Macaé: Mulher é estuprada e estrangulada até a morte

Em Macaé, uma mulher foi encontrada morta na manhã desta terça-feira.

De acordo com a PM, a mulher foi encontrada estrangulada e estuprada na BR-101 próximo Ao aterro sanitário. De acordo com eles, a perícia foi acionada ao local onde o corpo foi encaminhado para o IML de Macaé. A vítima ainda não foi identificada.

O caso foi apresentado na 123 DP de Macaé.

Ninguém foi preso.

‘Se estupro é inevitável e iminente, relaxe e aproveite’ Professor é demitido após fazer comentário sobre estupro

Um professor universitário foi demitido após fazer um comentário sobre estupro durante uma aula remota para alunos do curso de engenharia da produção da Uniguaçu Centro Universitário, de União da Vitória, na região sul do Paraná.

A instituição de ensino anunciou o desligamento na noite dessa sexta-feira (19).

“É algo, meu amigo, que você tem que se adaptar. Desculpe, meninas, sei que é chulo o que eu vou dizer, mas é aquele ditado: se o estupro é inevitável e iminente, relaxe e aproveite”, afirmou o professor Ricardo Germano Efing.

Segundo a aluna, o professor estava dando um exemplo sobre casos em que empresas precisam demitir pessoas que não conseguem se adaptar a novos processos e novas tecnologias.

Em nota, o professor afirmou que o vídeo contém um “fragmento descontextualizado da aula”. Ele afirmou que falou a frase ao exemplificar uma situação, mas disse que reconhece que a expressão “se mostra integralmente inapropriada e que não poderia ser aceita com naturalidade ou indiferença”. Veja mais abaixo a nota na íntegra.

O comentário foi feito durante uma aula transmitida no dia 12 de março. No dia seguinte, no sábado (13), um trecho com a frase foi gravada, e o vídeo viralizou nas redes sociais.

Outra instituição onde o professor dava aula, o Centro Universitário Campo Real, de Guarapuava, na região central do estado, também informou, na manhã deste sábado (20), que Efing foi desligado.

A Uniguaçu informou que pediu desculpas à turma por meio do coordenador do curso assim que soube do comentário. Paralelamente, iniciou o processo administrativo para averiguar o caso e, na sexta-feira (19), demitiu o professor.

Segundo a instituição, Efing pediu desculpas à turma após alunos reclamarem com a coordenação do curso.

 

 

 

Fonte: osaogoncalo

Homem acusado de estuprar enteada de apenas 10 anos é preso

Nesta sexta-feira (05), agentes da 58ª DP (Nova Iguaçu) capturaram um homem acusado de estuprar a enteada de apenas 10 anos, em Nova Iguaçu, Baixada Fluminense. Contra o suspeito foi cumprido um mandado de prisão preventiva solicitado pela Justiça. De acordo com as investigações, os abusos ocorrem a cerca de um ano enquanto a mãe da vítima não estava na residência.

 

O criminoso chegava a ameaçar a criança para que ela não contasse para ninguém sobre o caso. Após algum tempo, a menina acabou revelando os abusos escrevendo uma carta e a desenhar descrições do que acontecia quando estava com o autor do crime. Assim que a mãe descobriu os horrores em que a filha passada, decidiu procurar a polícia.

 

A vítima foi levada para o Instituto Médico Legal (IML), onde fez o exame de lesões, apontando a violência sexual. O Conselho Tutelar foi informado sobre o caso, e logo começou a acompanhar a família. Segundo o depoimento realizado pela mãe da menina, ela revelou que também já havia sido vítima de violência sexual, psicológica e física pelo companheiro. O criminoso já chegou a ameaçar a esposa e os demais membros da família com uma arma de fogo. De acordo com o delegado responsável pelo caso, o suspeito já tinha histórico criminal de violência doméstica.

 

Fonte: osaogoncalo.com.br

Suspeito de estuprar o próprio sobrinho é preso em Silva Jardim

Um homem de 51 anos, que estava foragido da Justiça, foi preso nessa quinta-feira (26), suspeito de estuprar o próprio sobrinho, em Silva Jardim, no interior do Rio de Janeiro. De acordo com a Polícia Civil, o crime teria ocorrido no ano de 2012, e a vítima é sobrinha do agressor.

Ainda segundo a Polícia Civil, a Justiça decretou o mandado e prisão preventiva contra o homem, que foi localizado em um sítio na localidade de Bananeiras. O suspeito foi levado para a 120ª Delegacia Policial e indicado por estupro de vulnerável.

Se for condenado, o homem pode pegar entre oito e 15 anos de reclusão. A reportagem não conseguiu contato com a defesa do suspeito.

 

 

Fonte: informerj

Vocalista da banda Molejo chega à Delegacia de Polícia para depor sobre suposto estupro

O vocalista do grupo Molejo, Anderson Leonardo, chegou às 14h35 desta sexta-feira, na 33ª DP (Realengo). O cantor foi intimado para prestar depoimento na distrital, a respeito da acusação de estupro que recebeu de Maycon Douglas Pinto do Nascimento Adão, conhecido como MC Maylon, de 21 anos.

O cantor na chegada, preferiu não falar com a imprensa  sobre as declarações da suposta vítima que o acusa.
Na quinta-feira, MC Maylon também prestou depoimento na distrital. O funkeiro trouxe a cueca que ele disse ter usado no dia em que o suposto estupro teria acontecido, que, segundo ele, poderia ter vestígios de sangue e esperma. Ele também trouxe o sabonete do motel onde afirma ter se encontrado com Anderson.

Os funcionários do motel também prestariam depoimento nesta sexta-feira, mas solicitaram o reagendamento do depoimento para o início da próxima semana. A expectativa é que o gerente do estabelecimento entregue a polícia as imagens de câmeras de segurança do local, para a perícia apurar se realmente Anderson e MC Maylon estiverem no motel.

 

 

Fonte: odia.ig.com.br