Deputado Guilherme Delaroli denuncia abusos do Detro nas fiscalizações de vans

criticou com veemência os excessos praticados por agentes do Detro na fiscalização de veículos do transporte complementar. 
às
guil
Foto: Divulgação

Em audiência da CPI das Agências Reguladoras, nesta quinta-feira (23/05) na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), o deputado estadual Guilherme Delaroli (PL) criticou com veemência os excessos praticados por agentes do Detro na fiscalização de veículos do transporte complementar. 

“Se tiver o mesmo rigor, vai faltar espaço e reboque para levar ônibus. Por que não age com o mesmo rigor com as empresas de ônibus?”, questionou Delaroli ao presidente do Detro, Leonardo Matias. “Se for autuar todas as empresas, a população vai ficar sem transporte”, admitiu o representante do órgão fiscalizador, para surpresa e indignação geral. 

O deputado refutou dizendo que o serviço de ônibus e de transporte complementar, por serem de utilidade pública, deveriam ter o mesmo tratamento fiscalizatório, o que não ocorre.

“Em todo Estado vemos condutas abusivas, já presenciei até disparos de arma de fogo contra vans em ações desastrosas de agentes do Detro”, pontuou Delaroli, criticando nominalmente as empresas Rio Ita e Maravilha pelas péssimas condições dos veículos que circulam no município de Itaboraí. 

“Ônibus com teto furado, pneu careca, sem ar-condicionado, mas o Detro só corre atrás de van”, bradou o deputado Guilherme Delaroli. 

Veja também: RJ é eleito o 2° estado com as pessoas mais grosseiras no trânsito e nos acompanhe nas redes sociais.

Veja também

Dois homens foram presos em flagrante na madrugada desta segunda-feira (17) por porte ilegal de armas, munições
às
Uma pré-candidata a vereadora de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, e seu filho foram assassinados na noite deste sábado
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias