Prefeitura reforma escadaria que dá acesso ao Darcy Vargas

A prefeitura de Rio Bonito começou a reforma e readequação da escadaria de acesso entre as Ruas Getúlio Vargas e João Carmo, no Centro. A escadaria é uma importante via de acesso dos moradores que procuram atendimento no Hospital Regional Darcy Vargas e em outras empresas que oferecem serviços de saúde, como consultórios médicos e dentários, ou simplesmente moram nas proximidades. Os 78 degraus da escadaria estão recebendo novo paisagismo, novos corrimões, postes de  iluminação e refletores em led, recuperação das laterais e dos espelhos dos degraus que estão recebendo pintura e desenho especial, além de canteiro central, entre outros. A obra, que começou em outubro e sofreu algumas paralisações por conta das chuvas, deve ser finalizada nas próximas semanas.

“Qualquer obra de revitalização que traga melhoria para o  centro da cidade é bem-vinda. Essa escadaria é muita usada por pessoas que procuram atendimento no hospital, mas ficou bastante tempo abandonada. Todos estão de parabéns pela iniciativa”, afirma o comerciante Rogério Bessa, proprietário da Lanchonete “Cantina Rio Bonito”, localizada ao lado da escadaria.

De acordo com a secretária de Urbanismo, Luciana Faria, o local é muito utilizado por idosos, inclusive por quem faz tratamento na clínica de oncologia e no hospital, pois facilita o acesso. “Estamos também colocando novo corrimão para garantir mais segurança, principalmente pelos pacientes da área de saúde. Mas o local também está ganhando um visual mais moderno”, garante a secretária.

A escadaria é um caminho natural utilizado diariamente por centenas de pessoas. Sem esse acesso,  os moradores têm que percorrer, por exemplo, cerca de 450 metros de subida para chegar ao hospital. “Eu passo sempre por aqui porque chego rapidinho ao hospital. Se fosse dar a volta, fica muito distante”, explica a moradora do Centro, Edir da Costa Moura, 75 anos.

Já para a moradora Narjara Andrade Dermier, a maior dificuldade fica por conta da subida. “Utilizo muito a escadaria, pois facilita bastante chegar ao hospital, que fica na parte alta da cidade. Nesse período de obras, tenho feito esse outro percurso, que é mais distante e muito íngreme, muito difícil de subir. A escadaria faz muita falta”, completa a moradora.