Árvore cai durante temporal e destrói casa no Loteamento Parque Maravilha

às

Uma árvore de grande porte se partiu ao meio e destruiu quase que totalmente uma residência no Loteamento Parque Maravilha (antiga Parmalat), em Rio Bonito, na tarde do último dia 25. A queda ocorreu por volta das 16h, durante o forte temporal que atingiu o município. No momento do acidente, três pessoas estavam na casa, incluindo uma criança de 9 anos, mas, por sorte, ninguém ficou ferido. O imóvel foi interditado pela Defesa Civil do município.

De acordo com relato de vizinhos, chovia bastante no momento da queda. “Essa história não teve um desfecho pior porque segundos antes da árvore cair deu para ouvir um estalo forte dela se partindo. Nesse meio tempo, eles (a família) conseguiram se abrigar no quarto que não foi atingido. Da sala e cozinha, não sobrou nada. Mas, pelo estado da casa, acho difícil eles conseguirem voltar. Mas, o mais importante é que ninguém ficou ferido”, contou o vizinho Lucas Silva.

A reportagem da FOLHA esteve no local na tarde da última segunda-feira (28) e o cenário era de total destruição. Apenas as paredes dos dois quartos ainda permaneciam de pé. O telhado foi completamente destruído. Os móveis e eletrodomésticos da cozinha e da sala foram todos danificados. Em um dos quartos, os galhos destruíram uma cama e uma cômoda. Roupas ainda estavam espalhadas pelo chão. Pouca coisa deu para salvar.

O cunhado da dona da casa, Fábio Lessa,  conta que no local moravam quatro pessoas. “Aqui morava minha cunhada e os três filhos. O maior, de 18, estava trabalhando na hora do acidente. Pelo que me contaram, a Rafaela ao ouvir o estalo na árvore correu com as outras duas crianças, uma de 9 e outro de 13, para o quarto. Foi a sorte. Porque pelo impacto poderia ter acontecido uma tragédia”, revelou.

De acordo com informações da Defesa Civil, a família será incluída no programa de aluguel social até que possa encontrar um novo lar.  “Fizemos o laudo de interdição e explicamos que, nesses casos, a Prefeitura oferece abrigo para as famílias que perderam suas casas, mas ela preferiu ir para casa de familiares com os filhos. Eles agora serão incluídos no aluguel social até que possam retomar a vida normal”, explicou David Cardoso, subcoordenador da Defesa Civil municipal.

Além da Defesa Civil, o Corpo de Bombeiros também esteve no local para atender a ocorrência. Uma casa na Mangueira também precisou ser interditada pela Defesa Civil durante o temporal do último dia 25. As fortes rajadas de vento destelharam a residência e causaram rachaduras em alguns cômodos. A família também precisou deixar o local e se abrigou na casa de parentes na localidade do Sambê. Eles também deverão ser incluídos no aluguel social.

Queda de árvores

Segundo informações da Defesa Civil, pelo menos 10 árvores caíram em pontos diferentes da cidade. Foram registradas ocorrências na Jacuba, Basílio, Lavras, Caixa D’água, Bela Vista e no Centro da cidade, onde uma árvore caiu e quase atingiu um veículo que estava estacionado em frente a agência do Banco do Brasil. A trânsito precisou ser interrompido por cerca de 4h para que uma equipe da Secretaria de Obras conseguisse desobstruir o local.

“Dessa vez, foi uma chuva intensa, que, apesar de não ter durado muito tempo, veio acompanhada de ventos fortes, o que acabou derrubando várias árvores pela cidade. Não tivemos um volume muito grande de água, tanto que não registramos ocorrências de alagamento. Ainda não fechamos o relatório de ocorrências dessa ultima chuva, mas pelo menos 10 árvores caíram em pontos diferentes da cidade”, revelou David.

Veja também

Alternar braços, durante a vacinação não é apenas uma escolha prática, mas uma estratégia que pode resultar em melhor resultado
às
AquaRio, abre mais cedo para receber pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e suas famílias circuito adaptado das 8h30 às 10h
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias