Médicos recomendam cuidados com a saúde nesta época de verão

às

Com a chegada do verão e das férias, a tendência é relaxar. Porém, é preciso estar atento aos cuidados com a saúde para evitar que a folga se transforme em problemas, especialmente neste ano, em que a umidade do ar está menor e as temperaturas estão cada vez mais altas, chegando aos 39ºC. A atenção deve ser redobrada especialmente com crianças e idosos, que possuem o organismo mais sensível.

É importante manter a hidratação em dia, já que um dos principais perigos dessa estação é a desidratação, que pode ocasionar problemas de saúde sérios, inclusive diarreia e vômito. Especialistas recomendam que se beba, no mínimo, 2 litros de água por dia. Também é preciso ter cuidado com a exposição solar, principalmente entre as 10h da manhã e às 16h. “A exposição ao sol fora do horário crítico, o uso de roupas claras e ventiladas, o uso de filtro solar de boa qualidade, além de boas alimentação e hidratação, constituem fatores básicos e indispensáveis para manter a saúde da pele durante o verão”, afirma o dermatologista do Hospital Geral de Bonsucesso, no Rio, Benjamin Baptista de Almeida.

A exposição em excesso aos raios solares pode ocasionar de envelhecimento precoce – causado principalmente pelos raios UVA – a câncer de pele, o mais comum no Brasil, devido à exposição excessiva aos raios UVB, que formam manchas na pele. A alimentação é outra questão que deve levantar cuidados durante o verão. É o que afirma o médico e ex-presidente do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro, Nelson Nahon. “Tem muita gente que se alimenta na rua. É preciso prestar atenção na qualidade, e, nas praias, tem que ver se os ambulantes estão com os alimentos expostos por muito tempo”, recomenda.

Em ambientes fechados, a recomendação é para garantir a ventilação nos cômodos. Em casa, ventiladores, ar condicionado e claro, a boa e velha chuveirada fria são opções. No trabalho, é importante ir frequentemente ao banheiro para lavar as mãos, o rosto, a nuca e os braços com água fresca.

Cuidados com o coração

Pessoas que possuem problemas cardiovasculares precisam se cuidar nesta época do ano. O excesso de bebida alcóolica deve ser evitado, já que o álcool causa desidratação e demora mais a ser processado pelo corpo devido às altas temperaturas. O calor também promove vasodilatação, o que causa a queda de pressão, e pode fazer com que a pressão de hipertensos suba mais, devido a uma resposta do organismo ao calor.  É preciso estar atento a sinais como tontura e palpitação, que podem indicar até mesmo um infarto. A prática de exercícios físicos é uma aliada para ajudar no cuidado com a saúde, mas deve levar em conta o condicionamento físico do individuo; passar dos limites pode também levar a um ataque cardíaco.

Outro cuidado importante nesse período do ano é com as doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti, como dengue, zika, chikungunya e febre amarela, já que é no verão que o mosquito se reproduz mais rápido. Para evitar as infecções é preciso seguir algumas recomendações: não deixar acumular água parada, criadouro favorito do mosquito; se imunizar, através da vacina contra a febre amarela, disponível nos postos de saúde e ambulatórios e utilizar repelentes. Quem vai viajar precisa deixar a casa em ordem antes de sair, mantendo fechados ralos e tampas de vasos sanitários, eliminando recipientes que possam acumular água e retirando água dos vasos de plantas.

Veja também

O governo federal apresentou nesta quarta-feira (24) o programa Voa Brasil, que deverá proporcionar passagens aéreas de até R$ 200
às
Segundo o Centro de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), seis municípios no estado do Rio
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias