Lona na Lua é tema de reportagem do programa ‘Mais Você’, e mais uma vez fará parte do ‘Criança Esperança’

Depois de muita ansiedade, finalmente foi ao ar a participação do projeto Lona na Lua no programa ‘Mais Você’ da TV Globo. A gravação foi feita no dia 6 de julho, mas só foi exibida nesta sexta-feira (5). A equipe da apresentadora Ana Maria Braga esteve no projeto social para mostrar o trabalho do projeto, que pela terceira vez será contemplado com as doações da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), através do ‘Criança Esperança’.

Com a ajuda, o Lona na Lua Rio Bonito ganhará a ‘Biblioteca Comunitária Lona na Lua’. A notícia de mais essa parceria com as instituições, veio através da atriz Letícia Salles, que interpretou a personagem Filó na primeira fase da novela ‘Pantanal’.

O repórter do ‘Mais Você’, Ivo Madoglio, mostrou as instalações do Lona na Lua Tanguá, as aulas que são realizadas pelo projeto, entrevistou alunos e professores, e ainda se arriscou no equilíbrio do prato.

Para o fundador e coordenador do Lona na Lua, Zeca Novais, “aos poucos a nossa região está se acostumando com a presença do Lona na Lua na grande mídia. E eu fico feliz com isso, porque é um sinal de credibilidade do movimento. Este projeto nasceu com a missão de dar voz a crianças e jovens. E hoje, no Mais Você a voz dessa meninada ecoou mais uma vez”.

Parceria

Essa é a terceira vez que a entidade recebe a parceria das duas instituições para beneficiar mais de 200 crianças e jovens de 6 aos 18 anos, a primeira vez foi em 2018. O Lona é uma das 71 instituições apoiadas pelos órgãos em todo o país.

“Sou muito grato à TV Globo porque eles fazem parte de nossa história de forma direta. Reforma do Caldeirão, Criança Esperança, além da presença marcante do setor de responsabilidade social e do jornalismo da emissora em nossa casa, é sempre uma alegria. A Unesco é um símbolo de credibilidade e seriedade. Mais que o apoio financeiro, esta chancela é extremamente importante para o Lona na Lua”, disse Zeca Novais.

Com as doações ao programa, serão comprados o mobiliário, computadores, e principalmente os livros que farão parte do acervo do Lona, tudo com o objetivo de incentivar a leitura. Em tom de promessa, o coordenador do Lona diz que o grupo ainda tem muito mais para crescer.

“O Lona na Lua, que nasceu em Rio Bonito e se expandiu para Tanguá, é uma Instituição respeitada Brasil afora. Tenho muito orgulho da mensagem de resistência e resiliência que essas crianças e jovens conseguem passar para todos. O Lona na Lua vai crescer muito ainda. São 13 anos de história, mas ainda é só o começo. Podem anotar no caderninho”, enfatiza Zeca.

 

 

Lívia Louzada

Foto: Reprodução TV Globo