Descubra as ruas mais charmosas do Rio

Com mais de 16 mil logradouros públicos, o Rio é uma cidade onde cada rua é uma viagem através da história e da tradição
às
ruas
Foto: Divulgação/diario do rio

Com mais de 16 mil logradouros públicos, o Rio é uma cidade onde cada rua é uma viagem através da história e da tradição. Do subúrbio às movimentadas vias da zona sul, cada uma tem seu charme. Por isso, a reportagem selecionou as ruas mais charmosas da cidade maravilhosa.

1. Rua General Glicério (Laranjeiras)

Conhecida por sua arquitetura pitoresca e a animada feira de sábado, a Rua General Glicério é um ícone do bairro de Laranjeiras. Seus edifícios históricos da década de 40 e jardins bem cuidados a tornam uma verdadeira joia da cidade. Os apartamentos da rua são avaliados em mais de R$ 2 milhões.

2. Rua Pires de Almeida (Laranjeiras)

Uma verdadeira jóia escondida, a Rua Pires de Almeida é um testemunho da beleza arquitetônica do Rio. Com seus edifícios preservados e ambiente acolhedor, é um passeio pelo passado da cidade. O projeto de 1927 é um dos primeiros empreendimentos imobiliários de grande porte da cidade. Ao longo de seus 300 metros, ela tem 23 edifícios e 158 apartamentos construídos pela Companhia Sul América. Todos muito bem conservados, que lembram as cidades da Itália.

3. Rua Grajaú (Grajaú)

Com suas ruas arborizadas e atmosfera tranquila, Grajaú é um dos bairros mais charmosos da zona norte. Seu planejamento urbano dos anos 20 com ruas organizadas em quadriculado e uma praça central. Suas casas centenárias preservadas fazem dela um tesouro carioca.

4. Rua Paissandu (Flamengo)

Aberta em 1864 e repleta de história, a Rua Paissandu é um dos tesouros do Flamengo. Com sua alameda de palmeiras imperiais e edifícios históricos, é um convite a um passeio pelo Rio antigo. A rua ligava o Palácio Isabel (atual Palácio Guanabara), nas Laranjeiras, à Praia do Flamengo, na Zona Sul. Moradora do palácio, a princesa Isabel gostava de passear pela alameda com sua família. As grandes sombras das palmeiras, que vivem, no mínimo, 100 anos, aliviavam o calor. Em seu trajeto, construções de estilo Eclético, Romântico e Art Déco. Nos anos 1860, o marido da princesa, o Conde D’Eu, ampliou a rua, uma das mais importes da época, endereço nobre da elite do Rio. A maioria dos casarões foi demolida, mas sobraram alguns do século XIX.

5. Rua Maria Angélica (Jardim Botânico)

Localizada, literalmente, aos pés do Cristo Redentor, a Rua Maria Angélica é um refúgio de tranquilidade no agito da cidade. Com seus casarões e clima bucólico, é uma amostra do Rio de Janeiro de outros tempos.

6. Rua Maria Eugênia (Humaitá)

Com suas árvores centenárias e ambiente residencial, a Rua Maria Eugênia é um oásis de tranquilidade em Humaitá. Seu charme único e proximidade com a Floresta da Tijuca a tornam um local privilegiado para se viver.

7. Rua Redentor (Ipanema)

No coração de Ipanema, a Rua Redentor encanta com seu ambiente residencial e proximidade com o mar e a Lagoa. Com seus prédios tradicionais da década de 70 e 80 e clima descontraído, é um dos endereços mais desejados da cidade por estar no Quadrilátero do Charme, ponto mais cobiçado e exclusivo do bairro, com os melhores bares e lojas da Zona Sul.

Fonte: diariodorio.com

Veja também

O Governo do Estado concluiu o primeiro trecho das obras de reurbanização da Avenida 22 de Maio, em Itaboraí
às
A população de Casimiro de Abreu demonstrou grande solidariedade às vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul
às
Uma nova frente fria deve se estabelecer no Brasil neste final de semana. Essa mudança na temperatura irá provocar o aumento
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias