Via Lagos fecha 2018 sem nenhuma morte na rodovia

às

A Via Lagos fechou o ano de 2018 sem nenhuma morte provocada por acidente na estrada, segundo dados da concessionária CCR, que administra os 57 quilômetros do trecho entre Rio Bonito e São Pedro da Aldeia. A rodovia recebe em média, todos os anos, cerca de sete milhões de motoristas que acessam às cidades da Região dos Lagos do Rio.

Resultados como este, inédito na história da concessão, fizeram da ViaLagos a via mais segura do Estado do Rio de Janeiro pelo quarto ano consecutivo, conforme avaliação da 22º Pesquisa CNT de Rodovias 2018 divulgada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT). A RJ-124 foi novamente a única, dentre todas as rodovias que cortam o Estado do Rio de Janeiro, com o status “ótimo” em todos os quesitos avaliados: Estado Geral, Pavimento, Sinalização e Geometria.

Um dos fatores que garante à ViaLagos mais segurança em todo o trajeto é divisória metálica instalada entre as pistas, que reduziu em 29% o índice de acidentes graves em 2018, em comparação ao período anterior à obra, inaugurada em julho de 2015. Com a divisória, foram extintos os acidentes com colisões frontais e transversais, que apresentavam os maiores índices de mortalidade.

“Diariamente, atuamos pela preservação da vida e os constantes investimentos da Concessionária na melhoria da infraestrutura da rodovia aliados às campanhas permanentes de educação no trânsito e a parceria com a Polícia Militar Rodoviária Estadual proporcionaram esse feito inédito, o que reforça o nosso compromisso em oferecer segurança, fluidez e conforto aos nossos usuários, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico das regiões em que atuamos”, comemora Jacieno Mendonça, coordenador de operações da CCR ViaLagos.

Além da queda de 100% no número de mortes em 2018 em comparação com 2017, no mesmo período também houve redução de 10,6% no número de feridos e de 6,5% no de acidentes. Este ano, até o momento, nenhum acidente com morte foi registrado na ViaLagos. A Concessionária segue com a Operação Verão na rodovia para atender ao aumento de 30% no fluxo de veículos nessa época, em relação ao restante do ano.  O esquema especial da Concessionária conta com equipes e viaturas do SOS Usuário Médico e Mecânico reforçadas e atuando 24h sob os olhos do CCO – Centro de Controle Operacional.

Veja também

Crime ocorreu enquanto a vítima viajava junto com o marido dela pelo continente asiático, segundo a embaixada do Brasil em Nova Déli.
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias