Pais e bebê de 7 meses morrem baleados em Niterói

às
carro furado
Foto: Reprodução/TV Globo

Família morre baleada em Niterói. Uma família foi morta a tiros dentro do carro onde estava no fim da noite de ontem, domingo (17), no bairro Baldeador, em Niterói. O casal Filipe Rodrigues e Raissa Santos morreu na hora; o filho, Miguel Felipe dos Santos Rodrigues, de apenas 7 meses, com uma bala na cabeça e atingido no joelho, chegou a ser operado, mas não resistiu.

Além disso, leia outras notícias de Niterói.

A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí investiga o caso e busca as motivações para o ataque.

“Uma pessoa de bem, trabalhadora, trabalhava de Uber e colocando gesso. Era uma pessoa maravilhosa, não era envolvido com nada. Ele tinha uma vida linda pela frente, uma família linda, um sonho, e uma pessoa vem e acaba com a vida deles assim”, disse Adriana Rodrigues, prima de Filipe.

Ataque

Os três estavam em um Voyage branco alugado de uma locadora quando, em frente a um ponto de ônibus na Estrada Bento Pestana, no bairro Baldeador, 2 criminosos em uma moto emparelharam e abriram fogo. Raissa estava no banco de trás e ainda tentou proteger o filho.

Miguel ficou com uma bala alojada na cabeça e teve uma fratura na perna. Moradores o levaram para o Hospital Municipal Getúlio Vargas Filho (Getulinho).

Diante da complexidade do quadro, médicos decidiram transferi-lo para o Hospital Estadual Alberto Torres, onde passou por cirurgia. Às 5h08 desta segunda-feira, porém, o menino teve 2 paradas cardiorrespiratórias e morreu.

O Voyage MPI alugado onde as vítimas estavam é da Movida e está registrado no Detran-SP. Segundo a documentação do veículo, o carro é do Município de São Paulo.

Segundo parentes, a família era de São Gonçalo, e Filipe teria alugado o carro há pouco tempo para trabalhar como motorista de aplicativo.

Família morre baleada em Niterói. Um casal e o filho de 7 meses foram mortos na noite do último domingo (17) no bairro Baldeador, em Niterói.
Família morre baleada em Niterói – Foto: Reprodução/TV Globo

Muros da vizinhança ficaram com marcas de tiros. A Polícia Militar reforçou o patrulhamento na região.

Bairro tranquilo

Uma moradora do Baldeador, há mais de 10 anos, contou que a região é calma e que, no momento do ataque, ela pensou que fossem fogos. Em seguida, ela notou que havia pessoas baleadas. A mulher disse também que foram os próprios vizinhos que socorreram o bebê.

“Estávamos dormindo e escutamos muitos tiros. Pensamos que fossem balões ou fogos. Mas, depois vimos as pessoas mortas. Assustador e muitos tiros. Aqui não tem essas coisas. É bem pacato. Moro aqui há 10 anos e nunca tinha acontecido. É bem assustador essas coisas”, disse.

Assim que ler a matéria, deixe seu comentário e nos siga nas redes sociais.

Fonte: Natália Oliveira, Rafael Nascimento, TV Globo e g1 Rio

Veja também

Seguindo a resolução da Lei Estadual 5.198, de 2008, o dia 23 de abril é considerado feriado em todo o estado
às
O Festival Art&Bier encerrou seu primeiro fim de semana neste domingo (21/4) com um público acima do esperado na tenda
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
trackback

[…] Rio Bonito. Acusado é liberado Com 62,3ºC, Rio renova recorde de sensação térmica Pais e bebê de 7 meses morrem baleados em Niterói Plano de Cargos dos servidores da Prefeitura de Rio Bonito Saiba quais as chances de […]

trackback

[…] Rio Bonito. Acusado é liberado Com 62,3ºC, Rio renova recorde de sensação térmica Pais e bebê de 7 meses morrem baleados em Niterói Plano de Cargos dos servidores da Prefeitura de Rio Bonito Saiba quais as chances de […]

Últimas Notícias