Conselho Comunitário de Segurança de Tanguá é reativado depois de oito anos

às
foto destaque site
Foto: Secom Tanguá

Depois de oito anos o Conselho Comunitário de Segurança (CCS) de Tanguá foi reativado na última segunda-feira (17). A cerimônia aconteceu no Centro de Referência da Juventude de Tanguá, com a presença de representantes do Instituto de Segurança (ISP) do Estado, da Polícia Civil, Polícia Militar e governo municipal. O ponto alto do encontro foi a posse dos membros do Conselho que iniciarão as reuniões já no próximo mês.

Além disso, leia também outras notícias sobre Tanguá.

De acordo com dados oficiais, o CCS de Tanguá teve início em 2008, mas parou suas atividades em 2016.

Segundo o ISP, os Conselhos Comunitários de Segurança são “canais de comunicação entre a sociedade civil e as Secretarias de Estado de Polícia Civil e de Polícia Militar, atuando como colaboradores voluntários, não remunerados e compromissados com a redução da violência, da criminalidade e com a paz social”.

As reuniões acontecem mensalmente com a participação de qualquer membro da sociedade, que não precisa de convite para estar presente, e representantes das Polícias locais.

Na ocasião da reativação, foram empossados o presidente do CCS, Izaias de Oliveira Santana; o vice, Ruanh Jason dos Santos Meneses; 1º secretário, Mário Joaquim Avelino de Almeida; 2º secretário, Marco Aurélio Rocha Soares e diretor social e de assuntos comunitários, Cristiano Xavier Afonso. Todos têm o mandato de dois anos na função, e posteriormente haverá uma eleição para os cargos.

Desde retornou a 70ª Delegacia de Polícia de Tanguá, o delegado Roberto Nunes fala da importância do Conselho Comunitário de Segurança como um importante instrumento para o combate a criminalidade, já que muitas das vezes, os delitos não chegam até o conhecimento das autoridades. Durante sua fala na solenidade, o delegado destacou o papel do CCS para a construção de um futuro melhor para Tanguá.

“O futuro melhor só pode vir se cada um fizer a sua parte. O Conselho Comunitário de Segurança busca integrar a participação de qualquer membro da comunidade, desde a pessoa física até as associações, instituições e políticos. Que nós possamos todos juntos participarmos com os órgãos de segurança, na busca desse futuro melhor”, disse o delegado.

O prefeito Rodrigo Medeiros, também presente na ocasião, falou sobre a queda da criminalidade em Tanguá.  

“A retomada do Conselho Comunitário de Segurança simboliza a união de todas as esferas de governo na área de segurança pública, já que antes, era dominada pela criminalidade”, disse o prefeito.

Conselho Comunitário de Segurança de Tanguá. A organização foi reativada depois de oito anos de paralização. Foi dado posse aos novos membros
Conselho Comunitário de Segurança de Tanguá – Foto: Secom Tanguá

Também estiveram presentes na reativação o subcoordenador dos Conselhos Comunitários de Segurança do ISP, major Rodrigo Veillard; o subcomandante do 35º Batalhão de Polícia Militar, major Toledo; o comandante da 2ª Cia da Polícia Militar de Tanguá, tenente Victor Vieira; o secretário municipal de Segurança, major Fabiano Costa e o presidente da Câmara de Vereadores de Tanguá, Serginho do Pinhão.

Assim que ler a matéria, deixe seu comentário e nos siga nas redes sociais.

Por Lívia Louzada

Veja também

Segundo o Centro de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), seis municípios no estado do Rio
às
As compras internacionais feitas a partir do próximo sábado, dia 27, já poderão vir a ser taxadas com o novo imposto de importação
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias