Marcelo perde pênalti e Volta Redonda empata com Fluminense

às

Como diriam os mais antigos, o Volta Redonda teve a faca e o queijo na mão para derrotar o Fluminense, na abertura da Taça Guanabara, no Maracanã. O time do Sul do estado saiu na frente em cobrança de pênalti convertida por João Carlos, no primeiro tempo. Na etapa final, teve mais uma penalidade a favor, dessa vez desperdiçada por Marcelo. O adversário cresceu e conseguiu empatar em 1 a 1 na reta final.

Marcelo se disse tranquilo com o desfecho da partida, apesar de reconhecer o peso que o erro trouxe para o resultado final. Com 81 jogos e 15 gols marcados pelo Volta Redonda, o capitão segue com o moral elevado internamente. “Eu fico chateado, mas de cabeça erguida. O João pediu para bater o primeiro pênalti, algo normal. E no ano passado quem cobrava o pênalti era eu. Hoje infelizmente eu errei e só perde quem bate. Estou feliz por estar chegando nessa marca de 100 jogos, mas o mais importante para mim hoje seria fazer o gol e sair com a vitória”, afirmou.

Técnico do Voltaço, Toninho Andrade explicou a questão envolvendo a troca de batedores. Segundo o comandante, houve um acordo de momento. Para a sequência da competição, no entanto, ele quer uma definição sobre quem ficará com a responsabilidade de maneira definitiva. “Na grande realidade o João tem treinado pênalti e o Marcelo é o batedor antigo. Como o João havia batido contra o Tupynambás (em jogo-treino) e havia feito, acabou dando sequência. E o Marcelo acabou se entendendo com o João para poder bater (o segundo). Mas isso é uma coisa que vai ter que ficar bem definida para a próxima situação. Acho que essa situação de trocar o batedor, sendo o Marcelo ou o João, é algo que vamos definir. Acabou não trazendo um bom ajuste”, disse o treinador.

O Volta Redonda segue a caminhada na Taça Guanabara diante do Vasco. O confronto acontece na próxima quarta-feira (23), às 21h30, em São Januário.

Fonte: FutRio.net

Veja também

Encerradas definitivamente, sistema de transferências via DOC, um dos mais tradicionais meios de pagamentos bancários por décadas.
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias