Comunitário de Saúde (ACS) e de Agente de Combate às Endemias (ACE), que responderão à Secretaria Municipal de Saúde.

Os Agentes Comunitários de Saúde trabalharão na promoção da saúde e na prevenção de doenças através de ações desenvolvidas na comunidade, de acordo com as diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS). Já aos Agentes de Combate às Endemias trabalharão com a prevenção e o controle de doenças que acontecem com muita frequência em um determinado local, detectando e combatendo os focos endêmicos.

A contratação de profissionais para atuar nos novos cargos deve ser precedida de concurso público, que ainda será definido. Os cargos possuem jornada diária de oito horas, ou 40 (quarenta) horas semanais, com o piso salarial em R$ 1.014,00. Ao todo, 137 vagas serão disponibilizadas para as funções, sendo 110 para o cargo de Agente Comunitário de Saúde e 27 para o cargo de Agente de Combate às Endemias.

Foto: Galileu

Veja também

Crime ocorreu enquanto a vítima viajava junto com o marido dela pelo continente asiático, segundo a embaixada do Brasil em Nova Déli.
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias