Funcionários de empresa que presta serviços a Autopista Fluminense entram em greve

às

Na manhã desta quarta-feira (2), funcionários da empresa de conservação rodoviária Air Less entraram em greve contra a redução de salários e o fim do vale-alimentação fornecido aos empregados. A firma presta serviços para a Arteris Fluminense, concessionária que administra a BR-101 no trecho de Niterói a divisa com o Espírito Santo. Um vídeo da reunião dos funcionários da empresa foi divulgado hoje nas redes sociais.

A Air Less existe há mais de 20 anos, no setor de conservação de rodovias e realização de obras rodoviárias, abrangendo 1.150 km de vias nos estados do Rio, São Paulo, Paraná, Bahia, Tocantins e Goiás. Os funcionários da empresa afirmam que perderam o vale-alimentação, no valor de R$ 250, passando a receber quentinhas, e que teriam tido uma redução no salário. Ainda de acordo com o relato dos empregados, todos foram contrários às mudanças. Os manifestantes ainda acusam a empresa de ter demitido sete funcionários, dos quais três estavam envolvidos com os protestos.

“Abaixaram nosso salário, estamos ganhando menos de um salário mínimo. Tiraram a refeição, tiraram tudo. Nem água nós temos”, relatou um dos funcionários em um vídeo.

Em nota, A Arteris Fluminense, que administra a BR-101, informou que está em dia com obrigações contratuais com a empresa Air Less e que não pode interferir  na política de benefícios que ela pratica, tendo em vista caber exclusivamente a Air Less sua gestão empresarial e acordos coletivos vinculados. A empresa também informou que em decorrência de obrigação contratual, a  Air Less deve apresentar, mensalmente, documentos comprobatórios de quitação de folha de pagamentos e demais obrigações trabalhistas com seus funcionários, o que vem sendo cumprido até o momento.

Confira o vídeo abaixo:

https://www.facebook.com/ItaboraiEmFoco/videos/334708233794401/

 

Veja também

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Saúde, abriu nesta segunda-feira (04/03) o segundo polo de atendimentos à dengue
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias